segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

De ano para ano...

... isto de se celebrar a passagem de ano vai perdendo a piada. Deve ser da idade, da rabugice e dos cabelos brancos, mas para me arrancarem de casa nesta noite é preciso um guindaste - não arranjaram nenhum, ficamos em casa, em família.

De 2012 retenho a recta inicial - uma das piores fases da minha vida - e a final - uma das melhores, com outra vida a crescer cá dentro. Tivemos saúde e não nos faltou nada e isso é que importa - o resto é paisagem. Se o 2013 puder ser assim um ano mais a dar para o simpático e meiguinho, eu agradeço.

Até lá, boas entradas para todos!

domingo, 30 de dezembro de 2012

Do Natal

Passámos a Consoada em nossa casa, com os meus sogros, cunhados e sobrinhas. Os miúdos deliraram, claro. O João aguentou até à meia noite e ainda abriu 3 ou 4 presentes; a Rita abriu apenas um e foi dormir às 22h. Na manhã de Natal, já a 4 (ou a 5), abrimos o resto dos presentes e deixámo-los brincar à vontade.

Depois fomos almoçar a casa da minha irmã com o resto da família e aí abriram mais uma catrefada de presentes. De volta a casa foi mesmo descansar para uns e brincar para outros :)

O João diz que foi o melhor Natal da vida dele :)

Antes que me esqueça

No dia de Natal à noite, na véspera das 17 semanas, senti a pequena cria pela primeira vez. Depois disso tenho a impressão de que já senti mais vezes mas, como ando cheia de gases, fico sem ter a certeza.

sábado, 22 de dezembro de 2012

16 semanas (+3 dias)

Com a chegada das 16 semanas desapareceram os enjoos - aleluia!!! Continua a prisão de ventre e os gases que me dão um desconforto tremendo. Continua também a ansiedade e o medo. Estou desejosa de começar a senti-lo(a) a mexer...

Presente

Ontem o João trouxe para casa o presente de Natal que fizeram no jardim-de-infância. Uma rena com um cartuxo de bolachinhas feitas por eles - que desapareceram assim que chegaram a casa. Trazia também um postal escrito por ele (copiado, claro) e assinado (o nome já escreve sozinho).

Na porta da sala dele também já estão as cartas que escreveram ao Pai Natal em que ele pede uma pista dos Scan to Go, um carro, um trenó grande (?) e... uma boneca Docinho de Morango para a mana - fiquei tão orgulhosa por ele ter pedido um presente para a mana... baba... No sapatinho já está a pista e dois carros que ele tinha pedido, mais do que merecidos!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Por cá...

... está tudo bem. Tenho andado atarefada com os preparativos e encomendas de Natal e, consequentemente, ando mais cansada - mas nada que não se aguente. O Natal este ano vai ser cá em casa mas confesso que ainda não parei muito para pensar nisso. Tenho bastantes encomendas para segunda-feira, dia 24, e não estou bem a ver como é que ainda vou conseguir fazer as coisas cá para casa, mas tudo se arranja.
...
Hoje estive a fazer os miminhos natalícios - bolos de coco com recheio e cobertura de creme de queijo - para a educadora e auxilares do João e elas adoraram! :)


domingo, 16 de dezembro de 2012

Festa de Natal

Ontem foi a festa de Natal do jardim-de-infância do João. Este ano tivemos o pai da casa a servir de apresentador e os miúdos deliraram a vê-lo em cima do palco - vestido de boneco de neve :)

A festa correu muito bem, foi relativamente rápida e não apanhámos nenhuma seca. Confesso que na parte em que o João recitou o poema dele me vieram as lágrimas aos olhos e fiquei toda babada do meu menino... - onde está o meu bebé?!

Para o ano há mais :)

sábado, 15 de dezembro de 2012

Do casamento

Há dias estava a dar uma novela ao final da tarde, em que estava um casal aos beijos e outras intimidades. E diz o João, do alto dos seus 4 anos, enquanto assistia atentamente à cena:

- Olha, aquelas pessoas estão a casar-se!

É isso, filho. É mesmo isso! ;)

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

15 semanas

Os enjoos continuam, embora não tão fortes. E os gases, os gases e a prisão de ventre (que piorou porque já estou a tomar duas ampolas de ferro por dia à conta da anemia) dão cabo de mim. Continuo enjoada de chocolate e nutella - há 2 meses que não como nutella, uau! -, o que é surreal. Não tenho grande apetite e são muito poucas as coisas que como com gosto. Dêem-me pão com manteiga e sou uma mulher feliz :)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Consulta

Dia de consulta no Centro de Saúde. Está tudo bem, perdi mais um kg, mas nada de preocupante. Daqui a 4 semanas voltamos.

O melhor do dia? Termos ouvido o coração do nosso bebé :)

Estamos livres!

Da varicela! Já tiveram alta e o João já tem a delaração para voltar hoje à escola - mas só vai na segunda-feira.

Da tosse dele, viemos da consulta com indicação para fazer tratamento de choque... Aerossóis com Atrovent, Azomyr e Pulmicort. Esta noite já notei que tossiu menos e dormiu muito melhor, tanto que já passa das 9h e ainda está a dormir - para repor as horas de sono que tem andado a perder.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Inspira... Expira...

Tantos dias fechados em casa. Tantos dias fechada em casa com eles. Andam completamente descompesados - chatos, chatinhos - e eu também. Falta muito para se irem embora as pintinhas e o João poder voltar ao jardim de infância?!
...
O João anda com uma tosse medonha. Piora quando se vai deitar e ao acordar. Tosse de cão... Não descansa ele e eu não durmo. Amanhã vamos "passear" à pediatra.
...
Chegámos hoje às 14 semanas. Até agora, tudo tranquilo e sem sobressaltos. Eles já sabem, mas não ligaram grande coisa. A Rita diz que também tem um bebé na barriga :)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

sábado, 1 de dezembro de 2012

Ecografia do 1º trimestre: 13 semanas

Quarta-feira fui fazer a eco do trimeiro trimestre. Ia ansiosa, claro, e de coração nas mãos. Felizmente, está tudo bem! Temos um bebé aparentemente perfeitinho e todos os valores - incluíndo os do rastreio bioquímico - estavam normais. Media no dia da eco 6,6 cm tendo dado um tempo de gestação de 13 semanas - DPP: 5/6/2013.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Dose dupla

Esta manhã o pai encontrou a primeira borbulha na cabeça do João.
Estamos de quarentena.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Consulta

A Rita piorou bastante, esteve o dia todo febril, com comichão, muito queixosa e já com borbulhas no pipi, na boca e nas amígdalas... Não pensei duas vezes e marquei consulta de urgência com a pediatra dela. A medicação que estava a fazer é para manter, mas receitou mais umas quantas coisas: zovirax em xarope; zovirax pomada oftálmica (ela tem duas borbulhas mesmo juntinho a um dos olhos que a deixaram preocupada); daktarin e mycostatin; e dar-lhe banho com farinha maizena. Também recomendou que, consoante as borbulhas vão rebentando, lhe ponha um pouco de betadine amarelo. Eu ainda fiz uma piada e perguntei se podia aplicar com um mega pincel porque ela está cravejada de borbulhas por todo o lado...  E para não sair com ela à rua até estar totalmente recuperada - para ver se não apanha mais nada em cima disto.

Quanto ao João, é para ficarmos atentos. Se calhar a estar contagiado, é para começar o tratamento assim que virmos a primeira borbulha. Pode dar-se o caso de ele ter ganho defesas através de mim (da gravidez ou da amamentação - estou sempre a aprender!) e já ser imune à varicela. A ver vamos.

Noite do camandro...

Ontem durante o dia a Rita ficou febril e muito murcha. Entretanto as borbulhas alastraram e chegou a comichão. Tivemos uma noite dos infernos com ela a não conseguir dormir e a querer coçar-se... Acabei por trazê-la para a nossa cama às 6h da manhã e dormimos 2 horas - até o João entrar no quarto a perguntar se estava lá a mana porque já tinha corrido tudo à procura dela :)

terça-feira, 27 de novembro de 2012

1, 2... 3

Amanhã é dia de fazer a ecografia do primeiro trimestre. Aproveitei que passei a noite em Lisboa, em casa do meu irmão e, logo de manhã cedo, fui fazer a colheita de sangue para o rastreio bioquímico. Não vos digo nem vos conto a camada de nervos que tenho em cima... por isso vamos descomprimir.

Primeiro filho:
Comprámos um pack de DVD's RW para aí com um mês de antecedência; levámos uns 5 para a eco, não fosse dar-se o caso de estarem estragados;

Segundo filho:
Com 2 dias de antecedência desencantámos o que sobrava do pack de DVD's comprados para gravar as ecos do primeiro filho; levámos 2 - just in case...

Terceiro filho:
A poucos minutos de sair de casa lembro-me da gaita do DVD RW e corro pela casa fora à procura de um. Unzinho só já nos chega.

Varicela

Há duas semanas fomos informados pela coordenadora do jardim-de-infância do João que havia um surto de varicela em duas salas, a do João incluída, e temos estado alerta desde então.

No Domingo vi que a Rita tinha o que parecia ser uma pequena ferida com pus na cabeça e pensei de tinha dado uma "cornada" em qualquer lado sem que eu tivesse reparado. Ontem à tarde o papá encontrou mais umas borbulhas na cabeça e eu vi outra atrás da orelha. Mas como não teve febre e estava super bem-disposta e animada, não liguei. Pois que hoje de manhã já tinha bolhinhas no tronco e nas costas... Mas nada de febre, nem de comichão. Não fossem as borbulhas e posso dizer que ela está no seu estado normal.

Recorremos à médica de família que receitou Fenistil gotas e uma loção da Aderma para lhe pormos nas borbulhas. Em princípio, a coisa deve resolver-se em 5 a 7 dias. Resta-nos esperar para ver se o João também foi contagiado (era da maneira que ficavam já os dois despachados deste "bicho").

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O melhor dos meus dias...

... é chegar à noite e ouvir o João dizer "hoje tive um dia muito feliz"!

Não preciso de mais nada.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Consulta

(post escrito em 22/11/2012)

Hoje foi dia de consulta com a minha ginecologista. Já tinha feito as análises na semana passada e estou com anemia - grande novidade... Já me mandou tomar 2 ampolas de ferro por dia, para ver se a coisa não descamba muito. De resto tudo bem, a tensão estava óptima e o peso ainda melhor.

Confesso que ia um bocado em pânico e, enquanto ela fazia as perguntas e avaliação da praxe, eu só pensava se não seria melhor fazer a eco para confirmar que estava tudo bem e depois preencher a ficha e o livrinho verde... A verdade é que está mesmo tudo bem e, apesar do ecografo não ser dos melhores, conseguimos ver o bebé perfeitamente. Tinha a cara virada para nós e depois de uns abanicos simpáticos começou a mexer-se e a esticar-se todo. Fiquei feliz e mais tranquila, mas acho que aliviada só vou ficar na próxima quarta-feira - dia em que farei a eco do primeiro trismestre.

domingo, 18 de novembro de 2012

Fotos de Natal

O ano passado fui eu que lhes tirei as fotos de Natal em casa e este ano repeti a experiência. Não é fácil, mas vale bem a pena! Tive que os subornar com bolinhas de chocolate para eles colaborarem e aqui está parte do resultado.

sábado, 17 de novembro de 2012

Modo Natal: ON

Ontem ao final do dia, e depois de muita insistência do João, montámos e decorámos a nossa árvore de Natal. Gosto desta época... vamos aproveitá-la ao máximo... :)

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Magusto

Tal como no ano passado, ontem foi dia de Magusto no jardim de infância do João. É sempre uma festa para eles (e para nós também) terem lá as famílias durante umas horas :)

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Do João

Alguns dias depois de termos abolido o biberão cá de casa, sendo bem visível o sacrifício que ele fazia a beber o leite pela caneca - com ou sem palhinha -, e depois de nos ter perguntado se o biberão já "estava bom" uma dúzia de vezes, deixou de beber leite. Nada de nada, rien de rien. Nicles! Come (ou bebe) dois iogurtes por dia e é só. Não sou fanática pelo leite de vaca (muito pelo contrário, sou intolerante e também não o bebo), mas confesso que ainda me dói ter-lhe tirado o "miminho" matinal que era deixá-lo beber o leite pelo biberão de manhã. Mas agora é crescido... e venham os iogurtes.
...
Na questão do desfralde nocturno, tal como nós esperavamos, chegou o dia em que passou a querer dormir sempre sem fralda. Em duas semanas tivemos dois descuidos. Nada mal! :)
...
Tem perguntado muito pelo Natal e já me pediu para lhe mostrar no calendário quantos dias faltam. Ficou em choque quando percebeu que ainda faltam muuuuiiiiiitos dias :) Apesar do banho de publicidade que levam no Canal Panda, ele só pede uma coisa: a pista dos Scan 2 Go e dois carros para a respectiva pista. A pista e um dos carros já lhe comprámos e o outro comprou a minha mãe para lhe dar.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Consulta

(post escrito em 9/11/2012)
Hoje fui à consulta do primeiro trimestre no Centro de Saúde. À conta de tanto enjoo e vomintanço perdi quase 2 kg em duas semanas... Tudo o resto está bem e já trouxe as credenciais para fazer as análises. Volto lá daqui a quatro semanas, mas a médica de família pediu-me para lhe ligar depois de fazer a ecografia para lhe dizer como correu.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Amizades

Sou um bicho do mato. É um facto. Tenho dificuldade em meter conversa com as pessoas e gosto mesmo é de passar despercebida. Vivo nesta terra há 9 anos e cabem-me nos dedos de uma mão as amigas que cá tenho - e ainda sobram dedos. As minhas amigas (e amigos) estão a alguns (muitos) km de distância e há dias em que sinto falta de ter alguém mais perto para as coisas do dia a dia.

No início deste ano lectivo, com a mudança de sala do João e com outras coisas, comecei a aproximar-me mais da mãe de um amiguinho dele que, tal como eu, não é de cá. Conversa puxa conversa, começaram os convites e hoje proporcionou-se que fossemos a casa deles. O João adorou e portou-se lindamente. Lancharam, brincaram, correram e fizeram "trinta por uma linha". Ele chegou a casa exausto, esfomeado e feliz da vida.

Ficou prometido que vamos repetir estes encontros mais vezes, cá e lá. Foi bom para eles que brincaram e para nós que pudemos desenferrujar a língua.

9 semanas

Lá fui hoje, com um nó na garganta, fazer nova ecografia. Tudo nos conformes, o baby está com 2,4 cm e ouvimos o coração. Já saí de lá com indicação para marcar a ecografia do primeiro trimestre (marcada para dia 28/11). Telefonei à médica de família e na sexta-feira já tenho consulta de saúde materna para me passar as análises. E cá vamos indo, com muitas incertezas e muitos medos e a tentar levar a "coisa" na desportiva - que não é fácil. Um dia de cada vez.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Da técnica do rebuçado

Resultou. Dar-lhe um rebuçado cada vez que fazia cocó na sanita revelou-se um verdadeiro sucesso. A miúda sabe o que quer e assim se acabaram os cocós nas cuecas em menos de nada. Agora estamos na fase - quando é que eles saem desta fase?! - em que aguenta tanto tempo sem fazer xixi - mesmo que lhe perguntemos 2759 vezes se quer ir fazer - que quando se lembra já vai tarde e acaba sempre por fazer umas pinguinhas nas cuecas.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Hoje

Esta manhã fomos ao Pão por Deus com os miúdos. Foi uma alegria e vieram de sacos cheios :)


terça-feira, 30 de outubro de 2012

7 semanas

Post escrito a 25/10/2012
Ontem foi dia de ir ter com a minha OB ao hospital para fazer a eco, confirmar (ou não) a gravidez e determinar o tempo aproximado de gestação. Lá estava o nosso bebé, já crescidote, com 1 cm e um coraçãozinho a piscar - e que pudemos ouvir - com força. Ficou combinado voltar lá no dia 7/11 para repetir e só depois pasamos às consultas, análises e eco do primeiro trimestre.

Como tenho tido muitos enjoos - aliás, sou o enjoo em figura de gente; acordo e adormeço enjoada - disse-me para tomar 2 nausefes antes de dormir - já que me recuso a tomá-los durante o dia que aquilo dá-me uma moca das grandes. Assim fiz ontem à noite e as 22h estava a dormir no sofá.

Ficámos muito felizes, mas não consigo viver esta gravidez tranquilamente. Tenho muito medo que alguma coisa corra mal...

Broas

Hoje foi dia de levar massa de broas para o jardim-de-infância e passar lá parte da manhã, na sala do João, a fazer as broas do Pão por Deus. Ele estava feliz da vida por me ter lá, mas na hora de me vir embora recebi um beijinho rápido e um "bye bye pardai ao ninho, vai lá à tua vida". Antes assim! :)

Já vi que os sacos que eles estão a fazer para o Pão por Deus estão quase acabados e na quinta-feira, Dia de Todos os Santos, lá iremos nós de porta em porta pedir o "bolinho".

A Rita

Ontem acordou sem febre, mas como continuava com bastante tosse e ranho fiz-lhe vapores só com soro e temos posto bastante soro também no nariz. Hoje tem estado melhor, bem-disposta e a febre não voltou a dar sinais de vida. A ver vamos...

Enjoei chocolate

(post escrito dia 30/10/2012)
Era isto. Este facto merece um título.
Enjoei chocolate, vomito quase tudo o que como e tenho sobrevivido a gelatinas. Nada mau.

domingo, 28 de outubro de 2012

Já cá faltava...

Depois da tosse manhosa e do ranho, tenho a Rita com febre e a dormir desde as 18h30.
Não tinha saudades nenhumas disto. Caraças, pá!

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Do desfralde nocturno

(ou da ausência de um)

Há uns tempos tentámos fazer o desfralde nocturno ao João. Ele já acordava muitas noites seguidas com a fralda seca e achámos que estava na hora. Não correu bem. Levámos a cabo as sugestões que nos fizeram para os eventuais acidentes não perturbarem muito a noite deles - e a nossa -, mas a coisa não se deu. Chegámos a tentar acordá-lo a meio da noite (coisa que eu odeio e acho uma turtura para eles, mas, ainda assim, tentei) para o levar à sanita e era uma comédia - ou um drama... O João pura e simplesmente não acorda e não faz xixi se o obrigarmos. Não faz, nem uma pinga, nada de nada!

Depois, já não sei o que aconteceu, acho que ele ficou adoentado ou coisa que o valha e os incidentes nocturnos aumentaram. Não sou muito de os forçar a fazer as coisas contra o timing deles - a não ser que veja que andam a "gozar" comigo, tipo os cocós nas cuecas da xôdona Rita - e acabámos por voltar a deixá-lo dormir com a fralda posta. O curioso é que me cabem nos dedos de uma mão as vezes em que ele acorda com a fralda molhada - mas quando acorda é porque encheu a fralda e saiu por fora.

Fiquei, assim, sem saber muito bem o que fazer. Ele não bebe muitos líquidos à noite, mas dorme 11 horas seguidas. E não faz xixi se o acordarmos para fazer. Na maioria das noites acorda de fralda seca e muito orgulhoso porque a fralda não está "amarela". Mas, se lhe dermos a escolher, ele continua a preferir dormir com a fralda posta. Está mais que visto que vou ter que falar com a pediatra, mas sinceramente também não vejo o que mais ela me vai dizer...

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Avanços

No Sábado disse ao João que os biberões se tinham estragado e que, se queria leite, tinha que o beber pela caneca. Ainda resmungou um bocadinho, mas lá bebeu não muito satisfeito. E no Domingo outra vez e espero que assim continue. Era a única coisa de "bebé" que ainda tinha, além da fralda à noite (essa são outros 200...).
...
Do desfralde da Rita, desisti dos ralhetes, do lavar o rabo com água fria, do estar de 10 em 10 minutos a perguntar se queria fazer cocó e passei para a chantagem - ups! Se fizer cocó na sanita tem direito a rebuçado. Se fizer nas cuecas não... Só posso dizer que a coisa melhorou drasticamente - ainda não a 100%, mas para lá caminha. A minha filha é, portanto, uma interesseira.

domingo, 21 de outubro de 2012

Post escrito em 21/10/2012
Depois de (mais um) aborto espontâneo em finais de Agosto, desta vez às 6 semanas de gestação e com uma gravidez planeada, viemos para casa abananados e desmotivados. A minha obstectra não disfarçou o olhar de preocupação: mesmo não tendo sido seguidos, já são 3 na nossa conta, em 5 gravidezes. Disse-me que, para já, não podia fazer nada em termos médicos/hospitalares, mas, se quisessemos continuar a tentar, para tomar o Cartia. Assim fiz.

Dia 12/09 tinha ido ter com ela ao hospital e tinha o útero limpo e, aparentemente, estava a ovular. Vim para casa e andámos uns dias sem pensar no assunto. Voltámos à nossa rotina (leia-se vida sexual) passados alguns dias e fiquei pacientemente à espera do período.

Passaram 5 semanas desde o aborto e comecei a ficar ansiosa. Fui sempre certinha, até depois dos abortos o meu ciclo regularizava pelos 28/29 dias. Tinha dores nas mamas e pensei que estivesse para chegar a qualquer momento. Nem me passou pela cabeça fazer um teste. Passou outra semana e as mamas cada vez me doíam mais. Comecei a acordar de noite com fome. Passou-me pela cabeça que talvez estivesse grávida outra vez, mas as coisas chegam a um ponto em que questionamos tudo, principalmente a nossa sanidade mental. Pensei que fosse tudo dos nervos e continuei a não fazer teste algum. Até ao dia em que o marido achou que era boa ideia não esperar mais. Mega-positivo. Disse-lhe que não podia ser. Que ainda deviam ser hormonas da gravidez anterior e que era um disparate engravidar logo a seguir a um aborto sem ter feito ao menos um ciclo de intervalo.

Entretanto, começaram os enjoos a doer. Acabaram-se as dúvidas. Já nem sabia se havia de me rir ou de chorar. Marquei consulta na médica de família e contei-lhe a história toda. Pelas contas dela, devo estar grávida de 7 semanas. Pediu-me para falar com a minha ginecologista (o que farei amanhã) que ela está de serviço no hospital na quarta-feira (24/10). Assim que tiver a confirmação pela ecografia pediu-me para lhe telefonar para marcarmos consulta de saúde materna, mas passou-me logo a isenção.

E andamos assim. Já disse ao George que se não for desta, desistimos do terceiro filho. Podem chamar-lhe o que quiserem, selecção natural, a natureza a fazer o seu trabalho, bla bla bla, mas para mim já são 3 filhos que se perdem. E o segundo, principalmente, ainda me faz doer tudo por dentro. Acho que só mesmo quem passa por elas é que sabe o que digo e o que sinto. Tenho medo de ficar entusiasmada. Tenho medo de me sentir feliz. Tenho medo das expectativas. Tenho pavor da eco das 12 semanas.

sábado, 20 de outubro de 2012

Tenho uma lágrima...

“Gosto muito de ti. Vou gostar de ti para sempre, mãe“.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Consulta(s)

Hoje tive consulta de rotina no centro de saúde e aproveitei para levar as duas crias, por descargo de consciência, já que têm andado os dois com uma tosse manhosa (e já a tomar Aerius) e o João tem andado também bastante ranhoso. Estamos o 3 finos. Os pulmões deles estão limpinhos e a ranhoca é mesmo só no nariz. Fruta da época, disse a médica a rir, já que este ano nem cheirámos a meia-estação e passámos directamente para o pleno Inverno... Enfim... É para continuar o Aerius e muito soro nos narizes. A Rita veio ainda com a receita para comprar e levar a Istivac infantil (vacina da gripe), tal como no ano passado, para prevenir as maleitas mais feias dos "bichos do frio".

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Promoção

Fui promovida a “mãe mais feia de todas“. E viva a pré-adolescência precoce...
...
O que vale é que depois fui brindada com um pedido de desculpas e muitos beijinhos...

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Aos 4 anos e meio...

... o João levantou-se e fez a cama dele por iniciativa própria.

Não podia estar mais orgulhosa do nosso filho! E não é só pela cama feita, é pelo "menino-rapaz" em que se está a transformar. É o meu orgulho, a minha luz, a minha vida.

4 anos e meio, caraças!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

De volta ao normal

De manhã faz birra porque não quer ir para o jardim-de-infância.
À tarde esperneia porque não quer vir para casa.

:)

terça-feira, 9 de outubro de 2012

R(a)onha(o)

O João passou a noite ranhoso e com um bocadinho de tosse. Decidimos que hoje seria dia de ronha e ficou em casa. Estão agora os dois na sala a ver (outra vez) o Up! (que tinha gravado na sexta-feira) e eu vou experimentar uma receita nova de cheesecake. E viva a ronha! ;)

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

domingo, 7 de outubro de 2012

Exclusividade

Como o João passou a ter duas aulas de natação durante a semana, e o papá vai com a Rita à aula dela aos Sábados de manhã, as minhas manhãs de Sábado passaram a ser exclusivas para o João. Por norma, se não tiver nada programado, é ele que escolhe o que vamos fazer. Ontem quis ficar um bocadinho na ronha a ver televisão comigo. Depois escolheu ir ao parque apanhar folhas do Outono e quis andar de bicicleta num campo que temos em frente à nossa casa. São manhãs que têm passado num instante e que têm sabido muito, muito bem!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Pois.

Pois que estava a correr muito bem o desfralde. Pois que a Rita faz todos os xixis na sanita... e TODOS os cocós - dos últimos dias - nas cuecas. Dois por dia, sem falhar. Vou só ali e já venho...

domingo, 30 de setembro de 2012

Nós por cá

Estamos bem, o dia do meu aniversário foi 5*. De manhã fomos ao Oceanário, almoçámos com o meu irmão e depois voltámos para casa - já com os miúdos ferrados a dormir. À noite fiz um simples jantar para nós, para os meus cunhados e para as nossas sobrinhas e os meus sogros vieram para o café e para os parabéns. Fiquei de coração cheio.
...
Os miúdos estão bem. O João parece já ter passado a pior parte da reintegração no jardim-de-infância. Entretanto retomaram os dois a natação: a Rita uma vez por semana e o João duas.
...
Ainda andamos na batalha do desfralde, que não tem corrido mal - fora de casa tem corrido bem, em casa temos tidos muitos descuidos com os cocós; os xixis estão controlados.
...
Andam os dois - mais ele, porque ela não aguenta mais de 10 minutos quieta - viciados no Ice Age. Já perdi a conta ao número de vezes que o João já viu os filmes.
...
Ela anda com o instinto maternal ao rubro, sempre com as suas "bebés", que despe - e depois eu tenho que vestir - passeia-as no carrinho, leva-as para a mesa para comer... Giro de se ver!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Já cá cantam 33!


Parabéns a mim!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Do desfralde

Tem estado a correr muito bem, mas claro que a xôdona Rita tinha quer fazer umas gracinhas. Hoje fomos jantar a uma esplanada na praia e ela, enquanto brincava na areia e mesmo tendo-lhe perguntado 25678 vezes se queria fazer xixi na sanita - tendo a madame dito que não -, fez duas xixizadas nas cuecas. Vale a mãe prevenida que anda sempre com duas mudas de roupa na mala.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Esta semana...

... de infantário tem sido mais calma. Ontem ainda ficou um bocadinho murcho, mas como tinha uns ténis novos que queria mostrar à educadora e levava um livro para lerem na sala lá se animou.

Quando o fui buscar, troquei algumas impressões com a educadora e ela diz que ele está bem, perfeitamente integrado no grupo, que brinca, come bem e faz as actividades normalmente. Só o nota preocupado quando as actividades são mais elaboradas e dirigidas aos finalistas - que têm todos mais de 5 anos - e ele não as consegue executar tão bem como os mais velhos.

Quando chegámos a casa, para o animar, fizemos uns mini-cupcakes para ele levar para o lanche de hoje - pedi autorização previamente. E, depois do jantar estivemos, o pai e eu, a ensiná-lo a escrever o nome, que é uma das coisas que o apoquenta na sala, ver a maioria a escrever o nome e ele não saber. Pois que aprendeu rapidamente e conseguiu copiar quase na perfeição. Hoje, além dos queques, quis levar as folhas para mostrar à Pipa (educadora).

Hoje também, ao contrário do que tenho feito desdde o regresso dele ao infantário, não o fui buscar logo às 16h, para ver se ele retoma o gosto pela brincadeira com os amiguinhos da sala nova. E fui encontrá-lo feliz da vida, todo suado e cheio de areia até aos olhos.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Milmil



Ali do lado direito já está o logo do Milmil, onde podem clicar para aceder e gostar da nossa página no Facebook :)


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Bolos e afins

Nos últimos meses tenho feito e vendido bolos, doces e bolachas para fora. Como tenho tido alguns pedidos nesse sentido, e sendo uma área que não domino, no Sábado fui fazer o primeiro nível de um curso de cake design para aprender e poder fazer outro tipo de trabalhos. Correu muito bem e consegui surpreender-me pela positiva. Entretanto, já em casa, já modelei mais alguns bonecos e fiquei muito feliz com o resultado :)

Hoje fomos ao shopping. Medo! Primeira saída de carro para longe sem fralda. Primeira saída prolongada sem fralda. Levei duas mudas de roupa para o caso de ser necessário, mas a nossa menina portou-se à altura. Fez os xixis todos nas mini-sanitas das WC's do Dolce Vita. Já em casa é que se descuidou com um cocó nas cuecas. Estou muito, muito orgulhosa da nossa Ritinha!

domingo, 16 de setembro de 2012

Desfralde

Na quarta-feira iniciámos, oficialmente, o desfralde da Rita. Já há algum tempo que ela dizia quando queria fazer xixi ou cocó e dizia sempre quando tinha a fralda suja.

Começámos por levá-la à sanita de manhã e antes de dormir para ela fazer xixi e fazia sempre. Esta semana achei que estava na hora de retirar a fralda (só tem usado para a sesta e durante a noite). Depois de alguns descuidos, principalmente cocós - muitos cocós nas cuecas e no chão -, ontem a coisa parece que começou a engrenar.

Até agora ainda não teve nenhum descuido fora de casa, o que é muito bom! Vai sozinha para a casa de banho e trepa a sanita enquanto nos grita que tem "ich" (xixi). Ontem conseguiu controlar o cocó, fez só um bocadinho nas cuecas e foi logo a correr para a casa-de-banho para fazer o resto.

É um processo que ainda não está concluído, mas podemos afirmar que estamos no bom caminho.

sábado, 15 de setembro de 2012

Pegadas

O João acha que as pegadas das gaivotas são pegadas de dinossauros :)

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Balanço

É verdade que podia ser pior, mas também não tem sido propriamente bom.

Tem ido para o jardim de infância sem reclamar mas, assim que entra na sala, agarra-se à minha perna tipo lapa. Tem-me pedido para o ir buscar sempre depois do lanche porque não quer ficar a brincar. Além de me parecer uma reacção natural após o longo período de férias, também estará a reagir ao facto de estar numa sala nova com muitos colegas novos - o "melhor amigo" dele ficou noutra sala, o que também não ajuda em nada. Tem andado agressivo e respondão e ontem lembrou-se de chamar p**a à irmã. Fiquei passada e lá foi ele de castigo. Diz que aprendeu na escola... enfim... Melhores dias virão. 

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Lá foi ele

Foi contrariado e cabisbaixo, mas sem birras e sem choros. O entusiasmo ao rever a educadora, a auxiliar e alguns colegas do ano passado foi nenhum... Não me largava as pernas e saí de lá de lágrimas nos olhos.

Para afogar as mágoas, e já que a mensalidade do jardim-de-infância até baixou - olha que bom! -, fui investir numa loja de artigos para bolos que abriu aqui na zona. Temo que me leve à falência, mas é muito bom poder, finalmente, comprar as coisas que preciso sem ser pela net.

domingo, 9 de setembro de 2012

Regresso à rotina

Depois de tantas semanas em casa, de férias, amanhã o João vai voltar ao jardim-de-infância. Confesso que me soube mesmo bem tê-lo em casa e que estou com um aperto no peito pelo regresso à rotina do jardim-de-infância... mas sei que tem que ser. Vai mudar de sala, acompanhando a educadora e uma auxiliar do ano passado e mantém também alguns colegas. Nesta sala já não vai dormir a sesta e isso também me deixa um pouco ansiosa - a ver vamos como vai correr...

De volta

Já se acabaram as férias e o bem-bom. E foi mesmo bom, apesar de ter sempre a sensação, como mãe a tempo inteiro, de que me limitei a mudar temporariamente de local de trabalho :)

Esteve muito calor e passámos os dias entre a praia e a piscina. Fizemos muitas caminhadas depois de jantar, jogámos mini-golf e fomos a um parque aquático. Pensava eu que se calhar os miúdos não iam desfrutar desta última aventura, principalmente a Rita, mas estava redondamente enganada! Havia uma piscina enorme e montes de escorregas só para eles e havia mais alguns um pouco maiores em que também podiam descer.

Ainda tivemos tempo para conhecer uns amigos da blogosfera e foi giro ver os miúdos a brincar como se se conhecessem desde sempre. Soube a pouco, mas foi muito bom.

Agora, já de volta, estamos na fase em que precisavamos de férias das férias.

domingo, 2 de setembro de 2012

Oficialmente...

... de férias! (e com os presuntos de molho)


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Sou cusca, eu sei...

... mas adoro ouvir as conversas deles pelo intercomunicador, quando já estão na cama :)

domingo, 26 de agosto de 2012

Xixi ao alto

Estamos aos poucos a iniciar o desfralde da Rita e vamos adoptar a mesma estratégia que usámos com o João. Antes de retirarmos totalmente a fralda, vamos explicando que é na sanita - ela não gosta do penico - que se faz o xixi e o cocó e colocamo-la lá várias vezes ao dia - e ela tem feito quase sempre. Também já distingue o cocó do xixi e às vezes já vai pedindo para fazer.

Ora, acontece que, quando ela faz xixi na sanita, o dito cujo sai em jacto para cima, chegando a sair fora da sanita. Claro que quanto mais força faz maior é o esguicho. Não percebo muito de pipis, eu é mais pilinhas, mas ando intrigada com isto. É normal? Já perguntei à minha cunhada e ela diz que é comum. Mães de meninas, já vos aconteceu alguma coisa do género?

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Oi???

Miúdos entregues para passarem a noite nos avós para podermos namorar. E diz o João: “mas vocês não precisam de namorar mais, já namoraram quando eu nasci e quando a mana nasceu“.

domingo, 19 de agosto de 2012

Informação

Ontem à noite o João informou-nos que não queria dormir com fralda.
Tudo certo, tendo em conta que, em média, a cada dez noites faz xixi na fralda duas vezes.
E depois, às 3h da matina, informou-nos que tinha feito xixi na cama.
E andarmos a essa hora a tentar raciocinar para mudar de roupa a ele e à cama é dose!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Por cá

A Rita já está fina.

Temos aproveitado estes dias de sol e pouco vento - coisa rara para estes lados - para ir à praia, ao arraial cá da terra, para andar nos carrosséis, para comprar rifas e bolos aos escuteiros. Estamos a aproveitar a silly season e a aproveitar o facto - menos bom - de o papá ter pouco trabalho nesta época do ano para fazer uma espécie de férias em casa.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Como uma suposta ida ao shopping...

... se tranforma numa ida às urgências.

Ontem à hora de almoço a Rita começou a coxear e a queixar-se da perna esquerda. Como tinha caído de manhã, pensei que se tivesse magoado, apesar de exteriormente não se ver nada. Tínhamos combinado ir ao shopping depois da sesta deles, mas ela continuava muito queixosa, ao ponto de se recusar a andar, e acabámos por telefonar à nossa cunhada que recomendou que fossemos à USF. Assim fizemos. Estivemos lá uma eternidade, mas os miúdos acabaram por se entreter a eles, a nós e a todas as pessoas que estavam na sala de espera. Com o passar do tempo na sala de espera, ela foi melhorando, apesar de continuar a mancar. Lá foi vista pela médica que, por descargo de consciência, achou que era melhor ela ir ao hospital para ser vista por um ortopedista. Com isto tudo já eram horas de jantar e ainda fizemos uma paragem no McDonalds para comer qualquer coisa. Seguimos para as urgências e, graças à médica que a tinha visto na USF e que entretanto já lá estava de serviço na pediatria, entrámos directamente para a ortopedia sem grandes esperas. A médica deu-lhe 1001 voltas, mas ela não se queixava de nada. A única coisa visível era mesmo o coxear e o ela queixar-se quando apoiava o pé no chão. Mandou-nos dar-lhe Brufen durante dois dias para ver se ela melhora e, caso isso não aconteça, lá teremos que rumar novamente às urgências. Quando saímos do hospital já ela corria feita doida, mesmo a coxear... Hoje acordou meio perra da perna, mas depois melhorou. No início da manhã ainda andou um pouco queixosa, mas depois passou. Até agora tem estado melhor. A ver vamos se a coisa fica por aqui.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Da Rita

Embalada pelas habilidades do mano com a bicicleta, começou, também ela, a pedalar "à séria" no triciclo. Não vai tardar muito para herdar a bicicleta antiga do João.
...
Continua a não ligar patavina à televisão - e, caramba, às vezes dava-me jeito que ela estivesse quietinha a olhar para a caixa mágica nem que fosse durante 5 minutos. Não liga a nada. A única coisa que a faz parar, apontar e dizer: "óia, é o Mé", é quando começa a dar o Manny Mãozinhas.
...
Gosta de música e acho um piadão a ouvi-la tentar cantar as músicas à maneira dela. E também dança, abana-se e rebola-se toda - não sai nada a mim, que tenho pés de chumbo.
...
Fala pelos cotovelos, principalmente em espanholês :)
Diz tudo o que o irmão diz e já sabe dizer os nomes de muita gente. Tem dificuldade é em dizer o nome dela por causa do "R" e diz que é a "Ki".
...
É muito meiguinha e adora dar abraços e beijinhos - quando está bem disposta!
...
Adora praia e piscinas... tudo o que meta água e/ou areia. E adora passear. Até pode estar em casa com uma grande telha, mas assim que ouve falar em ir passear, põe-se logo a jeito. Calça-se sozinha e pede o "cacos" (casaco).
...
Agora anda numa de se despir toda, dos pés à cabeça, fralda incluída. E consegue fazê-lo sozinha. Já por mais do que uma vez vou dar com ela na cama em pelota. E no quintal também... e depois é ver-me a correr e a gritar por uma piolha que corre em alta velocidade, toda contente e em nú integral.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Kidzania

Ontem fomos (outra vez) à Kidzania. Tínhamos ido em Novembro e o João foi em Junho com o jardim-de-infância, mas como no aniversário lhe tinham oferecido uma entrada, aproveitámos que as nossas sobrinhas também estão de férias e fomos com os três. A Rita, como ainda não pode fazer nenhuma actividade lá dentro, ficou em casa dos avós paternos. É um sítio mesmo giro para ir com os miúdos e eles parecem não se fartar daquele mundo pensados para eles.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Hábitos

Não é bem um hábito, é mais um vício. Como me dizia há uns bons anos um amigo, tenho uma espécie de relação platónica com a literatura e com os livros. Desde miúda que adoro ler e sempre li compulsivamente. Gosto de romances, aventuras, policiais, romances históricos...

Quando o João nasceu deixei este bom hábito de parte e apenas lia coisas relacionadas com a maternidade, bebés e afins. Depois engravidei da Rita e a Rita nasceu. E depois fartei-me das "bíblias para mães ". Nunca mais comprei livros do Mário Cordeiro nem de outros que tais. Nunca mais comprei revistas de puericultura - que são caríssimas, meu rico dinheirinho!

Nas férias do ano passado retomei as minhas leituras mais a sério e consegui ler três livros numa semana. Não é por acaso que sou pitosga desde pequenina :)

Entretanto tenho duas amigas muito queridas que me foram sugerindo alguns livros que eu ia adiando porque achava que não ia arranjar tempo para os ler. Até que chegou o dia em que o carteiro nos trouxe o primeiro volume da trilogia Millennium: Os homens que odeiam as mulheres. E depois comprei os outros dois: este e este. Acho que foi com esta saga que o bichinho voltou e tenho lido livro atrás de livro em ritmo non stop. Para isso ajuda, e muito, o facto de os miúdos irem dormir cedo e dormirem bem a noite toda.

Estou também a comprar e a reler a velhinha colecção d' Os Cinco, da Enid Blyton. É o que leio quando estou a fazer o desmame entre um livro e outro para a ressaca não ser tão dura.
Também li o Jane Eyre, mais uma sugestão da Sofia. E, já que estava na onda da família Bronte, li também o Monte dos Vendavais.

E, entretanto, chegou o dia em que "conheci" o Ken Follett. Estava farta de ouvir falar nos livros dele e de me cruzar com as suas obras por todo o lado. E, claro, rendi-me. Comecei com os dois volumes dos Pilares da Terra - que vício meu deus! (Não vejam a série, é horrível! É para lá de má!) Dei pulos de alegria quando a Sílvia me disse que havia mais dois que decorriam no mesmo cenário, Kingsbridge, uns séculos mais tarde. E cá vieram parar os dois volumes de Um mundo sem fim. E também já tenho este na mesa de cabeceira, mas fiz um intervalo no Follett para ler mais uma sugestão da Sílvia que estou a adorar: A catedral do mar. E estou a ganhar coragem para começar a ler a colecção da Guerra dos Tronos - até já cá tenho o primeiro, mas parece que são p'rái 3465858 volumes ;)

E é isto que tenho andado a fazer nas horas vagas. A pôr a leitura em dia :)

Circo

No Domingo à noite fomos ao circo - um pseudo-circo, vá! Daqueles pequenos, ao ar livre, sem animais. Só com palhaços, mágicos e acrobatas. Ainda aquilo não tinha começado e já a Rita dormia no carrinho - começou às 22h15, ela costuma ir dormir o mais tardar às 21h. O João aguentou até à meia-noite, hora a que pediu para vir para casa dormir. Foi giro :)

sábado, 4 de agosto de 2012

E é isto

Aos 4 anos o João começou a andar de bicicleta sozinho e sem rodinhas de apoio. Arranca, pedala, desacelera, trava... tudo na boa, como se tivesse nascido a fazer isto.


Ficámos, eu e o pai, de lágrimas nos olhos... e com a baba a escorrer.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Estou...

... neste preciso momento a apreciar o papá da casa a ensinar o João a andar na bicicleta nova que recebeu dos meus pais no aniversário... sem rodinhas de apoio!

E não é que o chavalo domina a coisa? Só lhe falta perceber como arrancar sozinho e parar de pedalar sem cair, apoiando o pé no chão. Uma questão de treino.

Caso para dizer que, com apenas 4 anos, o meu filho anda de bicicleta (muito) melhor do que eu! :)

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Coisas dele

- João, queres ir passear?
- Sim!
- E onde é que te apetece ir passear?
- Ao shopin'!
- Ao shopping não... e se fossemos ao parque?
- Ir ao parque não é passear!!!

(toma e embrulha!)
...
- João, está na altura de começares a beber o leite na caneca. Está na hora do biberão desaparecer.
- (silêncio e cara triste, mas pensativo...)
- Já não és um bebé, filho. Até a mana já não usa o biberão.
- A mana não usa biberão porque ela é bebé e come papa! Eu já não sou bebé, não gosto de papa! Sou um menino c'exido!
- João... a mana já não come papa. Come cereais com leite... como o papá.
- (silêncio)

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Surf

Hoje é o dia de aniversário da nossa sobrinha mais velha e a festa foi na escola de surf onde ela tem aulas. Os miúdos e os adultos que quisessem, podiam fazer uma aula e depois seguia-se um churrasco.

Lá foi o meu miúdo - na companhia do meu graúdo - para as andanças do surf. Foi a estreia do João, que tem muito jeito e, claro, adorou! O tempo esteve muito bom e o mar estava perfeito para estas iniciações. Foi muito, muito giro!



O bolo de aniversário foi feito por mim, a pedido da aniversariante, com alguma ajuda do papá da casa :)

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Consulta

(desta vez aqui da mãe)

As análises confirmam a tal discreta anemia, mas os valores estão semelhantes aos do ano passado. Há um outro valor alterado que aponta para uma virose - tendo em conta que estivemos todos doentes cá em casa, não é de estranhar. Também tenho a glicémia (sempre) no limite inferior. A conjugação de todos estes factores, juntando a minha tensão baixa, o calor... a ansiedade, o stress e o andar sempre tensa - e o facto de a médica também saber que os últimos 6 meses foram uma montanha russa emocional... -pode ter desencadeado tudo o que aconteceu. De qualquer das formas, para não corrermos riscos, mandou-me repetir as análises daqui a um mês. E receitou-me magnésio e valdispert. No caso de haver alguma alteração ou novo episódio de "macacoa" antes de ter o resultado das novas análises é para lhe ligar.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Da lamechice

Ontem o João trouxe para casa a pasta e o dossier com os trabalhinhos e com as fichas que fez ao longo deste ano lectivo. O que significa que está mesmo quase a acabar o primeiro ano dele no jardim-de-infância... Na próxima semana já entram oficialmente de férias. No próximo ano vai mudar de sala, mas vai continuar com a educadora e com uma das auxiliares deste ano.

Hoje, quando o fui pôr, a educadora deu-me um cd com todas as fotos das actividades realizadas ao longo do ano. Estive uma hora e meia a vê-lo e agora estou aqui de lágrima no olho. Pelo percurso que ele iniciou e pela sorte que tivemos com a escolha do infantário e dos profissionais que nos ajudam a educá-lo todos os dias. Não tenho palavras para descrever o quão grata me sinto por ter o privilégio de ter o meu filho tão bem "entregue".

Sem querer...

... apaguei uma série de comentários aqui do estaminé... :(
Croma da bola pá! Já estou mas é a precisar de (mais) férias...
...
Ontem recebi o resultado das minhas análises e enviei por mail à minha médica de família. Os valores apontam para uma "discreta anemia". Mandou-me ir ter com ela ao Centro de Saúde hoje ao final da tarde.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

A festa da Rita

... apesar de alguns contratempos que incluíram o João ter tido febre e diarreia no Sábado, eu ter tido diarreia na sexta-feira e o papá ter ficado ontem com febre, dores de garganta e cabeça... correu muito bem!

Ela estava tão excitada com os preparativos que ia vendo cá por casa que nem dormiu a sesta. Mas aguentou firme e divertiu-se à grande. Tivemos connosco a nossa família e os amigos mais queridos - só faltou o meu irmão que está lá longe outra vez...

O papá e eu conseguimos concretizar o maior desafio de todos... o bolo! Deu muito trabalho, exigiu alguma antecedência na preparação de alguns pormenores, mas valeu a pena. Ficou bom e... lindo - modéstia à parte :)

Obrigada a todos os que estiveram presentes e que nos ajudaram a proporcionar um dia ainda mais especial à nossa princesa linda.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Update

A Rita ficou "fresca e fofa" depois de ter vomitado. A febre não voltou, mas voltou a boa-disposição e o apetite. Felizmente!

Eu não estou a 100%, mas sinto-me melhor. Tive hoje outra tontura, mas foi depois de fazer as análises e ainda estava em jejum.
...
Andam aqui os dois a pôr-me a cabeça em água - escolhem os dias a dedo... O João está insuportável, mal-criado e respondão - não sei se foi por ter estado na avó, mas é sempre assim que vem quando lá passa mais que meia dúzia de horas. A Rita está no estado normal - birrenta, chorona e chata como a potassa! E eu estou com um humor de cão e só queria era deitar-me um bocado e fechar os olhos - que não posso... Enfim...

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sabem...

... quando vamos acumulando e enchendo e aguentado e de repente chega o dia em que o nosso corpo pura e simplesmente faz um "reset" e nos obriga a parar? Ontem foi o (meu) dia...
Depois de um Domingo especial em que conheci e revi algumas amigas muito queridas, de uma segunda e terça-feiras para lá de boas, ontem deu-me a "macacoa". Já andava há algum tempo a ameaçar e eu a adiar e a ignorar e a deixar para depois. A tensão foi-se acumulando e a ansiedade foi crescendo. Na terça ao final da tarde tive uma tontura muito forte mas como estava muito calor e acabou por passar, não liguei.

Ontem de manhã, sozinha e ao volante, tive uma tontura das grandes e penso que cheguei mesmo a perder a noção das coisas durante 1 ou 2 segundos. Já não sei bem como, consegui chegar ao hospital aqui da terra, larguei o carro de qualquer maneira, entrei nas urgências e desmaiei. Sorte a minha que fui amparada e socorrida por duas pessoas espectaculares que, sem esperar por ordens de ninguém, me levaram logo para dentro do consultório. Tinha a tensão a 6/8 (um mimo, portanto... e não, não foi do calor porque estava frio e nevoeiro) e vomitei. Falaram em síndrome vertiginoso. Estive a soro enquanto discutiam se me mandavam ou não para o hospital distrital. Entretanto chegou o George - que apanhou o belo do cagaço. Como tenho andado com o período destrambelhado e, apesar de ter tido o dito cujo há duas semanas, tenho tido umas perdas de sangue, lá fui eu para o serviço de ginecologia do distrital. Não estou grávida, nem se passa nada. Útero fino, trompas finas, tudo bem. Apesar de tudo, convém investigar de onde vêm as perdas - apesar de serem poucas (amanhã marco consulta para a minha ginecologista).
Vim para casa ainda meio zonza e com uma dor de cabeça brutal, com ordens para repousar.

Entretanto, durante a manhã, a minha sogra tinha telefonado para avisar que a Rita estava com febre... Deixámos lá o João para passar o resto do dia e para dormir e a Ritinha veio para casa. Estava com 39,3º. Dei-lhe Brufen e melhorou. Jantou, dormiu e só pelas 4h da madrugada voltou a ter febre. Hoje, a caminho da consulta dos 2 anos na USF, vomitou. Depois disso ficou espevitada e toda bem disposta. A médica viu-a de cima a baixo e está tudo bem. Pode ser uma virose ou uma reacção ao calor. Vamos esperar para ver como as coisas evoluem. Entretanto já voltámos para casa, almoçou e foi agora para a cama dormir a sesta - e sempre bem disposta.

Eu aproveitei e expliquei à médica o que se passou comigo. Já vim com análises e RX para fazer. Consoante os resultados, logo se vê. Tive uma tontura no consultório e lá estava a tensão baixa outra vez... Enfim... já fiz o RX - quando o fui marcar perguntaram se queria fazer logo - e as análises vou fazer amanhã.

E agora pergunto: alguém tem o contacto de uma bruxa das boas???

terça-feira, 17 de julho de 2012

2 anos

Nem acredito que já passaram dois anos! Obrigada, filha, por encheres as nossas vidas de luz! És um doce de menina - vá, de vez em quando levas a mãe à loucura, mas é uma loucura boa! Obrigada por me ensinares, todos os dias, a amar incondicionalmente...

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Hoje...

... é a vez do papá!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Foguetes

"Mãe, estou a ouvir puns no céu!"

:)

Panda parabéns

Olá,
Seguem os horários dos Parabéns de Rita Filipe:

17-07-2012 14:43
17-07-2012 22:29

Esperamos que gostem da surpresa!
Cumprimentos,
Canal Panda
...
Jasus!!! Já só faltam 4 dias para a minha pitufa fazer 2 anos!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Um dia a tenda vem abaixo

Pois que ganhei coragem e fomos mesmo acampar com os miúdos. Era costume andar nestas andanças quando era solteira e boa rapariga, mas isto de acampar com crianças tem muito que se lhe diga. Ainda bem que escrevo este post já a algumas horas de distância do primeiro impacto ou acho que muita gente não se ia aventurar nestas loucuras. Confesso que, nas primeiras 24 horas, ia enlouquecendo e faltou muito pouco para arrumar as tralhas e vir tudo a reboque para casa.
Começou logo na viagem. A Rita não é uma menina fácil para andar de carro... A meio caminho já eu bufava e não sabia mais o que fazer para a entreter - conseguir que ela durma no carro é uma missão quase impossível e só o faz quando está mesmo mesmo de rastos. Estivemos quase a desistir de ir para Odeceixe e ficar logo por Porto Covo por causa dela.

Acabámos por almoçar em Porto Covo e demos uma vista de olhos pelos dois parques de campismo que lá há. Não me agradaram, sinceramente... Voltámos à estrada e eles acabaram por adormecer os dois. Passámos por um parque a seguir a Porto Covo que me ficou debaixo de olho, mas seguimos para o nosso destino: o camping de São Miguel, em Odeceixe.
O parque é espectacular, tem excelentes condições, piscina, super-mercado, restaurante, parque infantil, boas sombras, boas casas de banho e cuidado com a limpeza. E fica a pouca distância de carro de montes de praias giras. Nós fomos à Praia de Odeceixe e à do Carvalhal - fiquei fã desta última. Num dos dias, em desespero de causa para que eles dormissem a sesta, fomos até Aljezur e alegrei as vistas só a olhar de longe para as praias que tanto gosto naquela zona - Monte Clérigo e Arrifana.
No dia em que chegámos o demo enfiou-se-lhes pelos corpos dentro e foi a loucura. Tentámos manter a rotina da noite, levei o IPad, viram o Ruca, lemos a história da noite, cantámos o Vitinho, aconchegámo-los e depois começou o fandango (agora, confesso, dá-me vontade de rir!). Juro que não sei como a tenda não caiu! Juro que eles estavam exaustos da viagem e do montar a tenda e tudo e tudo. Acreditei mesmo que eles iam adormecer bem e depressa - pois, pois! Pinotes, cambalhotas, cuzadas para aqui, empurrões para acolá, risota, guinchinhos histéricos e parvoeira com fartura. Eles partilham o quarto, mas nunca tinham partilhado a cama. Em desespero de causa, tive que me ir deitar no meio deles. Assim que perderam o "contacto" um com o outro, o João adormeceu numa fracção de segundo. A Rita demorou mais um pouco, mas lá adormeceu.
A alvorada foi às 7h15 - a mesma hora de casa - e o dia correu dentro da normalidade, com laivos de histerismo e loucura à mistura. Fomos à praia, passeámos, fomos à piscina e depois... fomos a banhos. Não sei para quê, já que 1 minuto depois da banhoca, mais coisa menos coisa, estavam os dois todos javardos, de cara, cabelo, mãos, pernas e pés pretas - literalmente. Acho que só as partes do corpo cobertas pela roupa ficavam mais ou menos limpinhas.

Depois de ter percebido e interiorizado que isto do campismo é mesmo assim e que não ia haver água, sabão ou dodot que me valesse lá consegui descontrair e aceitar vê-los na real javardice - e as unhas, senhores, as unhas!
Nos banhos, para ser mais prático e rápido íamos os 4 para os balneários dos homens para lhes dar banho - não vi pilinhas alheias. O papá dava-lhes o banho - duche - e eu secava-os e vestia-os. Rápido e eficaz.
O São Pedro podia ter sido mais amiguinho... as noites foram frias como o raio e os dias também podiam ter sido melhores - muito, muito vento! Mas deu para aproveitar e ver aqueles sorrisos branquinhos no meio das caras mascarradas valeu por tudo.
...
Nem imaginam como dormi bem esta noite, mesmo com o percalço da cabeça partida... Minha rica cama! :)

B de Badoca

(ou de banhada)
Vou começar a partilhar a nossa aventura pelo final. Aproveitámos a viagem de regresso do campismo para ir ao Badoca. Ainda bem que os bilhetes foram oferecidos pelo BPI ou ia passar uns bons tempos a chorar o meu rico dinheirinho. Não gostei particularmente de nada para além do safari. A Ilha dos Macacos então é vergonhosa e naquelas condições mais valia que fechassem o acesso - são muito poucos, mal se vêem e estão em condições muito mal amanhadas.
A quem lá for recomendo que levem comida de casa - nós passámos o dia a "sandochas", sumos e bolachas - porque até o restaurante self-service, que devia ser mais acessível, é para lá de caro! Um abuso dos grandes!
Valeu pelo passeio e pela alegria dos miúdos que é sempre contagiante. Ah! E valeu também pela bicada que levei na coxa de um belo exemplar macho de avetruz - foi a risota do dia!

Até tinha...

... coisas giras para contar. Fomos acampar 4 dias e ontem fomos ao Badoca.

Mas, ontem à noite, já em casa, o João partiu a cabeça :(
Estava aos saltos feito tontinho e bateu com o sobrolho na esquina de um armário... Fomos com ele ao hospital e na triagem disseram que teria que levar pontos. Ficámos à espera que fosse visto por um cirurgião que acabou por lhe "colar" o sobrolho com uma fita cola XPTO e vamos a ver se a coisa fica bem assim. Não pode molhar a cabeça durante 5 dias e hoje não foi à escolinha - era dia de praia... Nos restantes dias só vai para ensaiar para a festa de fim-de-ano que será no Sábado. Foi muito corajoso e portou-se que nem um valentão!

sexta-feira, 6 de julho de 2012

A pergunta da praxe

Saímos de casa há 10 minutos e o João pergunta:
- Ainda falta muito?

Vão ser três horas de viagem. E aposto que esta pergunta se vai repetir de 10 em 10 minutos. Até o papá e eu mandarmos um berro ou fazermos um voto de silêncio.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Conversa daquilo que a gente sabe

(do desfralde e da grande falta de vontade que tenho em iniciar este processo)

Com o João a coisa correu bem. Esperámos pela altura "certa", em que ele já identificava o xixi e o cocó e se sentia desconfortável com a fralda suja, e a coisa coisa deu-se sem stress e sem grandes percalços. No belo dia em que ele se quis sentar no penico fez logo um xixi ou um cocó - já não me lembro - e daí para a frente nunca mais lhe pus a fralda  - só à noite.

Com a Rita já tive alguns sinais, mas cheira-me que a miúda vai ser mais difícil que o irmão. Há uns tempos tivemos um cocó no penico, mas depois desinteressou-se e passou a olhar para o dito cujo como se fosse um brinquedo. Começou a achar mais graça ao redutor - deve sentir-se mais importante lá no alto do trono - e a ideia dela era gastar-me km de papel higiénico sem ter feito nada, para limpar o pipi. Acabou-se o papel e começaram as birras por causa do papel.

Hoje foi atrás de mim para a casa de banho, contemplou-me durante alguns minutos - tenho uma vaga ideia da existência do conceito de privacidade -, disse "cocó", tirou os calções e a fralda e, como o "trono" estava ocupado, sentou-se no penico. Nada. Quando saí da casa de banho, ela veio atrás de mim de rabo ao léu e trouxe o penico. Quando dei por ela, poucos minutos depois, estava a pôr papel higiénico lá dentro e, já eu me preparava para ralhar, quando reparei que o papel - e as mãos dela... - estava molhado. Dentro do penico estava um belo e grande xixi.  Em vez de ralhar por causa das mãos sujas fiz uma grande festa e levei-a ao bidé para lavar as mãos.

Aguardam-se as cenas dos próximos capítulos.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Praia

Na segunda-feira o João foi à praia com os colegas da escolinha - e a Rita e eu aproveitámos para ir também. Foi divertido e acabei por lhes dar uma ajuda, claro - que isto de ir com 19 miúdos para a praia é dose.

O João já não voltou para o jardim-de-infância e acabámos por almoçar numa esplanada - o papá foi lá ter connosco. A próxima ida será na próxima terça-feira, mas ainda não sei se estaremos cá.

Eu sei que o "normal" é os infantários irem uma semana ou duas à praia, mas aqui vivemos praticamente na praia e não se justifica - pelo menos na minha opinião. Além disso, como a maioria dos pais não querem pagar o transporte em autocarros privados, as IPSS ficam dependentes da disponibilidade do autocarro da Câmara Municipal - que tem que dar resposta a mais não sei quantos jardins de infância na mesma quinzena.
...
Entretanto já encontrei o bolo ideal para o aniversário da Rita, mas ainda não o testei - se calhar é hoje que o testo, para não ter surpresas desagradáveis no próprio dia. Parece simples e fica muito giro.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Da coerência

Nada como começar a manhã a gritar a dizer muito alto: "não quero ouvir mais gritos nesta casa"!

sábado, 30 de junho de 2012

Manteiga

O João ontem tirou a tarde para me derreter a paciência - e foi muito bem sucedido. E a Rita parece um macaquinho de imitação e faz tudo o que o irmão faz. Temos tido sessões de brincadeiras sincronizadas; parvoíces sincronizadas; e birras sincronizadas. Mas depois proporcionam-me momentos destes e eu derreto-me que nem manteiga...

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Gazeta

Hoje é o segundo dia de gazeta do João. Avisei a educadora dele que ia dar algumas baldas até ao final de Julho. Ontem foi dia de mimo, piscina e brincadeiras - e um qb de disparates. Hoje vamos almoçar ao "shopin" com a tia e os primos. Os dois juntos põem-me a cabeça em água, mas sabe bem quebrar a rotina.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Campismo

Queremos ir acampar com os miúdos este verão - em tenda - e precisamos de sugestões. Queria ir para um parque com boas condições e boas sombras. De preferência com piscina. Já estive a ver o de Porto Côvo e o da Praia da Galé e gostei muito dos dois. Alguém que já se tenha metido nestas aventuras com os miúdos nos pode ajudar com sugestões? E com as refeições, como fazem? Levam comida de casa ou compram no local?

segunda-feira, 25 de junho de 2012

E quando chega o dia...

... em que nos ligam do infantário e ficamos com o coração na boca a ver o n.º escarrapachado no telemóvel?

Esse dia foi hoje. E não era nada com o João, apressaram-se a esclarecer. Ufa!

Era só para perguntar, mesmo tendo anotado na ficha de inscrição que só pretendo vaga para a Rita aos 3 anos, se estava interessada numa vaga para Setembro, para que ela entrasse aos 2 anos. Agradeci e cedi a vaga. É mesmo para entrar só aos 3 anos.

domingo, 24 de junho de 2012

Missão cumprida

Lá se passou o dia de sexta-feira e ele foi e veio na maior. Só telefonei por volta da hora do almoço para saber se tinham chegado bem e acabei por passar o resto do dia às voltas na cozinha a fazer uma tarte de maçã reineta e esta pequena maravilha - que me consumiu a tarde quase toda, mas que valeu bem a pena.

Ao final do dia, em vez de quatro, passámos a seis. As nossas sobrinhas vieram brincar com eles e acabaram por ficar para jantar. Confesso que adoro ter a casa cheia e ouvir o barulho deles a brincar - embora continue a precisar, e muito, do meu silêncio terapêutico.

No Sábado acordei toda entupida e com uma crise de sinusite/rinite que me deixou de rastos o dia todo. Cheia de dores no corpo e de cabeça, a coisa só se endireitou à conta dos ben-u-ron's e do zyrtec - que me dá uma sra moca! Os miúdos ainda foram à natação com o papá, mas eu não saí de casa e hoje já me sentia melhor. Esta manhã houve uma "mini-feira" de São João cá na terra - fomos lá dar uma voltinha - e ainda fomos à quinta dos avós apanhar morangos. Ressenti-me da saída matinal e acabámos por ter um resto de fim-de-semana caseiro em que aproveitámos para descansar bastante.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

A postos...

... para o passeio.

Ser mãe é a maior alegria da vida, mas às vezes também dói... Estou com o coração do tamanho de uma ervilha...


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Nós por cá

Estamos muito bem.

Não ando desanimada, muito pelo contrário. Estou numa fase em que o dia devia ter 48 horas e não 24 com tanta coisa que quero fazer. À noite tenho tentado manter o ritmo das férias e, em vez de vir para a net ou estupidificar à frente da televisão, aproveito para ler - muito! Ando doida com os livros do Follett e agora não quero outra coisa.

Já ando a mil com os preparativos para a festa de anos da Rita - acabei agora mesmo de fazer 6 dúzias de croquetes, ufa! E na segunda já despachei os rissóis - para a festa e de encomendas que tive.

Amanhã lá vai o meu menino para o passeio de final de ano do jardim-de-infância e ando a ver se não penso muito nisso... Vai ser uma viagem de 90 km de autocarro para lá e outros tantos para cá. Fico com o coração apertadinho, mas não vou privá-lo desta experiência - vão todos os meninos e meninas da sala dele. Vai ser a loucura :)

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Plasticina

Passei a tarde de hoje a fazer rissóis e sobrou-me um bocado de massa. Para não a deitar para o lixo, dividi em quatro taças, colori cada bocado com um corante diferente, amassei e depois deixei os miúdos brincar e moldar a massa à vontade. Estiveram entretidos e sossegados durante quase uma hora - um verdadeiro milagre! E sem discussões nem chapadas. Para a próxima faço mesmo uma receita de plasticina caseira que está num dos livros da bimby.

domingo, 17 de junho de 2012

23 meses

E estamos em contagem decrescente. Falta apenas um mês para a nossa menina fazer 2 anos! Se o tempo voou? Sim... como sempre acontece com tudo o que é bom!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Slow motion

É o modo em que está este cantinho. Não tenho tido grande tempo nem paciência para cá passar... Tenho andado noutra sintonia e a aproveitar o tempo para fazer outras coisas e organizar outros projectos. E tenho andado a pôr a cabeça e o coração em ordem, que bem preciso. Estamos todos bem e isso é que interessa.

Na próxima sexta o João vai ter o passeio de final de ano do jardim de infância e eu já ando a hiperventilar... Ele ainda não sabe que vai nem onde vai, mas vai delirar. Também já andam a preparar a festa de fim de ano lectivo - que já mudou de data 2 ou 3 vezes.

Entretanto, falta pouco mais de um mês para a Ritinha fazer 2 anos e só esta semana é que me caiu a ficha. Queria ir ao Algarve ou acampar na semana do aniversário dela (e do papá) e aproveitar para ir ao Badoca (temos entradas "grátes" para usar até Outubro) e voltar a tempo de lhe fazer a festa de aniversário. A ver vamos se conseguimos conciliar tudo. Espero estar mais inspirada na próxima semana.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Facadas

Para quem quiser dar umas facadinhas na dieta - de longe em longe! -, é só passar por AQUI de vez em quando :)

quarta-feira, 6 de junho de 2012

E chegou também...

... o dia em que o João disse: "f***-se!"

Diz que aprendeu na escola... O_o

terça-feira, 5 de junho de 2012

E chegou o dia...

... em que o meu filho começou a chamar-me CHATA!

Eu mereço?! ;)

Alarves

É matemático. Assim que entramos no carro para ir passear a qualquer lado, ainda mal virámos a esquina, e já temos o João a perguntar se trouxemos um lanchinho e a pedir para comer qualquer coisa. E a Rita igualmente de mão estendida. Mesmo que tenham comido um boi meia hora antes, entrar no carro parece que lhes abre o apetite. Lontras!

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Consulta

Antes de irmos de férias tinha marcado consulta para a Rita na pediatra. O "mão pé boca" está quase totalmente resolvido, restam algumas crostas e feridas entre os dedos dos pés e a pele toda a cair na ponta dos dedos dos pés e das mãos. De resto está óptima. Pesa 11 kg e mede 86 cm.

Como é habitual vamos tomar todos o Zentel (desparasitante) e também lhe perguntei sobre a vacina da Hepatite A, que a pediatra refere que não costuma prescrever, mas que fica ao nosso critério.

domingo, 3 de junho de 2012

Um Domingo à maneira

Depois de um Sábado de chuva, que nos obrigou a ficar por casa, hoje decidimos ir, logo pela manhã, à Quinta dos Loridos-Buddah Eden. Já lá tínhamos ido há uns anos e é um passeio que vale muito a pena. As entradas agora já são pagas (2,50€; até aos 18 anos não se paga), mas no final trocamos o bilhete por uma garrafa de vinho. Os miúdos divertiram-se, andámos no comboio a pedido deles e depois passeámos, demos de comer aos peixes e aos patos e almoçámos por lá.


































Depois da sesta saímos à rua e percebemos que estava uma tarde brutal para ir à praia, com calor e sem vento - coisa rara para os nossos lados. Nem o facto de já termos saído de casa quase às 18h nos impediu de ir aproveitar o mar e o solinho bom. Acabaram-se as birras num instante e depois do jantar cairam à cama e adormeceram numa fracção de segundo. Venham mais dias assim que a malta agradece :)


A lógica da batata

- O meu gelado está mais bom.
- Não se diz "mais bom", filho, diz-se melhor.
- O meu gelado está mais melhor.
(LOL!)

sábado, 2 de junho de 2012

De volta

Já se acabou o bem bom e ontem voltámos a casa. Repetimos a experiência do ano passado e fomos para a Quinta da Florência. Nos primeiros três dias tivemos a companhia dos meus pais - e foi lá que festejámos o 60º aniversário do meu pai. Foi muito bom; passeámos menos do que no ano passado porque queríamos descansar e foi isso mesmo que fizemos - e aproveitei também para pôr a leitura em dia. A Rita recuperou do estúpido do "bicho" e correu tudo bem. Eles adoraram e o João queria ficar mais uns dias na "casa das férias" - também eu queria mas não pode ser. E para o ano há mais! :)


sábado, 26 de maio de 2012

O merecido...

... descanso. Oficialmente de férias.
...
A Rita está melhor e já come praticamente sem problemas. Persistem as bolhas na boca e no rabiosque, mas já estão a começar a secar.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

A Rita hoje acordou melhor e quis comer. Bebeu um iogurte e comeu cereais com leite. Já comeu bolachas e almoçou mais ou menos. As aftas já não a devem estar a chatear tanto, mas a boca e o rabiosque estão num estado miserável... Também tem mais borbulhas nas mãos - que parecem não a incomodar - e nos pés - que ela só não coça mais porque nós não deixamos. Também tem mais algumas pintinhas nas pernas e nos cotovelos, mas não a incomodam. Está muito mais bem disposta.

Ontem falei com a pediatra dela e acabámos por adiar a consulta para dia 4/6 para ela a ver. Enviei-lhe fotos e descrevi os sintomas e é mesmo o síndrome mão pé boca que ela tem - que também é responsável pela estomatite aftosa.

A nossa casa só vêm parar bichos esquisitos, pá! E umas tréguazinhas, pode ser?


quinta-feira, 24 de maio de 2012

Das bruxas

A Rita não melhorou. Não comeu nada além do almoço de ontem e tem estado sempre muito chorosa e rabugenta. Foram-lhe aparecendo umas borbulhinhas estranhas na boca e no rabiosque e o pai esteve de sentinela a noite inteira.

De manhã, quando a despi, ia caíndo para o lado. Boca e rabo carregados de borbulhas com um aspecto medonho. Sem febre, mas febril. Depois de falarmos com a nossa cunhada, agarrei nela e fui ao centro de saúde. Quando lá cheguei já tinha borbulhas nas mãos e nas pernas e depois, já na consulta, também estavam a aparecer nos pés. Boca cheia de aftas... A médica de família apontou logo para o Síndroma Mão Pé Boca, mas chamou a minha cunhada para ter outro parecer. Foi igual. Tendo em conta que era a Rita que estava deitada na marquesa, e à conta dos sustos que já apanhámos com ela, ainda chamaram outra médica para a ver, que confirmou o diagnóstico.

À partida é uma doença chata, viral, mas benigna, que se resolve entre 5 a 7 dias. Não podemos fazer grande coisa além do gel para as aftas e um outro que lhe receitaram para "anestesiar" a boca 15 minutos antes das refeições para ver se ela consegue comer alguma coisa. E é altamente contagiosa...

Não fico descansada com isto e já marquei consulta de urgência para a pediatra deles para o final do dia. Quero ir de férias minimante descansada e quero a opinião dela.

E quando voltarmos de férias vou à bruxa.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Parece piada...

... mas não é. A apenas três dias de irmos de férias, a Rita acordou esquisita... não quis comer nada, andava a deitar-se pelos cantos e a pedir colo e mais colo. Acho-a mais quentinha, mas não tem tido febre. Depois de irmos levar o João ao jardim-de-infância, pediu para ir dormir. Acordou na mesma, sem febre, mas murcha e queixosa. Dei-lhe ben-u-ron - tem um dente a nascer e pensei que fossem dores - e melhorou. Almoçou bem e brincou. Agora voltou a ficar mais birrenta; pu-la na cama e adormeceu logo. A ver vamos o que sai daqui...

terça-feira, 22 de maio de 2012

Eles

Até podem andar à bulha e à chapada de vez em quando, mas a cumplicidade, amizade e carinho que têm e demonstram um pelo outro vale ouro. Ela não passa sem o beijinho de boas noites do mano e ele protege-a e defende-a como um leão cada vez que a levo à sala dele ou ao parque. É de ficar com o coração a transbordar de alegria.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

O Mundo dos Dinossauros

Hoje foi a nossa vez de ir visitar a exposição O Mundo dos Dinossaurosque vai estar na Expo Salão da Batalha até dia 3 de Junho. Escolhemos muito bem o dia, estava lá um grupo de uma escola e mais duas famílias e, portanto, nenhuma confusão. Assim que chegámos ao estacionamento e a Rita deu de caras com o enooooorme T-Rex que lá estava, começou logo a gritar "acacos, acacos"! Só por esta reacção, já tinha valido a pena!

Logo à entrada da exposição vimos o documentário sobre os dinossauros de grande porte e fiquei surpreendida: os miúdos portaram-se lindamente. A Rita andou metade do tempo a correr pela sala, mas não incomodou ninguém; o João viu tudo muito atentamente, fazia perguntas de vez em quando e sempre que via um dinossauro maior exclamava todo entusiasmado: "Mãe, é um «tio» Rex"! Fiquei surpreendida porque o João nunca foi ao cinema e pensei que, como não são desenhos animados, iria ficar farto ao fim de cinco minutos.
















Depois passámos à zona dos esqueletos e dos dinossauros mecanizados e foi das partes mais giras da exposição - não se podia tirar fotografias... À saída pintaram um desenho cada um - quer dizer, o papá pintou o da Rita -  e depois andámos a brincar aos paleontólogos nos caixotes de areia disponíveis para isso mesmo.
















Foi giro, mas estava à espera de mais. Valeu mesmo pela alegria deles :)

Quando saímos ainda fomos brindados com esta pérola do João: Fomos ver o "tio" Rex e agora vamos comer ao "Maxdoralds". Lol! E assim fizemos. Fomos almoçar e fazer umas compras ao LeiriaShoping e depois voltámos ao "lar doce lar".

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Dia da Espiga


A dois meses...

... dos dois anos!
















Está uma pestinha, vivaça e linda!
Está na fase de tirar a roupa toda às bonecas - e depois grita e chora até alguém as vestir para no segundo seguinte as despir outra vez.
Tem tanto de menininha pirosa como de rapazola. Adora roupa, malas, óculos ("óques") de sol, chapéus ("péu") e sapatos ("papos"), mas delira com dinossauros ("cacacos").
Gosta de cães, especialmente da nossa Mimi - a labrador -, de gatos ("minhaus"), de peixinhos ("pêxe"), de patos e passarinhos ("pipius").
Está mais gorducha e alta, mais menininha e menos bebé. Morre de amores pelo irmão, mas não pensa duas vezes em alçar-lhe a mão e fazer-lhe alguma malandrice.
E já lá vão 22 meses.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Sabem...

... aqueles dias em que estamos tão felizes que só nos apetece chorar?

Hoje é um desses dias.

Dia da Família

Foi hoje o piquenique organizado pelo jardim-de-infância do João para celebrar o Dia da Família. O São Pedro foi amiguinho e esteve um dia ameno e agradável. Miúdos e graúdos brincaram, correram, fizeram jogos, comeram e brincaram mais um bocadinho. A Rita aguentou firme, mas depois do almoço já andava aos tombos de sono... Tivemos que vir embora um bocadinho mais cedo do que era suposto, mas viemos felizes e de coração cheio.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Fim-de-semana

Sábado de manhã fomos para a praia. Por cá estava o céu carregado e não estava propriamente calor, mas nem isso nos demoveu. Os miúdos deliraram. A Rita estranhou um pouco a areia, mas depois passou-lhe e era vê-la a correr para o mar, para molhar os pés. Difícil foi vir embora porque não apetecia mesmo...
Para continuar a celebrar o nosso dia fomos ao nosso "restaurante das pizzas" preferido - como diz o João. Depois da sesta deles fomos pô-los a casa dos meus pais para podermos ir jantar só os dois. Apetecia-nos sushi mas, como o nosso restaurante de eleição para estas andanças do peixe crú estava cheio, decidimos ir ao Entra onde fomos, como sempre, muito bem recebidos, comemos maravilhosamente e ainda fomos mimados com uma oferta especial da casa - uma garrafa de espumante rosé maravilhoso, que ao fim do primeiro copo me fez lembrar que não bebia uma gota de álcool há quase 5 anos.

Depois de jantar, voltámos para casa dos meus pais. Os miúdos já estavam a dormir há imenso tempo e portaram-se lindamente; não estranharam nada - estão mais habituados a ficar a dormir na casa dos avós paternos. No Domingo foi dia de almoço de família e ainda deu tempo para ver os miúdos a descascar ervilhas com os bisavós - um mimo!