quinta-feira, 31 de março de 2011

Da Rita: as rotinas

Desde que saiu do hospital que temos andado a tentar definir as rotinas da Rita. Acorda entre as 7 e as 7h30 e bebe 240 ml de leite (quase sempre). Quando nos vê a tomar o pequeno-almoço começa a reclamar e come uma bolacha Maria ou uma côdea de pão. Dorme uma sesta grande por volta das 9h30/10h e acorda sempre perto do meio-dia, hora a que almoça sopa com carne e fruta. Como ela já come tão bem o pão e as bolachas, esta semana já lhe dei a sopa menos passada. Por volta das 14h/14h30 faz outra sesta - à mesma hora que o João. Acorda entre as 15h30 e as 16h e lancha um prato de Cerelac - é a única papa de que gosta. Por volta das 18h faz uma mini-sesta de meia hora, toma a banhoca por volta das 19h/19h30 e depois janta sopa com peixe e fruta. Entre as refeições passa o tempo a pedinchar e a comer bolachas e pão e às vezes come um boião de fruta. Não gosta de iogurtes. Vai para a cama às 21h e dorme a noite toda. Nas três semanas a seguir à alta, o papá acordava-a por volta da meia noite para lhe dar um biberão de leite porque ela tinha perdido peso. Nuns dias bebia o leite todo noutros quase nada. Quando o quase nada se tornou constante, deixámos de a acordar e passou a dormir a noite toda desde as 21h até às 7/7h30.

terça-feira, 29 de março de 2011

Este rapaz dá-me cabo do juízo

(foto retirada) Voltámos à saga "Eryplast Lutsine". Ontem à tarde, pensava eu que ele estava a dormir a sesta, quando o fui espreitar e dei de caras com este espectáculo. A minha reacção foi rir, rir até às lágrimas enquanto chamava pelo pai. Claro que levou um raspanete e ficou com este ar de "Madalena arrependida"... Tinha creme até nos dentes e na língua. E, acreditem, este creme é tão, mas tão difícil de limpar. Lição a reter: não deixar o creme do rabo da Rita à mão de semear.

sexta-feira, 25 de março de 2011

A arte do rastejanço

Ela rasteja. Ela dá cabeçadas na bola. Uma desenrascada, é o que é! E linda! ;o)

quinta-feira, 24 de março de 2011

Da sesta

A sesta de hoje está a ser uma comédia. Ou não.
Deitei-os, cada um na sua cama, e passado um bocado ouço, pelo intercomunicador, o João a dizer que vai puxar os pés à irmã. Ainda me deixei estar um minuto, mas depois fui lá espreitar. Pensei que ele estivesse levantado a puxar os pés da Rita pelas grades. Mas não. Ele estava era dentro da cama de grades com ela, em anema cavaqueira e risota. Ralhei com ele - uma das condições para a mana estar no quarto com ele era que ele não voltasse a subir para a cama dela - e meti-o novamente na cama dele. Choraram. Choraram os dois em plenos pulmões. Depois de acalmarem, continuou a palhaçada, a converseta e os risinhos. Fui lá novamente e, quando entrei, vi o João com uma das chuchas da Rita na boca - que se apressou a tentar esconder. Ia-me dando uma coisinha má. Costumamos ter uma chucha suplente na mesinha de cabeceira para, quando ela deixa cair a dela ou não a conseguimos encontrar durante a noite, termos ali uma à mão. Evidentemente, nunca mais vamos deixar lá a dita cuja - é tentador de mais para o João e não tinha pensado nisso... O João parecia mesmo um viciado a dar mais uma passa no cigarrinho - ficou tão envergonhado por ter sido apanhado com a boca na botija... Não ralhei com ele, mas disse-lhe que não pode usar as chuchas da mana e que ia tirá-la dali. Não consegui ralhar com ele... Uma hora e meia depois de os ter deitado, reina o silêncio absoluto.
...
Para registar: a Rita foi ao peso. Conta com 7,090 kg.

domingo, 20 de março de 2011

Da Rita

(fotos retiradas) E não é que hoje a Rita se pôs várias vezes na posição de gatas, com o rabo no ar durante poucos segundos - 2 ou 3 -, já a preparar-se para o gatinhanço?! E não é que, se o chão tiver aderência suficiente, ela já prefere rastejar e dar pequenos impulsos com o corpo para a frente em vez de rebolar? Querem ver que não tarda tenho a miúda a gatinhar pela casa toda? Já?! Eu ainda não estou preparada para um passo tão grande. A minha bebé ainda é tão pequenina!

sábado, 19 de março de 2011

Dia do pai


Porque ser pai é amar incondicionalmente.
É educar. E ralhar quando é preciso.
E é dar colo e muitos mimos.
E é fazer brincadeiras tontas que a mamã não faz.
É fazer o avião e ensinar a dar combalhotas.
É ir à piscina e dar-lhes banho.
E estar sempre lá mesmo não estando.
Para o papá cá de casa, que dizia não querer filhos por ter medo de não estar à altura do desafio. És o melhor pai que conheço (empatado com o meu pai, claro ;)) e a alegria dos nossos filhos diz muito mais do que qualquer palavra que consiga escrever.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Consulta

Hoje foi o dia da consulta externa de pediatria da Rita. Antes de irmos para o hospital ainda passámos no Centro de Saúde para ela levar a Prevenar. Chegámos ao hospital mais cedo e ela entrou logo. Primeiro passou pelo gabinete de enfermagem para ser pesada e medida. A balança mostrou uns modestos, mas muito positivos, 6,995 kg - já está a voltar ao percentil dela. Mede 68,5 cm e tem 42,8 de PC. Depois fomos para a consulta propriamente dita e ficámos a saber que as análises estão francamente boas e alguns valores até estão melhores do que a pediatra estava à espera. A auscultação também estava boa e, tendo em conta que ela tem tido apetite, tem comido bem, aumentou de peso, tem estado sempre bem-disposta e sem febre, já pode retomar o dia-a-dia normalmente. No entanto, a médica aconselhou-nos a evitar sítios muito poluídos, centros comerciais e hipermercados aos fins-de-semana - dias de maior afluência. Da anemia também está melhor, é para continuar o ferro mais um mês e depois parar.

Fiquei mais aliviada e descansada, mas ando sempre com um aperto no coração com medo que ela volte a ficar tão doente. Perguntei à pediatra se ela tinha mais probabilidades que as outras crianças de voltar a ter pneumonia e ela disse que não. Tudo indica que a pneumonia tenha sido uma consequência da bronquiolite e que não esteja relacionada com nenhum outro problema. Disse-nos que é normal e que não há problema nenhum se ela ficar costipada, com tosse, ranhocas e etc, mas para estarmos atentos. Só no caso de ela ter, por exemplo, 3 pneumonias bacterianas ou 5 otites no período de um ano é que se fariam mais exames para despistar algum problema ao nível do sistema imunitário da Ritinha. Mas, frisou, nada aponta nesse sentido.

Assim, tivemos alta definitiva do acompanhamento hospitalar.

8 meses

8 meses de Rita!
(foto retirada)

Neste último mês notámos muitas diferenças no desenvolvimento dela:

- Já se senta sem apoio, apesar de não ser grande fã desta posição;

- Rebola e rasteja a grande velocidade e chega facilmente onde quer;

- Resmunga e nota-se que fica zangada quando o João lhe tira alguma coisa com a qual ela esteja a brincar;

- Continua a ser uma bebé calma e bem-disposta, mas não estejam por perto quando lhe dá a fome ou lhe chega o sono - fica variada de todo, lol;

- É um castigo para beber água;


- Continua a comer bem;
- Já come côdeas de pão e bolachas e não se atrapalha nada;

- Grita que se farta e palra imenso;

- Já tem dois dentinhos.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Somos uns "mete nojo"

Ontem à noite dizia o João:

- Hoje o João vai ficar acodado à espera que a nôte (noite) se vá embora e depois quero uma festa.

Eu e o pai olhámos um para o outro com cara de "sim, sim, está bem abelha".
Nem dois minutos depois, o João levanta-se do sofá e vai sozinho para a casa-de-banho.
Agarra na escova e na pasta de dentes, lava a "cremalheira" sozinho - como é hábito - e pede para o pai lhe vestir o pijama. Depois, vem ter comigo à sala com o livro do Noddy para eu lhe ler a história da "nôte" e vai para a cama. Sem birras.

Ainda não foi desta que o João fez uma directa.
...
Depois dos dias em que a Rita decidiu madrugar, a rotina voltou a entrar nos eixos. Têm acordado os dois entre as 7h e as 7h30 - a hora do costume - e dormem a noite toda. A hora da sesta e o acordar é sempre um pagode. À noite já vão demasiado cansados para estarem no "paleio" e na risota. O João adora - mesmo! - partilhar o quarto com a irmã. Se soubesse o que sei hoje, já os tinha posto a dormir juntos há mais tempo!
...
Ah... e temos um novo "apanha chuchas". Se ele ouvir a chucha da mana a cair, acende a luz da mesinha de cabeceira, apanha-a e dá-lha.

terça-feira, 15 de março de 2011

Para que não restem dúvidas:

- A Rita é a "pincesa" do João.

(foto retirada)

A 1 mês...

... do terceiro aniversário do João, já tenho tudo alinhavado para a festa. Os convites já cá cantam, feitos pelo tio Rui, o suspeito do costume. O João já os viu e perguntou se não falam, lol! Fica a dica para o tio, no próximo ano os convites têm que ser interactivos, se faz favor! Como ele anda com a pancada do Pocoyo - entre muitas outras, mas este é também o que eu gosto mais - voltámos à temática do primeiro aniversário. Já tenho a ementa definida e a lista de convidados também. E tenho um menino lindo, crescido e muito ansioso que, desde que percebeu que vai ter uma festa, todos os dias fala nisso.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Da sesta conjunta

Rita a palrar e a dar gritinhos.
João a mandá-la calar com uns sonoros "shhhhhhhhhhhhiiiuuuuuu, mana!"

Acabaram por adormecer os dois sem percalços e estão a dormir há 1h30. Um mimo!
...
A noite também correu bem, mas a miúda anda madrugadora... 6h30 ela, 8h30 ele. A ver se a Rita aprende algumas coisas com o mano ;o)

quarta-feira, 9 de março de 2011

Chegou!

Há uns dias, encomendei AQUI uma corrente da chucha para a Rita. Chegou hoje e trazia um miminho para mim - a Marina parece que adivinhou, o meu antigo porta-chaves foi direitinho para o lixo e já tenho este a acompanhar as chaves do carro. Adorámos!

Claro que a Rita já andou a testar a qualidade da sua linda corrente, sujeitando-a às dentadinhas dos seus pequenos ratinhos :o) Está aprovada!

(foto retirada) Confirmo, portanto, que a minha corrente da chucha... é linda! E, já agora, até 25 de Março, está a decorrer um Passatempo AQUI. Comentem este post com fartura, sff! ;o)

A primeira noite juntos

Ontem ao final do dia perguntei ao João se nos queria ajudar a pôr a cama da mana no quarto dele, para ficarem lá os dois a dormir. Ficou todo contente e disse logo que sim. Expliquei-lhe bem explicadinho que não pode subir para a cama da mana porque lhe pode fazer um dói-dói muito grande. Podemos dizer que o balanço foi positivo, tendo em conta que a Rita foi dormir às 20h - trocou-se toda com as sestas ontem - e o João às 21h30. Em vez de lhe lermos a história da noite com ele já na caminha, lemos na sala e ele não se importou nem estranhou. Ela ainda rabujou quando o deitámos - o miúdo fala pelos cotovelos -, mas voltou a adormecer sem protestar. Esta manhã a alvorada foi às 6h30 porque ela acordou e pôs-se a palrar e aos gritinhos toda divertida e ele acabou por acordar também. O papá não estava muito convencido com a ideia - por ele, ela ficava no nosso quarto até fazer um ano - mas, para primeira vez, acho que não correu nada mal!
...
Já fui esta manhã com a Rita ao hospital fazer as análises. Devemos ter os resultados na sexta ou na segunda.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Dúvida: partilha de quarto

O João e a Rita vão partilhar o mesmo quarto e não sei qual será a melhor altura para os juntar. O João já sabe que a mana um dia destes vai passar para o quarto dele e ficou todo entusiasmado com a ideia. O problema é que ele sobe e desce a cama de grades com uma perna às costas. E ela ainda não se sabe queixar se ele lhe fizer alguma malandrice. Neste momento temos o João no quarto dele e a Rita numa zona do nosso quarto que é suficientemente grande para parecer um quartinho à parte do nosso. Em relação às rotinas de sono, a Rita dorme mais sestas, mas a da tarde eles dormem à mesma hora e à noite também vão os dois para a cama mais ou menos às 21h. Qual é a vossa opinião? Quando é que os devemos pôr no mesmo quarto?

sábado, 5 de março de 2011

Carnaval e outras coisas

(Fotos retiradas)
Este ano não tive cabeça, tempo e paciência para pensar no Carnaval - logo eu, que adoro o Carnaval... Felizmente tenho uma sogra que tem sido mais que minha mãe e que quis fazer o fato do Noddy para o João - integralmente! Ficou mesmo giro! Só foi pena a cria ter amuado e ter ficado apenas 2 minutos com a fatiota vestida. A da Rita é de aranha e foi herdada do mano. O papá lembrou-se da máscara e a mamã ontem foi procurá-la. A miúda fica o máximo, principalmente com o chapéu cheio de patas. E tem uma mais-valia, é bem quentinho! O nosso Carnaval este ano vai ser caseirinho que este tempo frio e ventoso não nos permite grandes avarias.
...

Ontem foi o dia escolhido para a Ritinha ficar em casa da avó para nós irmos sair só com o João. Deixámo-la lá de manhã e fomos buscá-la a seguir ao almoço. Não estranhou nada e manteve as rotinas dela. Dormiu, comeu e brincou normalmente, mas a alegria com que me recebeu, deu bem para perceber que sentiu a nossa falta.

O João delirou por ter os papás só para ele. Fomos ao Dolce Vita - é grande, tinha pouca gente e tem entertetimento para ele. Deixámo-lo escolher um brinquedo e ele quis um "caminhão gigante", lol! Um camião enooooorme e baratuxo. Ficou todo contente. Almoçámos os 3 e ele portou-se lindamente. Depois de almoçar viemos para casa e acabou por adormecer pelo caminho. Uma experiência a repetir, certamente! ...

Ao final da tarde fui com ele a uma consulta de dermatologia porque tinha duas "borbulhas" na bochecha que já lá estavam há meses. Pareciam, inicialmente, um ponto negro, mas uma delas foi sempre crescendo e ficou uma espécie de verruga. A médica diz que parecia ser um quisto ou outra coisa contagiosa com um nome esquisito. Como o João estava sempre a reclamar da "borbulha" e andava lá sempre a mexer, optámos por tirá-las. Aplicou-lhe um creme anestesiante e depois arrancou as ditas cujas. Ficou com dois dói-dóis e hoje não pôde ir à piscina. Portou-se que nem um crescido e não deu um "ai". Estou muito, muito orgulhosa do meu menino grande. Hoje anda todo inchado com os seus dói-dóis.

(foto retirada)

quinta-feira, 3 de março de 2011

Da Rita

À data da alta, a Rita tinha apenas 6,350 kg. Hoje levei-a ao Centro de Saúde para ver como está de peso e, apesar de serem balanças diferentes, está a recuperar muito bem: 6,790 kg. Estava preocupada porque ela não tem bebido o leite que costumava beber (antes do internamento bebia 210 ml/240 ml e agora bebe 150 ml no máximo...). Mas, como come muito bem a sopa, a fruta e a papa, vou experimentar mudar de leite, não vá ela ter enjoado o Aptamil Confort.

Em relação à pneumonia, ela está melhor, mas o pulmão direito ainda tem muita porcaria para sair. A miúda não tosse nem por nada e a "nhaca" assim não sai. Tem ido fazer cinesiterapia todos os dias e tem ajudado porque sempre vão saíndo ranhocas. Chora e berra o tempo todo, é uma verdadeira tortura... mas tem que ser.

Na próxima semana já vai repetir as análises (hemograma e ferritina - tivemos como brinde uma anemia ligeira) e dia 17 será a consulta. Até lá, vamo-nos esforçando para a resguardar e sair com ela só o mínimo indispensável. Ainda está muito fragilizada e não queremos arriscar uma recaída. Falei com a pediatra dela, porque estava com receio de estar a ser paranóica em querer protegê-la tanto, mas ela deu-me razão. Disse que podemos sair uns bocadinhos com ela depois de almoço que não está tanto frio - tendo cuidado se estiver vento -, mas para evitar expô-la a ambientes mais pesados, como super-mercados, centros comerciais e grandes aglomerados de pessoas. E para termos muita atenção às mudanças bruscas de temperatura.

De resto, a Rita está uma maluca! Acabaram-se os tempos de a deitar no tapete de actividades e esperar encontrá-la lá quietinha no mesmo sítio. A rapariga rasteja e rebola que nem uma profissional. Giro, mesmo giro, é vê-la a tentar seguir o irmão e os cães. É incrivelmente rápida! Também já se senta sem apoio, mas neste aspecto é a preguiça em figura de gente. Não gosta de estar sentada e ponto final. Fica um bocadinho e depois atira-se para o lado ou para a frente, para se deitar e, então sim, começar com as suas movimentações pelo chão fora. :o)

terça-feira, 1 de março de 2011

Constatação

- Consegues fazer uma "cambaiota", mãe?
- Não filho...
- "Puquêêê?" Tens o "barro gaaande"?

WHATI???

"cambaiota"- cambalhota
"barro"- RABO