terça-feira, 10 de julho de 2012

B de Badoca

(ou de banhada)
Vou começar a partilhar a nossa aventura pelo final. Aproveitámos a viagem de regresso do campismo para ir ao Badoca. Ainda bem que os bilhetes foram oferecidos pelo BPI ou ia passar uns bons tempos a chorar o meu rico dinheirinho. Não gostei particularmente de nada para além do safari. A Ilha dos Macacos então é vergonhosa e naquelas condições mais valia que fechassem o acesso - são muito poucos, mal se vêem e estão em condições muito mal amanhadas.
A quem lá for recomendo que levem comida de casa - nós passámos o dia a "sandochas", sumos e bolachas - porque até o restaurante self-service, que devia ser mais acessível, é para lá de caro! Um abuso dos grandes!
Valeu pelo passeio e pela alegria dos miúdos que é sempre contagiante. Ah! E valeu também pela bicada que levei na coxa de um belo exemplar macho de avetruz - foi a risota do dia!

6 comentários:

Mamã Nocas disse...

Este ano tb vou á badoca, a Margarida vai-se estrear.
Para a semana se Deus quiser!!!
É um sitio muito bem passado. kiss

Andreia disse...

Oi,
Também julgo que não vale a pena ir lá de propósito, sobretudo para nós que moramos longe.
Com tempo tinha-te dado mais conselhos. Nós optámos pelo restaurante, caro efectivamente, para descansar durante 1h30 dos 38ºC...
Não entendo também porque os macacos estão assim, num parque com o conceito de (semi) liberdade. Além do safari, roubadinho no tempo anunciado no site, pouco mais vale a pena...
Ando sem tempo, mas vou ver se ponho umas indicações no meu cantinho.
Valeu pela alegria da Joana!
Bjs,
Andreia

Nikki disse...

Mara, se ainda não foste, sugiro-te que experimentes também o Monte Selvagem, em Vendas Novas. É mais perto que o Badoca (1h de Lx, e se fores pela estrada Nacional são 1.15h sem portagens), tem mais ou menos a mesma área e animais (exceto os leões enjaulados que eu, pessoalmente, dispenso), com o extra da Quinta pedagógica, na qual os miúdos podem entrar à vontadinha e mexer nos animais todos, sem ninguém a controlar. E ainda tem um mega trampolim com vista para todo o Alentejo, que é uma delícia.

Teresa disse...

Ainda bem que avisas! Vamos de férias lá para baixo e estava a pensar passar por lá! Mas sendo assim já não vou!
beijinhos

Gaiatas disse...

Nós moramos mesmo ao lado, e é um sitio habitual para passarmos uma tarde.. mas claro que já vamos preparadas com o almoço\lanche.

Eu adoro lá ir e a Pinguinha nem se fala!

Andreia disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.