sábado, 30 de abril de 2011

Conjuntivite

Ontem a Rita começou a lacrimejar muito de um olho e começaram a acumular-se umas remelas. Fui limpando com algodão embebido em soro fisiológico na esperança de que ficasse melhor. Não ficou e acabámos por pedir à nossa cunhada para vir cá vê-la hoje e confirmou-se a conjuntivite. 1 gota de clorocil 4x por dia e em creme antes de dormir. E também anda ranhosa desde ontem... :(

Estamos mesmo jeitosos para ir amanhã ao baptizado do meu sobrinho...
...
E já tem mais um dente: um incisivo central superior.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Consultas

Ontem foi dia de consulta no Centro de Saúde para os dois. A registar apenas os pesos e medidas porque tudo o resto está óptimo - felizmente!
O João pesa 15,410 kg e mede 1 m.
A Rita pesa 7,610 kg, tem 70,2 cm e 43,5 de PC.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

O orgulho de mãe

Hoje foi dia de consulta para os dois no Centro de Saúde (estão óptimos, depois logo registo o peso e medidas). Antes da consulta, aproveitámos para ir à Moviflor ver umas coisas e acabámos na secção de quartos de criança onde há beliches e camas que acho o máximo, a maioria delas com escadas. Lá demos a nossa voltinha, o João subiu a todas as camas - e mais houvesse - e depois viemos embora.

Depois das consultas e do almoço, já no carro a caminho de casa e do nada, o João diz:

"Mamã, o João quer uma cama com escadas. Quando eu for mais grande. E quer uma com duas camas, uma em cima para o João e uma em baixo para a mana. E a mana pode dormir em cima com o João e o João também dorme na cama da mana. Mas o papá e a mamã não, o quarto vai ter uma porta. E o João vai fazer cócegas e dar beijinhos à mana".

E foi isto. Foi isto que me fez ficar, mais uma vez, de lágrimas nos olhos e com vontade de ter mais uma resma de filhos (já me passa, lol). Foram estas palavras que me fizeram ter um orgulho ainda maior do meu filho.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

O primeiro galo

A separar o nosso hall da cozinha temos um móvel feito à medida que tem estes espaços de arrumação. Num deles tenho sempre alguns brinquedos do João e da Rita. Ora, a Ritinha lembrou-se de se pôr de joelhos e toca de tirar tudo para fora para se enfiar lá dentro. E depois de lá estar dentro, vai de rastejar por ali fora até ao outro lado. Fez isto"n" vezes e eu sempre a ir tirá-la para não acontecer o que acabou por acontecer: pimbas de cabeça no chão. Chorou 2 segundos e, quando a voltei a pôr no chão depois de verificar se estava bem, lá foi ela outra vez para o mesmíssimo sítio. Ficou com um galo (pequenino), que a queda também não foi grande, na zona da testa em que tem um sinal de nascença.
(Foto retirada)

terça-feira, 26 de abril de 2011

No poupar é que está o ganho

Durante os primeiros meses de vida a Rita tomava banho todos os dias (e o João também).
Depois passou a tomar banho dia-sim, dia-não, alternando com o João. Num dia um, noutro dia o outro. Como ela já se senta lindamente, na semana passada apeteceu-me enfiar dentro da banheira com os dois, fazendo da banheira piscina. Foi um pagode. Este fim-de-semana repetimos a banhoca e lembrámo-nos de passar a dar banho aos dois no mesmo dia, ao mesmo tempo. Poupamos tempo, água e as costas do papá (os banhos são tarefa dele). Tem sido um sucesso. O João adora "dar" banho à Rita e a Rita delira com a companhia do irmão. E lá vamos nós arrumar a banheira dela... :)

E sim, eles tomam banho dia-sim, dia-não. Só lhes damos banho em dias seguidos se estiverem muito badalhocos.

Finalmente!

Foi preciso ir para a "conchichina" para o tio fazer um cabeçalho novo para o nosso cantinho :)

Agradecidos! Ficou muuuuuiiiiito giro!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Páscoa

A nossa foi passada em casa e nem a chuva abalou o nosso ânimo. Soube bem ficar no aconchego do lar e melhor ainda foi ter estas carinhas larocas (quase) sempre bem dispostas por perto. Lanches com amigos, ronha no sofá, almoçaradas em família, aniversários e pic nic's, passeios e muita brincadeira, tivemos de tudo um pouco. E ver o Benfica ganhar, finalmente, alguma coisa este ano. Cheguei ao fim deste fim-de-semana prolongado completamente derreada, mas feliz. E isso é que importa.
(Fotos retiradas)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Aos 3 anos

És um menino muito independente, autónomo e desenrascado. Queres fazer - e fazes - quase tudo sozinho. Vais à casa-de-banho - só fazemos questão de te limpar o rabo para termos a certeza de que fica bem limpinho -, vestes-te, calças-te, lavas os dentes, tomas banho e até puxas a pele da pilinha sozinho. E é isso que nos dizes cada vez que tentamos ajudar-te: "o João faz sozinho!".

És teimoso que nem uma mula. Obstinado, mesmo. Desobediente. Tens cada ginete que às vezes nem sei se te dou uma palmada no rabo ou se te aninho no meu colo.

És meigo e doce. Dás uns abraços com força que me derretem toda. E uns beijinhos especiais que me deixam, literalmente, toda babada. Já sabes fazer olhinhos quando queres alguma coisa.

Sabes muito bem quem é quem na nossa família. Já contas tudo o que te acontece durante o dia, se foste aqui ou ali e com quem estiveste. Ainda não tens é grande noção do ontem e do amanhã. Mas já sabes o que é a noite e o dia, o que é a lua, o sol e as estrelas. E tantas, tantas coisas.

Já manténs uma conversa e tentas participar nas conversas dos adultos. Falas muito bem ao telefone e este ano já foste tu a receber os teus parabéns das pessoas que te telefonaram.

Gostas de ver o Canal Panda e o Playhouse Disney, mas se tiveres companhia para brincar nem te lembras que a televisão existe. Adoras andar de bicicleta e estás a aprender a andar na tua nova trotinete.

És muito guloso... adoras gelados, chocolates, bolachas e gelatina. Continuas a comer e a dormir muito bem. Ainda fazes uma sesta grande depois do almoço.

Adoras a tua mana. Agora que já interage contigo é muito mais divertida, mas muito mais chata. Não gostas nada que ela brinque com as tuas coisas - mas é com as tuas coisas que ela mais gosta de brincar. Com ela estás a aprender a lidar com o teu egoísmo e a aprender a partilhar.

Já sabes que um dia destes vais para a escola, como as primas. E já me perguntaste algumas vezes se lá vais ficar sozinho. E a mamã disse-te a verdade: sozinho sem a mãe, o pai e a mana, mas com outro meninos e meninas e com as educadoras e auxiliares. Vai ser a maior mudança no teu dia-a-dia e espero que reajas bem.

Desde que nasceste que te cantamos a música do Vitinho todas as noites e, depois da mana nascer, começámos a cantar-lhe a ela também. E foi aí que descobrimos que sabes a letra e agora também cantas para a mana. Também já sabes alguns bocados dos Parabéns.

Já pegas nos teus livros e contas as histórias na perfeição. Com alguns interpretas as imagens que vais vendo e com os mais "batidos" sabes algumas passagens de cor e salteado.

Com uma perna às costas

É como a Rita já sobe e desce este degrau que temos na sala.
(foto retirada)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Dos guinchos

Há duas ou três semanas que a Rita se iniciou na arte de bem guinchar. E muito guincha ela, principalmente quando vê alguma coisa que lhe interessa particularmente. E guincha tão estridentemente o raça da miúda! :)

terça-feira, 19 de abril de 2011

Pré-escolar

Antes da Rita ter sido internada, inscrevemos o João numa IPSS aqui perto. Entretanto, continuei a matutar no assunto e, com receio de não ter vaga, decidimos inscrevê-lo no agrupamento de escolas da nossa zona para tentar a nossa sorte num dos jardins-de-infância estatais. Tratámos da papelada toda e ontem fui com ele tirar fotografias tipo passe (ficou tão giro!) para entregar os documentos todos certinhos direitinhos. Agora é esperar pela saída das listas.

A festa de aniversário

A festa do João correu muito bem. Passei o Sábado praticamente todo a bimbar e levantei-me às 6h da manhã no Domingo para acabar o bolo dele (a minha obra de arte, lol!) e a melhor reacção de todas foi ele ter chegado à cozinha e me ter dito logo que gostava muito do bolo do Pocoyo e do Pato e da Ely. Difícil foi mantê-lo afastado dos bonecos e dos M&M até à hora da festa. Ele divertiu-se, que era o mais importante, e nós também.
(Fotos retiradas)

A minha dieta já viu dias melhores e se andava toda contente porque já estava outra vez nos 60's, agora já voltei aos 70's (de onde pretendo sair bem depressinha, assim que se acabarem de vez o resto dos bolos e petiscos que ainda por aqui andam...).

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Vamos lá a ver...

... se consigo pôr aqui o estaminé em dia :)
...
No dia do aniversário do João aproveitámos o excelente dia que estava e fomos visitar a Quinta Pedagógica dos Olivais. Antes de saírmos, demos o nosso presente e o da Rita ao João. Dos papás recebeu o Many Mãozinhas e da mana um livro do Ruca. Ficou todo contente. Lá fomos então até Lisboa ao encontro de dois amigos. Apesar de ele ter passado o dia no limiar da embirrice e da teimosia, divertimo-nos bastante. O João delirou com os porcos - que foram eleitos os seus animais preferidos do dia - porque pôde dar-lhe de comer (a minha querida Sandra tinham-me avisado para levar couves e cenouras e nós assim fizemos). Estavam lá duas porcas que tinham parido no mês passado e os leitões eram aos montes :) Vimos a vaca, o cavalo, os burros e as cabras. Na parte das cabras estava lá uma pequenina que ficou fã dos miúdos. O João, que já não tinha couves nem cenouras para lhe dar, resolveu o problema ao arrancar umas ervas para lhe dar. Claro que a bichinha cheirava, mas não comeu nada :) Ainda passei no Dolce Vita - o papá ficou no carro com a Rita e o João que estavam a dormir - para lhe ir comprar o presente que a avó Sofia lhe queria dar - e a que o Joni pediu -: uma trotinete. De volta a casa, chegou a hora de cantar os parabéns, este ano só nós os quatro. Tinha feito um bolo de chocolate na véspera, usei uma forma de silicone em forma de urso, pus uns M&M e ele ficou todo contente. Aliás, todo contente é favor, o João delira com os parabéns dele. Ele canta (tenta), ele bate palmas e fica com um sorriso maior que o mundo quando chegamos à parte do "uma salva de palmas" e depois apaga a vela. Por mim, cantava-lhe os parabéns todos os dias!
(Fotos retiradas)

domingo, 17 de abril de 2011

9 meses

E, no dia da festa de aniversário do mano, a nossa menina faz 9 meses. Daqui a 3 meses temos festa outra vez :)

(Foto retirada)


Aos 9 meses, a Rita:


- Rasteja por todo o lado a uma velocidade alucinante; está um verdadeiro perigo e já temos que ter o cuidado de fechar as cancelas das escadas;


- Já provou ração dos cães, já comeu papel e tentou comer uma das minhas plantas;


- Percebe bem o "não" e gosta pouco de o ouvir;


- É uma bebé muito tranquila e serena, mas tem uma genica e uma energia inesgotáveis;


- Já reclama - e bem - quando se zanga com o irmão (ele gosta muito de lhe tirar brinquedos quando ela se está a divertir; convém é referir que os brinquedos que ela mais gosta são... os do irmão);


- Como todos os bebés, adora comandos e telemóveis;


- Está muito esperta e sabe bem fazer os choradinhos dela - só que, como é o segundo filho, a mãe e o pai já distinguem perfeitamente o choro a sério do choro birrento :);


- Fica doida de alegria quando vê os cães grandes no quintal;


- Já rompeu o terceiro dentinho (incisivo inferior direito).

sexta-feira, 15 de abril de 2011

3 anos

(Foto retirada)

Desde que chegaste às nossas vidas que tudo tomou um rumo diferente. Embora mais responsável e cuidadosa com algumas coisas - inerentes à enorme responsabilidade que é ter um filho - voltei também a ter a capacidade- e a oportunidade - de ver o mundo com olhos de criança. Enches-me de tudo o que é bom e todos os dias me ensinas a lição mais difícil, e no entanto a mais doce de todas, ser Mãe. Ser a TUA MÃE. Amo-te tanto, tanto, tanto! Parabéns, filhote, pelo teu terceiro aniversário! És a minha vida.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Consultas

Hoje foi dia de consulta para os dois na pediatra, a dos 3 anos para o João e a dos 9 meses para a Rita.

Do João:
Está bom e recomenda-se: 15kg, 97 cm de altura e 51 cm de PC. Esteve parte do tempo histérico de alegria por estar a ser consultado (desde o internamento da Rita que ele acha que estar doente e ir ao médico é uma coisa boa, porque tem mais atenção da nossa parte...) e a outra parte esteve muito bem comportado a fazer desenhos e colagens na secretária da médica.
Falei com a pediatra sobre o desfralde nocturno e ela disse que não há pressas. E, tendo em conta a autonomia dele e o facto de ter tomado sempre a iniciativa nestas etapas determinantes, não nos devemos preocupar.
Esqueci-me de lhe dizer que ele ainda bebe o leite pelo biberão e não há maneira de o largar... Já lhe comprámos uma caneca toda gira do Mickey e nem assim. Também neste passo espero que seja a ele a dar o passo em frente.
Saímos de lá com a receita para o desparasitante que deverá - ele e nós, a Rita só mais tarde - tomar de 6 em 6 meses (mesmo tendo nós 1001 cuidados com a desparasitação e vacinação dos nossos cães). Nova consulta só daqui a um ano.
...
Da Rita:
Tal como o irmão, tudo óptimo: 7,450 kg, 69,5 cm de comprimento e 44 cm de PC. Falámos muito sobre a pneumonia, a bronquiolite e em como uma coisa pode levar à outra. A auscultação estava óptima. Tentou tranquilizar-me e aliviar o imenso peso da angústia que ainda sinto de cada vez que me lembro daquelas semanas.
Perguntei-lhe sobre a natação - a Rita esteve inscrita, mas nunca chegou a ir e depois acabámos por cancelar a mesma. Ao contrário da pediatra do hospital, esta pediatra, tendo em conta a excelente recuperação da Rita, não vê motivo algum para que ela não vá. Mas, mesmo assim, prefiro esperar por Setembro e depois logo se vê. Também reforçou que não vale a pena enfiá-la em casa, numa redoma, porque estas coisas acontecem tanto em casa como fora dela. Disse apenas para termos atenção e mais cuidado com as mudanças de temperatura, os ambientes com cheiros muito intensos e para vermos se a Rita reage mal a alergénicos como os pólens.
Entretanto mandou repetir a eco renal para se verificar a questão da duplicação da artéria. Terá nova consulta aos 12 meses, mas tenho ordens expressas para lhe telefonar assim que tiver o resultado da eco.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Canal Panda

Recebemos esta manhã a confirmação dos Parabéns do João no Canal Panda. Vai ser dia 15/4 às 8h59 e às 16h. Ele vai ficar tão contente!

Da neura

Ou da lamechice. Ou das duas juntas. Ando há dois dias a ver fotos do João e, consequentemente, sinto-me invadida por uma nostalgia sem tamanho. Como uma coisa leva à outra, ando muito sensível e a chorar por tudo e por nada. O meu bebé, o meu menino, está quase a fazer 3 anos. É oficial: sou uma chorona melancólica.

domingo, 10 de abril de 2011

Começou...

... a primeira crise de mãezite aguda da Rita. Não quer o colo de mais ninguém, chora desalmadamente quando deixa de me ver e estende os braços quando me vê, enquanto chora mais um bocadinho, para que lhe pegue ao colo.

Na sexta-feira o papá e eu tínhamos planos para o jantar. Pois que as crias tiraram o dia para me moer a alma e levar-me à loucura. Em parte, a culpa também foi minha. De manhã quis ir visitar os meus avós e, consequentemente, destrambelhei as sestas da Rita que ficou com uma telha daqui até à China. Só fazia era chorar e pedir colo. O João berrava porque não queria vir para casa e queria "jantar" em casa dos bisavós. Acho que nem com uma hora de elíptica suei tanto como na sexta-feira. E sim, fomos jantar. A minha sogra veio cá para casa tomar conta deles. Como resultado do dia agitado, quando ela chegou, às 18h45, já o João dormia e nem sequer acordou para jantar. Só conseguiu acordá-lo para lhe vestir o pijama e pôr-lhe a fralda. Por sua vez, conseguiu dar a sopa à Rita enquanto esta chorava em plenos pulmões e depois teve que a deitar. Às 19h45. Quando chegámos a miúda acordou, emborcou um biberão de leite e ferrou até de manhã. O João nem piou até às 7h30.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Praia

Apesar de já termos tido alguns dias de sol, a nortada fez-nos adiar o início da nossa época balnear. A nortada e o medo que ainda tenho de sair com a Rita para a rua... Mas, pensando bem, há alguma coisa melhor do que o ar do mar? Depois de uma manhã muito bem passada, em que orientei as tarefas todas do dia e ainda fui com os dois ao parque antes de almoço, da parte da tarde, quando acordaram da sesta, telefonei ao papá para saber se vinha mais cedo para casa e aí fomos nós até à praia. O João estava numa alegria que só visto - muito gosta este miúdo de praia. Para a Rita foi a estreia oficial. Primeiro esteve em cima da toalha, mas depois pusemo-la na areia e claro que se pôs logo a explorar aquela coisa tão engraçada de se mexer, ver e comer! Foi um dia 5*!
(Foto retirada)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

E chegou o dia...

... em que a Rita encontrou a tigela da comida dos cães.

Domingo

Ontem o João acordou da sesta e quis fazer um bolo. Mas não era um bolo qualquer. Era o bolo-boneco-de-neve-do-livro-do-Ruca. E assim foi. Com a ventania que estava só apatecia mesmo era ficar em casa e deitámos mão à obra. Eu fiz o bolo em si e o papá tratou da decoração. Apesar de "rústico" ficou muito giro! O João adorou, principalmente a parte da cenoura a fazer de nariz. Foi uma tarde muito bem passada!
(Foto retirada)

Sábado

No Sábado fomos almoçar com o meu irmão - foi uma espécie de despedida já que ele está quase de partida para Berlim, por longos meses... - a uma tasca de sushi no Largo do Rato, em Lisboa. Foi mais um projecto que ele ajudou a contruir e ficou muito giro. A Peisheirada é do melhor e até tem um menú infantil para os mais pequenos - o João comeu os bifes de frango, com batatas fritas - caseiras, que faz toda a diferença - e arroz branco. Ah! E comeu com pauzinhos, lol! Eu armei-me em mariquinhas e pedi salmão grelhado, que estava delicioso, mas depois alambazei-me ao sushi do marido e ao que o meu irmão comeu - não me lembro do nome, mas era muito bom! E parece que durante a semana aos almoços fazem um buffet em que se paga 12,90 €, salvo erro, e come-se "até rebentar". Recomendo!
(Fotos apagadas)

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Festival do Chocolate

Ontem fomos até Óbidos fazer a visita da praxe ao Festival Internacional do Chocolate. Para não variar, acho o preço das entradas exagerado para o que se encontra lá dentro, mas como aqui na zona não temos muito por onde escolher, aproveitamos estas iniciativas do concelho de Óbidos. A tarde estava fabulosa, estava pouca gente e divertimo-nos à grande! O João estava fascinado com as bolachas de gengibre que por lá andavam, mas ir ao pé delas "está quieto"! Passámos bastante tempo na zona onde estão os baloiços e outras diversões "rústicas" para miúdos e graúdos. A Rita delirou com o passeio e andou praticamente o tempo todo ao meu colo - o ovo deve ter picos. Eu portei-me lindamente e tentei não arruinar a dieta (já lá vão 7,5 kg desde Dezembro - devagar se vai ao longe) e comi apenas uma fatia do melhor bolo de chocolate do mundo e uma bomboca de framboesa - este ano resisti ao gigante crepe de chocolate que comia sempre. O stand que gostamos mais é o dos Lacasitos (da Lacasa) porque ganhamos sempre montes de coisas gastando apenas 2 ou 3 euros.

(Fotos retiradas)

E foi isto. Uma tarde muito bem passada e muito pouca vontade de voltar para casa.