quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Sou cusca, eu sei...

... mas adoro ouvir as conversas deles pelo intercomunicador, quando já estão na cama :)

domingo, 26 de agosto de 2012

Xixi ao alto

Estamos aos poucos a iniciar o desfralde da Rita e vamos adoptar a mesma estratégia que usámos com o João. Antes de retirarmos totalmente a fralda, vamos explicando que é na sanita - ela não gosta do penico - que se faz o xixi e o cocó e colocamo-la lá várias vezes ao dia - e ela tem feito quase sempre. Também já distingue o cocó do xixi e às vezes já vai pedindo para fazer.

Ora, acontece que, quando ela faz xixi na sanita, o dito cujo sai em jacto para cima, chegando a sair fora da sanita. Claro que quanto mais força faz maior é o esguicho. Não percebo muito de pipis, eu é mais pilinhas, mas ando intrigada com isto. É normal? Já perguntei à minha cunhada e ela diz que é comum. Mães de meninas, já vos aconteceu alguma coisa do género?

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Oi???

Miúdos entregues para passarem a noite nos avós para podermos namorar. E diz o João: “mas vocês não precisam de namorar mais, já namoraram quando eu nasci e quando a mana nasceu“.

domingo, 19 de agosto de 2012

Informação

Ontem à noite o João informou-nos que não queria dormir com fralda.
Tudo certo, tendo em conta que, em média, a cada dez noites faz xixi na fralda duas vezes.
E depois, às 3h da matina, informou-nos que tinha feito xixi na cama.
E andarmos a essa hora a tentar raciocinar para mudar de roupa a ele e à cama é dose!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Por cá

A Rita já está fina.

Temos aproveitado estes dias de sol e pouco vento - coisa rara para estes lados - para ir à praia, ao arraial cá da terra, para andar nos carrosséis, para comprar rifas e bolos aos escuteiros. Estamos a aproveitar a silly season e a aproveitar o facto - menos bom - de o papá ter pouco trabalho nesta época do ano para fazer uma espécie de férias em casa.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Como uma suposta ida ao shopping...

... se tranforma numa ida às urgências.

Ontem à hora de almoço a Rita começou a coxear e a queixar-se da perna esquerda. Como tinha caído de manhã, pensei que se tivesse magoado, apesar de exteriormente não se ver nada. Tínhamos combinado ir ao shopping depois da sesta deles, mas ela continuava muito queixosa, ao ponto de se recusar a andar, e acabámos por telefonar à nossa cunhada que recomendou que fossemos à USF. Assim fizemos. Estivemos lá uma eternidade, mas os miúdos acabaram por se entreter a eles, a nós e a todas as pessoas que estavam na sala de espera. Com o passar do tempo na sala de espera, ela foi melhorando, apesar de continuar a mancar. Lá foi vista pela médica que, por descargo de consciência, achou que era melhor ela ir ao hospital para ser vista por um ortopedista. Com isto tudo já eram horas de jantar e ainda fizemos uma paragem no McDonalds para comer qualquer coisa. Seguimos para as urgências e, graças à médica que a tinha visto na USF e que entretanto já lá estava de serviço na pediatria, entrámos directamente para a ortopedia sem grandes esperas. A médica deu-lhe 1001 voltas, mas ela não se queixava de nada. A única coisa visível era mesmo o coxear e o ela queixar-se quando apoiava o pé no chão. Mandou-nos dar-lhe Brufen durante dois dias para ver se ela melhora e, caso isso não aconteça, lá teremos que rumar novamente às urgências. Quando saímos do hospital já ela corria feita doida, mesmo a coxear... Hoje acordou meio perra da perna, mas depois melhorou. No início da manhã ainda andou um pouco queixosa, mas depois passou. Até agora tem estado melhor. A ver vamos se a coisa fica por aqui.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Da Rita

Embalada pelas habilidades do mano com a bicicleta, começou, também ela, a pedalar "à séria" no triciclo. Não vai tardar muito para herdar a bicicleta antiga do João.
...
Continua a não ligar patavina à televisão - e, caramba, às vezes dava-me jeito que ela estivesse quietinha a olhar para a caixa mágica nem que fosse durante 5 minutos. Não liga a nada. A única coisa que a faz parar, apontar e dizer: "óia, é o Mé", é quando começa a dar o Manny Mãozinhas.
...
Gosta de música e acho um piadão a ouvi-la tentar cantar as músicas à maneira dela. E também dança, abana-se e rebola-se toda - não sai nada a mim, que tenho pés de chumbo.
...
Fala pelos cotovelos, principalmente em espanholês :)
Diz tudo o que o irmão diz e já sabe dizer os nomes de muita gente. Tem dificuldade é em dizer o nome dela por causa do "R" e diz que é a "Ki".
...
É muito meiguinha e adora dar abraços e beijinhos - quando está bem disposta!
...
Adora praia e piscinas... tudo o que meta água e/ou areia. E adora passear. Até pode estar em casa com uma grande telha, mas assim que ouve falar em ir passear, põe-se logo a jeito. Calça-se sozinha e pede o "cacos" (casaco).
...
Agora anda numa de se despir toda, dos pés à cabeça, fralda incluída. E consegue fazê-lo sozinha. Já por mais do que uma vez vou dar com ela na cama em pelota. E no quintal também... e depois é ver-me a correr e a gritar por uma piolha que corre em alta velocidade, toda contente e em nú integral.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Kidzania

Ontem fomos (outra vez) à Kidzania. Tínhamos ido em Novembro e o João foi em Junho com o jardim-de-infância, mas como no aniversário lhe tinham oferecido uma entrada, aproveitámos que as nossas sobrinhas também estão de férias e fomos com os três. A Rita, como ainda não pode fazer nenhuma actividade lá dentro, ficou em casa dos avós paternos. É um sítio mesmo giro para ir com os miúdos e eles parecem não se fartar daquele mundo pensados para eles.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Hábitos

Não é bem um hábito, é mais um vício. Como me dizia há uns bons anos um amigo, tenho uma espécie de relação platónica com a literatura e com os livros. Desde miúda que adoro ler e sempre li compulsivamente. Gosto de romances, aventuras, policiais, romances históricos...

Quando o João nasceu deixei este bom hábito de parte e apenas lia coisas relacionadas com a maternidade, bebés e afins. Depois engravidei da Rita e a Rita nasceu. E depois fartei-me das "bíblias para mães ". Nunca mais comprei livros do Mário Cordeiro nem de outros que tais. Nunca mais comprei revistas de puericultura - que são caríssimas, meu rico dinheirinho!

Nas férias do ano passado retomei as minhas leituras mais a sério e consegui ler três livros numa semana. Não é por acaso que sou pitosga desde pequenina :)

Entretanto tenho duas amigas muito queridas que me foram sugerindo alguns livros que eu ia adiando porque achava que não ia arranjar tempo para os ler. Até que chegou o dia em que o carteiro nos trouxe o primeiro volume da trilogia Millennium: Os homens que odeiam as mulheres. E depois comprei os outros dois: este e este. Acho que foi com esta saga que o bichinho voltou e tenho lido livro atrás de livro em ritmo non stop. Para isso ajuda, e muito, o facto de os miúdos irem dormir cedo e dormirem bem a noite toda.

Estou também a comprar e a reler a velhinha colecção d' Os Cinco, da Enid Blyton. É o que leio quando estou a fazer o desmame entre um livro e outro para a ressaca não ser tão dura.
Também li o Jane Eyre, mais uma sugestão da Sofia. E, já que estava na onda da família Bronte, li também o Monte dos Vendavais.

E, entretanto, chegou o dia em que "conheci" o Ken Follett. Estava farta de ouvir falar nos livros dele e de me cruzar com as suas obras por todo o lado. E, claro, rendi-me. Comecei com os dois volumes dos Pilares da Terra - que vício meu deus! (Não vejam a série, é horrível! É para lá de má!) Dei pulos de alegria quando a Sílvia me disse que havia mais dois que decorriam no mesmo cenário, Kingsbridge, uns séculos mais tarde. E cá vieram parar os dois volumes de Um mundo sem fim. E também já tenho este na mesa de cabeceira, mas fiz um intervalo no Follett para ler mais uma sugestão da Sílvia que estou a adorar: A catedral do mar. E estou a ganhar coragem para começar a ler a colecção da Guerra dos Tronos - até já cá tenho o primeiro, mas parece que são p'rái 3465858 volumes ;)

E é isto que tenho andado a fazer nas horas vagas. A pôr a leitura em dia :)

Circo

No Domingo à noite fomos ao circo - um pseudo-circo, vá! Daqueles pequenos, ao ar livre, sem animais. Só com palhaços, mágicos e acrobatas. Ainda aquilo não tinha começado e já a Rita dormia no carrinho - começou às 22h15, ela costuma ir dormir o mais tardar às 21h. O João aguentou até à meia-noite, hora a que pediu para vir para casa dormir. Foi giro :)

sábado, 4 de agosto de 2012

E é isto

Aos 4 anos o João começou a andar de bicicleta sozinho e sem rodinhas de apoio. Arranca, pedala, desacelera, trava... tudo na boa, como se tivesse nascido a fazer isto.


Ficámos, eu e o pai, de lágrimas nos olhos... e com a baba a escorrer.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Estou...

... neste preciso momento a apreciar o papá da casa a ensinar o João a andar na bicicleta nova que recebeu dos meus pais no aniversário... sem rodinhas de apoio!

E não é que o chavalo domina a coisa? Só lhe falta perceber como arrancar sozinho e parar de pedalar sem cair, apoiando o pé no chão. Uma questão de treino.

Caso para dizer que, com apenas 4 anos, o meu filho anda de bicicleta (muito) melhor do que eu! :)