terça-feira, 31 de agosto de 2010

1 mês e meio

(Foto retirada)
A nossa menina já tem um mês e meio e está a crescer a olhos vistos. A Rita é muito risonha, gosta de xinfrim, farrobadó e converseta. Continua a mamar bem e os dias são sempre uma surpresa - tanto lhe dá para chorar todo o santo dia, como para dormir e dormir e dormir. As noites continuam a ser santas e tranquilas ;o) Apesar de o Biogaia estar a fazer maravilhas em relação às cólicas, ela tem que ser estimulada quase todos os dias para fazer cocó e é muito raro conseguir fazer sozinha...
...
E hoje à noite nasce o meu sobrinho Diogo, filho da minha irmã - o Rodrigo vai ganhar um mano e o João e a Rita mais um primo para brincar com eles.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ontem

Ontem tivémos a visita destes amigos, que vieram conhecer pessoalmente a Rita. A xôdona Sofia, que já tinha oferecido uns quantos presentes à Ritinha, ainda trouxe mais um e outro para o João - que tratou logo de lhe dar uso. Quando vi este conjunto no blogue tinha pensado em encomendar um para a miúda... mas já não fui a tempo! :o) Já está cá em casa e é ainda mais bonito ao vivo!

O desfralde nocturno

Os descuidos do João durante o dia e as sestas por causa da chegada da irmã duraram apenas 2 dias. Concluído está, portanto, o desfralde diúrno. No nocturno ainda nem tínhamos pensado, até o João ter começado a fazer umas mega-birras porque não queria pôr a fralda à noite e queria dormir com as cuecas. Após alguma hesitação, ontem decidi ter uma conversa com ele, depois do já habitual "não qué fralda, qué «quecas»" - (cuecas, lol!) e expliquei-lhe que para dormir sem fralda tinha que nos chamar para ir fazer xixi quando tivesse vontade durante a noite (isto porque sou completamente contra andar a acordar os miúdos durante a noite de x em x horas para ver se fazem xixi). Perguntei-lhe se ele tinha percebido e ele respondeu que sim. E assim foi, o João dormiu sem fralda durante a noite pela primeira vez e a cama está sequinha - e eu que estava já mentalizada para mudar os lençóis durante a noite... Chamou-me às 3h da manhã, meio estremunhado a balbuciar "João tem «quecas» mamã", perguntei-lhe se queria ir fazer xixi, ele disse que sim e levei-o à casa-de-banho onde fez um mega xixi. Voltou para a cama e dormiu até às 8h (coisa rara). Veio ter connosco à cozinha e disse que tinha xixi, tendo ido a correr para a casa-de-banho fazer, sozinho, o dito cujo. De referir que o João costuma dormir das 21h às 7h/7h30. Parece-me que acordar apenas uma vez durante a noite para fazer xixi é muito bom sinal! Estou muito babada e orgulhosa do meu menino!

domingo, 29 de agosto de 2010

Indiscutivelmente...

... o nosso filho tem bom gosto.
(Foto retirada)
Na passada segunda-feira o João herdou do primo este equipamento do Benfica, que ele insiste em dizer que foi o avô "Carros" (Carlos) que lhe deu. Agora... quem é que explica a esta pequena criatura que o equipamento não é para ser usado 24h por dia, que não é um pijama e não se dorme com ele, que tem que ser lavado e que tem 3759 peças de roupa diferentes para usar, além do equipamento do Glorioso?

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Palavras giras

O João já não diz "carromião"... mas faz estas inversões engraçadas:

- Pachéu - chapéu;
- Panta - tampa;
- Barro - rabo.
...
A propósito de "rabo", este miúdo surpreende-nos todos os dias. Já consegue subir para a sanita sozinho sem usar o redutor - põe-se em posição de "cavaleiro", virado para a parede - faz o que tem a fazer e depois limpa o rabo sozinho - não fica imaculadamente limpo, mas pelo menos tenta e depois puxa o autoclismo e limpa a sanita com o piaçaba, lol! Baba... rios de baba!

Consulta

Da revisão pós parto está tudo bem. Costura bem cicatrizada e, como disse a médica, "o útero já está quase pronto para outra!" - engraçadinha, lol! Vou começar a tomar a Cerazette enquanto amamentar, e depois retomo a Diane 35.
...
A Rita ontem teve um dia terrível cheia de gases e cólicas... só estava bem pendurada nas mamas... À conta disso, hoje tenho uma bela - NOT - bolha no bico da mama direita que me dói que se farta... Hoje a princesa nem parece a mesma. Passou grande parte do dia a dormir tranquila e os períodos em que esteve acordada, e em que não estava a mamar, esteve a distribuir sorrisos, simpatia e charme por onde passava :o)

Peso e vacina

Já fomos e já voltámos do Centro de Saúde. A Rita aumentou mais 220 gr (é muito certinha, a miúda!), contando com 3,670 kg. Agora só volta a ser pesada daqui a 2 semanas.

O João levou o reforço da Prevenar 13. Foi o pai que entrou com ele, eu estava com a Rita no peso... ouvi-o chorar alguns segundos e mais nada. Quando saí do gabinete da enfermeira estava ele a comer pão e com um ar muito "dói dói". Mostrou-me o braço que levou a pica e esteve alguns minutos lamechas e a fazer beicinho. Depois passou... e começaram os disparates em força. Já está de castigo... e acabou por adormecer (até ressona!).
...
À tarde é a minha vez de ir à consulta de revisão pós-parto.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Constatação

A amamentação é como um casamento:
- Não se deve desistir logo à primeira contrariedade;
- Não deve ser uma prisão, nem uma obrigação;
- Não deve ser um sacrifício;
- Deve ser um prazer mútuo;
- Deve ser um acto de amor.

Eu tive muitas contrariedades na amamentação do João. Com a Rita nem por isso. Só na última mamada, à noite, é que sinto o peito mais vazio e dorido e a miúda fica nitidamente insatisfeita. Mama sempre das duas mamas e ainda emborca um biberão de 60 ml de LA ou de leite meu congelado. E ontem dormiu das 23h até às 7h10. E esta noite dormiu das 22h30 até às 6h, mamou 20 minutos e voltou a adormecer (e ainda está a dormir). É por esta hora que tenho dado à bomba porque fico com as mamocas bem cheias. E, só por causa disso, hoje vou laurear a pevide para o shopping, com a minha mãe e o George fica com os dois miúdos e leitinho meu para dar à Rita. Preciso de ir espairecer e não imagino nada melhor do que a Primark e a H&M para afogar as mágoas - as minhas e as da carteira - e para limpar o pó ao cartão de crédito - coitadinho! :o)
...
Adenda:
É tudo mentira! O segundo filho não é pior que o primeiro nem o primeiro pior ou melhor que o segundo. Tudo tretas de invejosos, lol! A mim diziam-me, sempre que eu dizia que o João é bonzinho e dorme a noite toda e come bem e caga bem, que o segundo é que era! Que eu nem sabia o que era ser mãe por ter um filho "bom" (?!). Pois... azarito... o João dorme a noite toda desde os 2 meses... a primeira noite foram logo 11 horas de empreitada - e eu, feita parva, acordada à espera que ele acordasse e depois acordada porque tinha as mamas a rebentar de leite, lol! E a Rita também tem dormido bem as noites, nunca menos de 6 horas... Não é por nada... acho que é mesmo uma questão de sorte, calhou assim - e ter o universo a conspirar a favor da minha sanidade mental!

domingo, 22 de agosto de 2010

Os meus pirulitos

(Fotos retirada)
E não é que a safadinha já reconhece o irmão e praticamente só ele tem sido brindado com os seus sorrisos?! Coisas "mais melhor boas" da minha vida!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

...

Se há coisa que me tira do sério são as birras de sono. E o João tem dessas birras muitas vezes. E, quando se junta o sono com esta fase parva que ele está a atravessar - e não são só os ciúmes da irmã - em que ganhou a mania de nos desafiar e chega a gozar connosco quando o pomos de castigo, fico possessa. Anda desobediente, impaciente, agressivo e mal-educado. Tem ginetes que não lembram ao diabo e hoje saltou-me a tampa... De vez em quando dão-lhe uns amoques em que guincha estridentemente feito parvinho e depois põe-se a olhar para nós à espera do castigo, para prontamente desobedecer - costumamos mandá-lo para o quarto e vamos contando até 3, dando-lhe tempo para o fazer. Pois hoje de manhã embicou que não ia e começou aos murros e aos chapadões no muda-fraldas, onde eu estava a vestir a Rita. Foi por um triz que não lhe acertou e zumba, depois de lhe ter dito que não havia mais televisão o dia todo e de ele ter feito o ar de gozo do costume em que vai repetindo "nhão há t'visão, nhão há Paulo, nhão há Noddy, nhão há nada!" e ter dado um dos seus famosos gritos de guerra... enfiei-lhe com duas palmadas no rabo - que me doeram mais a mim do que a ele - e lá foi em prantos para o quarto, a gritar e a chorar compulsivamente como se alguém o estivesse a esfolar.

Já li tudo o que havia para ler, já falei com a médica de família, com a pediatra, com outras mães... e sei que temos que ter paciência e que é uma fase e blablabla e ciúmes da irmã porque ele era o "rei e senhor" da casa e agora tem que dividir o tempo e o afecto e mais não sei o quê... eu percebo isso tudo, mas não tolero esta agressividade desmedida e a má-criação que ele tem manifestado... e sei que não ajudou em nada ter-lhe dado as palmadas, mas foi só aí que ele parou e percebeu... Andamos cansados e tristes porque estas cenas repetem-se quase todos os dias e começamos a não saber muito bem como contornar a situação...

A crise

A crise de identidade "João vs Tu" voltou em força, após algumas semanas de ausência.

- O "tu" faz.
- O "tu" ajuda.
- "Tu" não faz xixi em xofá.
- O "tu" dá.
- O "tu" qué andar de babeta no paque.

O "tu" para cá, o "tu" para lá... :o)

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Peso e consultas

Hoje foi dia de a Rita ir ao peso e teve também consulta com a médica de família e, à tarde, com a pediatra. Está tudo nos trinques, voltou a aumentar 220 gr (está agora com 3,450 kg), o PC é de 35 cm e o comprimento 63 cm. Em Setembro vai fazer as vacinas dos 2 meses, no dia da consulta para não termos que lá ir 2 vezes, e, tal como o mano, vai fazer a Prevenar e a Rotarix. Tudo o resto está dentro do desejado para a idade dela. Está uma espertalhona, muito atenta e curiosa em relação ao que se passa em redor e hoje de manhã até brindou o mano com uns valentes sorrisos :o)

Em relação às artérias renais, ficou decidido que irá repetir a ecografia aos 6 meses e, se aí houver alguma alteração, fará então o doppler (não foi logo pedido pela médica porque o doppler não é comparticipado e tanto a médica de família como a pediatra acham que não há necessidade de o fazer se a eco renal não revelar alterações).

Para as cólicas ambas as médicas sugeriram o Biogaia - que já tinha comprado e já lhe estou a dar há alguns dias. Disseram também para lhe ir oferecendo umas colheres de água nos dias muito quentes - coisa rara para as nossas bandas em que é raro - raríssimo! - passarmos dos 27º C/28º C e temos que gramar com nortada uns 300 dias por ano :o)
...
Falei à pediatra da febre súbita do João e, como não teve outros sintomas, tudo indica que tenha sido um "golpe de calor". O meu menino sai a mim... dá-se melhor em climas temperados e mais frescotes e não suporta o calor em demasia. Também lhe falei de umas borbulhas que ele tem tido no rabo e que se anda sempre a queixar com comichão no dito cujo e vai voltar a tomar o Zentel - desparasitante. Vai também fazer a Prevenar 13.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

1 mês de Rita

Fogo, pá! Já passou um mês... Assim chego a velha num instante...
(Foto retirada)
A Rita está a ficar uma espertalhona, linda, doce e manipuladora - já! :o)
- Quando está de barriga para baixo - coisa que detesta - já levanta a cabeça durante uns bocadinhos;
- Está a ficar uma grande "manhosa", gosta de adormecer ao colo - e nós adoramos sentir o calozinho dela no nosso colo, o que acaba por criar um ciclo vicioso. Temos sempre a desculpa de que não a podemos deixar chorar muito - principalmente à noite - porque acorda o João - o que não deixa de ser verdade. Cheira-me que estamos a criar um problema... depois se verá;
- Já passa alguns períodos acordada, mas tem dias. Já tivémos dias em que pura e simplesmente lhe apeteceu dormir o dia todo - acordando apenas para mamar - e tivémos outros em que fixe fixe é estar de pestana aberta e de preferência a fazer birras... de sono, claro está!;
- Passámos a hora do banho para a noite e também aqui ainda não se decidiu se gosta ou não: nuns dias berra, noutros nem pia;
- Adora maminha... Quer dizer, adoooooooooooooooooooora maminha; mama bem que se farta - e, felizmente, as mamas já estão a calejar e já não me dói (só nas duas últimas mamadas é que noto algum desconforto como se tivesse os mamilos "escaldados") - e é bem visível que está a engordar;
- Como mama bem durante o dia, já nos dá noites de 6 ou 7h (uma vez de 8h), o que é uma verdadeira bênção;
- Tem umas bochechas deliciosas;
- Começa a ameaçar uns sorrisos e já não deve faltar muito para sermos brindados com "o" primeiro sorriso;
- Já conhece a minha voz e o meu cheiro (deve ser por causa do leite, lol);
- Já se nota que fica atenta a algumas coisas quando está acordada, com os olhões bem abertos e a olhar à sua volta.

Filhota, tu e o teu irmão são a melhor coisa que nos aconteceu! Amamos-te muito e estamos tão, mas tão felizes por teres vindo colorir ainda mais as nossas vidas...

domingo, 15 de agosto de 2010

Orgulho da mãe

Mamã a tentar ensinar as cores ao João.

- Isto é uma maçã vermelha. Os sapatos do Noddy são vermelhos. E a cor do Benfica também é o vermelho.

Depois passámos para outras cores e passado um bocadinho volto atrás e pergunto-lhe:

- João, de que cor é esta maçã?
- Maxã... 'enfica!

Ah coisa mai linda, orgulho da mãe!!! :o)

sábado, 14 de agosto de 2010

4 semanas

(Foto retirada)
E num piscar de olhos já lá vai quase um mês...
...
É giro o coelhinho da Rita, não é? Foi presente do tio Rui e é um coelhinho do caneco! O João passa o tempo a pô-lo em cima dela para estar bem acompanhada :o)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Peso, passeio e cólicas

Ontem foi dia da Rita ir ao CS ao peso. Aumentou 220 gr e conta agora com 3,230 kg (uma fartura, lol!). Brindou a balança com um mega xixi e tanto eu como a enfermeira somos capazes de jurar que a sacaninha esboçou um sorriso de gozo - e de alívio - enquanto o fazia :o)
...
Depois do peso fomos a Lisboa visitar o "tio dos ténis" - aliás, o papá foi em trabalho, convocado pelo meu irmão e nós fomos também. Aproveitámos para almoçar no local onde o papá da casa tem feito alguns trabalhos, e mais terá para fazer, e que recomendo. Não pensem duas vezes, entrem no ENTRA :o)
...
Já ao final da tarde fomos dar um beijinho aos avós maternos e rumámos depois a casa.
...
Como as cólicas - que no caso dela são mesmo cólicas, não chora só à noite, é a qualquer hora do dia; conseguimos ouvir e sentir a barriguinha dela "às voltas"... e vêmo-la a contorcer-se com dores - não davam tréguas, decidi comprar o Biogaia e estamos as duas a tomar. Tem sido remédio santo... tanto os intestinos dela como os meus começaram a trabalhar melhor e os gases diminuíram brutalmente.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Resumo resumido

(profundamente irritada, com as hormonas descontroladas e com uma crise aguda de baby blues)

Para avaliar as artérias renais era suposto que a pediatra e a médica de família tivessem pedido um Doppler e não uma ecografia. Foi a miúda fazer um exame desnecessário, mas ficámos a saber que tem os rins normais - que já sabíamos pelas ecos feitas durante a gravidez. Ficámos, portanto, na mesma como a lesma e eu fiquei com uma vontade imensa de espancar alguém hoje. É nestes dias que tenho mesmo saudades e vontade de voltar às aulas de Taekwon-do.

Além desta estupidez ainda tivemos outra relacionada com problemas com a credencial - a Rita não tem n.º de utente porque o novo programa informático demora cerca de 3 meses a atribuir o mesmo - "compliquex", portanto. Como no CS das Caldas já é tudo informatizado, as credenciais não podem ser alteradas à mão. Deviam ter passado uma das verdes, à antiga, e usado o meu n.º da Seg. Social. A sra. da clínica foi impecável e compreensiva e tentou resolver tudo da melhor maneira. A querida sra. administrativa do CS respondeu que não era problema dela (hoje seria esta a tromba que eu visualizaria no saco de areia). Na clínica não podiam fazer a eco à miúda por causa disto e já eu estava disposta a "arrotar" com 50 euros - preço da dita cuja feita por particular - para não ter que lá ir parar outra vez. Mas, a sra. prestável convenceu a sra. traste a pedir à médica que fizesse outra requisição numa "verdusca" para eu lá ir buscar e não pagar nada. Tanta coisa para, afinal, se ter feito uma ecografia em vão.

E foi assim o nosso looooongo dia... uma coisa que se tinha despachado em 1 hora - pronto, vá lá, 1h30 - demorou 6h a ser resolvida...
...
Afinal o resumo não foi nada resumido, estou furibunda e vou mas é para a cama...

A febre...

... não voltou a dar um ar da sua graça. O apetite está a voltar progressivamente ao normal e as traquinices começaram logo pela manhã (despiu-se todo da cintura para baixo e esteve a "lavar" a roupa no bidé, lol; escusado será dizer que a casa de banho ficou cheia de poças de água no chão...). Haja saúde!
...
E daqui a bocado é a Rita que vai fazer a ecografia renal para verificar a existência - ou não - da duplicação da artéria no rim direito... Começa cedo nestas andanças...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

O dia

A febre deu de fuga por volta das 9h da manhã e, até agora, não voltou a dar sinais (Ufa!!!). Depois de 24h quase sem comer, o Joni Bolinha, fazendo juz à alcunha carinhosa que o "tio dos ténis" lhe deu, almoçou que nem uma lontra e repetiu 3 vezes (e não comeu mais porque tive medo que ficasse mal disposto). Depois de almoçar fez uma mega sesta e quando acordou só quis lanchar uma gelatina. Passou o resto da tarde bem-disposto, a brincar e a ver televisão e muito, muito mimento. Tentou inúmeras vezes dar beijinhos à mana e quando eu lhe dizia que não podia porque tem dói dói, ele respondia-me que não, que já não tem dói dói - esta parte é mesmo difícil... fazer uma criança de 2 anos perceber (ou aceitar) que não pode dar miminhos à mana... Entretanto já tomou a sua banhoca e jantou bem... Está a ver o Panda e daqui a nada vai para a caminha. Vamos ver se a noite não traz a febre com ela... (bate na madeira...).

Da ida às urgências

Para não fugir da norma do que vou ouvindo das urgências pediátricas, examinaram-no, deram-lhe Brufen para baixar a febre e mandaram-no para casa esperar que apareçam mais sintomas... Se a febre persistir com o tratamento - ben-u-ron 250 intercalado com Brufen -, voltar lá daqui a dois dias para lhe fazerem análises à urina. E pergunto eu... para quê deixar uma criança de 2 anos a arder em febre durante mais 2 dias se lhe podiam ter feito as análises já e despistar o que houver para despistar?! Ainda por cima, se for algo contagioso, temos uma bebé recém-nascida em casa para resguardar dentro dos possíveis...

O João acordou às 8h muito quente - 38,1º - pediu água e quis ficar na cama. Por volta das 9h quis vir para a sala para ao pé de mim - sinal de que a febre deu tréguas, estava com 37,5º, mas já o noto a murchar outra vez. Perguntei-lhe se tinha dói dói e ele disse que sim, que tem dói dói na boca... A muito custo consegui que bebesse 100 ml de sumo de fruta e depois pediu-me duas bolachas. Agora estamos a ver o Noddy muito baixinho porque "tem dói dói e o pai e mana é óó" (o pai esteve de plantão a tomar conta dele e só foi para a cama às 8h da manhã...).

Se a febre voltar a passar dos 38,5 vou com ele à CUF a Torres Vedras... A juntar-se à febre e ao mau hálito juntaram-se as litradas de baba... "Cheira-me" a amigdalite ou estomatite aftosa, mas eu não sou médica... sou "só" uma mãe com o coração apertado.

Angústia...

A esta hora está o George a caminho das urgências com o João... visita que ele vai fazer pela primeira vez em quase 28 meses de vida... O ben-u-ron que lhe demos à meia-noite só fez efeito durante 2 horas e a febre volta a disparar. Chegou aos 40,1º... demos-lhe um banho de água tépida e nem assim... Eu fiquei em casa com a Rita e tenho um nó gigante na garganta...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Rapidinha

Tivemos que ir a Aveiro no Domingo e, para não fazermos a viagem de ida e volta no mesmo dia, o que se tornaria muito cansativo, ficámos uma noite na Curia. Hoje fomos ao Portugal dos Pequenitos da parte da manhã e notámos o João murchinho e sonolento mas, como tinha acordado muito cedo, desvalorizámos. Só quando ele começou a pedir colo e a recusar comida - é sempre o primeiro sinal de que ele não está bem - é que fiquei com a pulga atrás da orelha. Mas, como estava um calor abrasador - que nos fez desistir de ficar lá mais tempo e rumar a casa mais cedo - pensámos que talvez fosse disso. Mas não... pelo caminho tornou-se evidente que ele não estava bem e lá foi o pai em busca do termómetro que levo sempre comigo na mala. 38,9º... Água, colo e um ben-u-ron e lá aguentou o resto da viagem. Já em casa, dormiu bastante e acordou com 37,6º e bem-disposto. Passado um bocado voltou a pedir colinho e notámos que a temperatura voltara a subir... Novo ben-u-ron e a febre baixou novamente... já está na caminha a dormir e vamos controlando a temperatura. Não tem mais sintomas, além de um que me faz desconfiar e relembrar a última vez em que ele esteve doente - com uma estomatite aftosa, em Setembro do ano passado -, o mau hálito... Espero que não e que seja só uma virose passageira e que não traga consequências. Vamos vigiando...
...
E, como somos tonhós e desnaturados, só hoje, ao examinar-lhe a boca e a garganta, descobrimos que o João já tem a dentição de leite completa :o)

sábado, 7 de agosto de 2010

3 semanas

(Foto retirada)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

"Whati?!"

Denominadores comuns a ambas as situações:

- Rita vestida de cor-de-rosa dos pés à cabeça. Pink! Muito pink!;
- Mamã com uma carrada de sono em cima, com a miúda ao colo e de olho no mais velho a ver se não fazia mais asneiras e, como é evidente, sem paciência para conversas de "nhanha" com estranhos.

Situação 1
- Ah... um bebé tão pequenino! É menina?
- É, é menina.
- Vê-se logo, tem mesmo cara de menina!
- (pensei, mas não disse) Ridículo! Se estivesse vestida de azul teria, com toda a certeza, cara de menino. Adoro estes comentários sabichões.

Situação 2
- Que bebé tão pequenino, quanto tempo tem?
- Quase 3 semanas.
- Ah, pois... é tão pequenino! É menino, não é?
- (pensei, mas não dise) É, é... o cor-de-rosa da cabeça aos pés e a saia é mesmo só porque me apeteceu confundir os abelhudos.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Da Rita e do João

Da Rita:
Fomos esta manhã ao peso. Aumentou 180 gr e está agora com 3,010 kg. Tanto a médica - que foi espreitar o peso - como a enfermeira acharam muito bom, tendo em conta que é só maminha - salvo a última toma da noite. Na próxima semana voltamos para nova pesagem.
...
Chegaram as cólicas em força e as últimas noites têm sido um martírio para o papá. Ele fica a tomar conta dela enquanto eu ponho o sono em dia. Tenho-me deitado sempre por volta das 22h e às vezes antes. O pai dá-lhe um biberão de leite meu - congelado - ou de suplemento entre a meia-noite e a 1h e ela ferra a dormir depois dessa toma, só acordando para mamar entre as 7h e as 8h, por norma. Claro que depois dorme o resto da manhã... E depois tem dias... nuns dias fica acordada a tarde toda e dorme à noite ou então faz o contrário. Bem tentamos que ela fique acordada alguns períodos de manhã e de tarde, mas é impossível acordá-la... a miúda ferra no sono que é uma coisa inexplicável... por isso, é deixá-la dormir que logo entrará na rotina dia/noite.
...
Já andámos a slingar com ela e adorou! Acalma e adormece num ápice.
(Foto retirada)
...
Também já está a usar fraldas reutilizáveis em exclusivo desde os 11 dias. Como nasceu pequenininha, experimentei-lhe as fraldas que tinha em casa e a que se adequa melhor ao corpo dela são as Fuzzi Bunz XS - tinha apenas 1. Comprei mais 10 e assim fica servida até aos 6 kg.
(Foto retirada)
...
Do João:
Nos últimos 3 dias tivemos uma regressão no desfralde e, pelos vistos, hoje vamos pelo mesmo caminho. Começou por voltar a fazer xixi na cama durante a sesta, coisa que já não acontecia. Ontem fez também um cocó na piscina dele e fez xixi no chão 3 ou 4 vezes. Hoje já fez outro... Comentei o assunto com a médica de família e ela referiu que é normal... temos que ter paciência e dar-lhe tempo. Também já percebemos que as birras maiores e os momentos em que ele parece que enlouquece - juro, descompensa mesmo... - e começa a guinchar que nem um maluco acontecem com maior intensidade quando eu ou o pai estamos com a Rita ao colo...

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O presente

(Foto retirada)
Somos, assumidamente, uns pais desnaturados. Damos sempre uma lembrança ao João nas datas especiais (aniversário, Natal, Dia da criança...), mas os presentes "grandes" e mesmo especiais damos quando nos apetece ou quando achamos que chegou a altura certa de ele os receber. Dizem que é costume o irmão mais velho receber um presente do bebé quando este nasce, mas a única coisa que a Rita tinha "dado" ao João foi uma chucha, quando eu ainda estava grávida - ele deu a dele a um dos nossos cães, que a fez em fanicos, e depois encontrou uma que andava perdida cá por casa e meteu-se-lhe na cabeça que era da mana e que esta lha tinha dado.

Na segunda-feira, quando fomos ao super-mercado estavam lá estas e outras bicicletas em exposição e, pela primeira vez, o João pediu uma "babeta". Como ele tem um triciclo que já domina na perfeição e em grande velocidade e que até já se torna pequeno para ele, aproveitámos para experimentar as "binas" e ver se ele chegava com os pés aos pedais e se se desenrascava a pedalar. Ele embicou com um modelo de menina que tinha um cestinho, lol, mas lá o convencemos que a que tinha piratas e caveiras era muuuuito mais gira :o) E lá viemos nós com mais um veículo com rodas na bagageira do carro... Dissemos-lhe que era presente dos papás e da mana e ele ficou todo contente.

Ontem, apesar de se ter portado incrivelmente mal durante a manhã, fomos espairecer ao final da tarde e levámos a bicicleta para ele experimentar. Foi um verdadeiro sucesso e pedalou muito bem! É com estas pequenas coisas que vemos o quanto o nosso menino está crescido, já tem bicicleta e tudo! :o)

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Amor ao quadrado

(Foto retirada)