quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Amizades

Sou um bicho do mato. É um facto. Tenho dificuldade em meter conversa com as pessoas e gosto mesmo é de passar despercebida. Vivo nesta terra há 9 anos e cabem-me nos dedos de uma mão as amigas que cá tenho - e ainda sobram dedos. As minhas amigas (e amigos) estão a alguns (muitos) km de distância e há dias em que sinto falta de ter alguém mais perto para as coisas do dia a dia.

No início deste ano lectivo, com a mudança de sala do João e com outras coisas, comecei a aproximar-me mais da mãe de um amiguinho dele que, tal como eu, não é de cá. Conversa puxa conversa, começaram os convites e hoje proporcionou-se que fossemos a casa deles. O João adorou e portou-se lindamente. Lancharam, brincaram, correram e fizeram "trinta por uma linha". Ele chegou a casa exausto, esfomeado e feliz da vida.

Ficou prometido que vamos repetir estes encontros mais vezes, cá e lá. Foi bom para eles que brincaram e para nós que pudemos desenferrujar a língua.

5 comentários:

Full-time Mom disse...

O cavalinho da ikea que me falaste é um vermelho em forma de alce? É giro, mas não me estava a apetecer fazer centenas de km por causa de um brinquedo... Bjs

mãe pimpolha disse...

Bicho do mato nº2, estou aqui há 7 anos e só me dou melhor com a empregada do meu pai e que agora tb trabalha comigo. Dos vizinhos até fujo, ehehe.
Beijocas

Tanita disse...

Como te compreendo. :)

Mamã Nocas disse...

Acho benéfico mesmo muito esses pequenos encontros e pequenos convivios. Nem que seja para fujir á rotina.
Beijocas

Gaiatas disse...

Concordo com a Nocas :) e os miúdos adoram!
Mas compreendo-te mto bem!

Beijinhos nossos*