sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

1=4

Joãozinho, a mamã e o papá celebram hoje 1 ano oficial de namoro ;o) Sim, sim... o papá pediu a mamã em namoro há 4 anos atrás, dia 29 de Fevereiro de 2004... Conhecemo-nos há 14 anos na praia do Baleal e depois de muitos encontros e desencontros, que davam um grande filme, acabámos por nos deixar de parvoíces e rendemo-nos um ao outro :o) Entretanto casámos e já vens tu a caminho... o nosso filhote!
A mamã hoje vai deixar aqui umas palavrinhas para o papá que foram escritas algures em 2004...
(...)
Para lá das palavras e do silêncio

Gostava de um dia poder contar a nossa história. De relembrá-la em cada pormenor. De deixar o nosso amor chegar aos outros. Deixá-los sentir um pouco da simplicidade do que nos une.

Porque nada supera o conforto que sinto em mim quando estou ao teu lado. Quando posso sentir a ausência do medo de me revelar. Quando enfrento o desvendar da minha nudez sem me esconder de mim e do que sou. Porque és tu uma das raras pessoas que me conhecem na minha essência e na verdade de mim.

E de vez em quando vem até ao meu rosto um sorriso rasgado e doce. Daqueles que me levantam as bochechas e mal deixam que se entreveja os olhos. E o sorriso, às vezes, traz com ele uma ou outra lágrima esquecida. Das que se escapam quando se está feliz. Ou quando se julga que se está a ter demasiado. Porque o que nos completa parece sempre ser desmedido.

Acredito em nós. Em cada capítulo do que nos construiu e dá forma. Porque te posso amar na minha liberdade de ser e existir. E porque te amo, mesmo na distância e no silêncio.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Bendita sejas...

... internet sem fios!
Sempre me permite estar em contacto com o mundo lá fora, seja na cama ou no sofá! E vivam as novas tecnologias ;o)

O repouso começou com uma bela ida às análises que já estavam marcadas e tinham que ser feitas esta semana. Lá bebi o copinho maravilha e tirei sangue as duas vezes da praxe. Sexta-feira tenho o electrocardiograma e ficamos despachadinhos destas andanças. Depois fica só a faltar a repetição da eco para verificar o líquido, que deve ser no dia 15.

O João parece estar a adorar o facto de a mamã estar sempre deitada, assim fica com mais espaço para se manifestar! Sempre ajuda o tempo a passar... adoro senti-lo e ver os movimentos e altos e baixos na barriga! É pura magia ;o)

Entretanto, o Joãozinho recebeu uma prenda da tia Ana, um prático e útil fatinho de treino!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Ora bolas...

... estamos confinados ao repouso... outra vez...
Com o João está tudo óptimo e dentro da média para o tempo de gestação. Esteve muito irrequieto durante a ecografia e já tem 1,920 kg. Mostrar a carinha laroca foi mesmo só de raspão ou sempre com a mão à frente. Quanto mais a médica me abanava a barriga mais ele enfiava a cara contra mim. Muito envergonhado, lá nos brindou com algumas caretas e beicinhos que me deixaram de lágrimas nos olhos. Parece que vai ser mais parecido com a mamã porque já evidencia umas valentes bochechas! A parte mais divertida foi mesmo quando estavamos atentamente a ver os testículos e depois a pilinha e, de repente, vê-se uma grande esguincho de xixi! LOL! Até a médica se fartou de rir, claro! Mas o mais importante é que deu para ver todos os órgão vitais, placenta e cordão umbilical e está tudo bem.
...
As notícias menos boas dizem respeito ao baixo índice de líquido amniótico... está mesmo no limite inferior e não pode baixar mais do que está. A obstectra que me fez a ecografia recomendou ainda mais repouso, ingestão de líquidos e disse-me que era melhor falar com a médica que me está a acompanhar porque é preciso vigiar a situação e repetir a ecografia daqui a duas ou três semanas para verificar os valores. Assim fiz e hoje já falei com a minha médica. Reforçou a necessidade de repouso e diz que é a única coisa que depende de mim nesta situação. E lá me mandou repetir a eco daqui a duas semanas... Até lá, muita água e cama...
...
O fim-de-semana foi muito bom e por mim ia já outra vez! Que paz e sossego!
No Domingo, antes de irmos para Arraiolos, ainda fomos ao Oceanário com os meus pais, irmã, cunhado e sobrinho. Foi cansativo, mas muito divertido! Estava cheia de saudades do "meu p'canito"! Depois lá seguimos para Arraiolos. Ainda passeámos um bocadinho e comi migas até enjoar! Ontem fomos almoçar ao Pelourinho, que já tinha sido elogiado e referenciado pela mamã Sofia. Adorámos! Aquelas migas são de comer e chorar por mais!
E agora... caminha...










sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Cada vez mais quase!

Hoje de manhã a mamã Sofia chamou a minha atenção para os poucos dias que faltam para a DPP... Está cada vez mais perto o tão esperado dia para ter o João nos braços. Até lá, vou ter de me contentar com a última ecografia (a última!).

Mais uma vez, optei por fazer a ecografia na Fetus Vitae, em Évora. Juntaremos o útil ao agradável e vamos usufruir da última prenda de casamento que nos resta, um vale para passar duas noites numa Pousada de Portugal. Pensámos em ficar na de Évora, mas gostei muito mais do que vi da Pousada de Arraiolos e vamos para lá! As migas que me aguardem! LOL!

A ecografia está marcada para segunda-feira à noite (21h30, agenda super-lotada...) e na terça já devemos estar de volta para vos contar as novidades. Na quarta-feira vou fazer as análises do terceiro trimestre e lá vamos nós deliciar-nos com o teste da glicose... E depois só fica a faltar o electrocardiograma que também deve ser feito no final da próxima semana.

Entretanto, ontem acabei de fazer as malas para levar para a maternidade. Não gosto de "trabalhar" sobre pressão e assim já estou descansada, está tudo a postos! Detesto deixar as coisas para a última da hora. Claro que até ao dia ainda devo ir verificar se está mesmo tudo umas 500 vezes, no mínimo!

Até ao nosso regresso deixo-vos um grande beijinho e bom fim-de-semana!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Voluntário à força...

... mas com muito amor!

As cãibras andam a dar cabo das minhas perninhas, sendo cada vez mais frequentes e dolorosas... Ora, nada como um olhar meloso e umas palavrinhas doces para convencer o marido a brindar-me com umas massagens nos gémeos e nos pés. Oh, maravilha! Obrigada amor! E agora já sabes... estás convocado para as massagens às 2ª, 4ª e 6ª!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Preso por ter cão...

... e preso por não ter...
Esta noite a história repetiu-se, mas com contornos diferentes... A meio da noite acordo e, sabe-se lá porquê, meteu-se-me na cabeça que o João não se tinha mexido até ali. Ora, eu não estou habituada a dormir precisamente porque ele se farta de mexer... Toca a levantar e fui comer uma bolacha... Nada. Cabeça a mil... Conversei com ele, abanei a barriga, levantei-me vezes sem conta... Nada. Desci até à cozinha, comi fruta e espetei-lhe com um chocolate por cima. Nada. Voltei para a cama e já de lágrimas nos olhos digo ao George que a minha agitação se devia ao facto de o João ainda não se ter mexido e que era melhor irmos ao hospital. Ele vira-se para mim e põe a mão na minha barriga. Dois segundos depois começou o habitual rebuliço! O alívio foi tão grande que me fartei de chorar... Desde então até agora tem estado tudo normalíssimo... Eu sei que o Joãozinho também tem períodos de descanso... mas eu prefiro não dormir porque ele me está a encher de pontapés do que não dormir porque ele não dá sinal... E nunca meia hora me pareceu tão comprida...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Pezinhos

Há dias assim, como hoje. Em que nada mais me importa. Nem tonturas, nem noites sem dormir, nem ossos doridos. Nada.

Só me apetece ficar assim... deitada no sofá, de olhos fechados e deixar-me ficar a apreciar os movimentos dos teus pés, que imagino bem pequeninos, a passar para cá e para lá dentro de mim.

Só isso. Hoje não me apetece mais nada.

Arte e amizade

Um dia destes andava a visitar o cantinho da minha amiga C., dos Pedacinhos de Arco-Íris e aproveitei para fazer mais umas encomendas para o João, que chegaram hoje!
Junto com as telas vinham uma série de miminhos para o João, para a mamã e até o papá teve direito a uns chocolatinhos (a um, o outro comi eu, LOL)!
Esta menina estraga-nos com mimos ;o)
Tela: Voar com a Lua II
Tela: Os animais da quinta
Tela: Os animais da quinta e miminhos!

Miminho para o João, são tão giros!

Actualização de miminhos

Recebemos este miminho da mamã Sofia!
Obrigada pelo carinho!
...
E este da mamã da Gabriela!
Obrigada por te teres lembrado de mim!

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Cansada...

... muito cansada.
Tenho a sensação de que os dois meses que faltam vão parecer 6 ou 7... A juntar às noites mal dormidas, começaram a inchar-me as mãos e a ficarem dormentes... Durante 3 dias vomitei, literalmente, tudo o que comi e sentia as pulsações completamente descontroladas e aceleradas. A juntar à festa ando há dias com uma dor de cabeça persistente. Fui à farmácia, tensão normal, pulsações bastante elevadas: 110... Resultado, estava em casa sozinha uma noite destas e senti-me a desmair. Apesar de o João continuar super-activo e sem nada que me indicasse que ele estaria a sofrer com a situação, optei por ir às urgências... perder o meu tempo, mas fui na mesma... A médica era uma verdadeira BESTA e chegou inclusivamente a perguntar-me: "mas o que é que acha que eu lhe faça?". Bom... se eu fosse médica saberia responder-lhe e não tinha ido parar às Caldas áquela hora... No livro da grávida diz que em caso de dores de cabeça e vómitos persistentes o que há a fazer é ir ao hospital, portanto, foi o que fiz. Ainda sugeriu internar-me... porque não sabia o que fazer!!! Eu já estava passada da cabeça e disse-lhe que preferia mesmo ir para casa e telefonar à minha médica! Haja dinheiro para o privado, realmente... Apesar de tudo, a excelentíssima senhora quis ver o João e lá verificámos que ele está óptimo e recomenda-se. Não parou um segundo e continua encaixadinho, com a cabecita bem assente na minha bexiga. Também ouvimos o coração dele e está tudo normal. Enfim... apesar de tudo continuo a sentir-me bastante tranquila e já marquei consulta no Centro de Saúde para terça-feira, para a médica me passar as análises e electrocardigrama pedidos, entretanto, pela minha ginecologista.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

O papá...

... do João é muito prendado!
Andava há algumas semanas a construir um suporte para a alcofa do nosso filhote...
Ele sabia que eu queria um suporte, mas que não gostava muito daquelas armações metálicas, que não me parecem muito seguras. Então, meteu mãos à obra e aqui está o resultado final! Ficou muito giro, prático, estável e seguro! E o mais importante é que foi feito de raiz... com muito amor! Obrigado papá! Gostámos muito!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Neste dia...

... tínhamos que passar por aqui!
Onde nos conhecemos.
Onde nos apaixonámos.
Onde demos o nosso primeiro beijo.
Onde começámos a namorar.
Onde nos casámos.
Como disse a minha querida amiga Paula, o João vai ser um filho da praia. Desta praia, a mais bela da costa portuguesa, como disse, e bem, Raúl Brandão um dia.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Visita à maternidade

Hoje foi o dia em que tínhamos marcado a visita ao serviço de maternidade do Centro Hospitalar das Caldas da Rainha. Às 14h em ponto lá estávamos nós ansiosos por conhecer o sítio onde o nosso filhote vai nascer.

A enfermeira que nos acompanhou começou por explicar os procedimentos que devem ser tomados aquando da entrada na urgência da maternidade. Conhecemos todas as instalações: urgência obstétrica, quartos de dilatação (fiquei surpreendida pela positiva, apesar de ser um hospital velho, nota-se que tem sido feito um grande esforço em proporcionar privacidade e conforto às mamãs e papás), sala de partos, unidade de internamentos neonatais, unidade de internamento de puérperas e wc’s.

Houve sempre espaço para o diálogo e para colocarmos todas as perguntas que achássemos necessárias. Pedi para nos mostrarem as famosas ventosas e fórceps, ao que a enfermeira acedeu prontamente. Perguntei também sobre a política de amamentação e fiquei a saber que a maternidade das Caldas é um “hospital amigo dos bebés”, tendo-nos sido facultado o Manual de Aleitamento Materno. Logo após o nascimento, e prestados todos os cuidados necessários ao bebé, este é imediatamente colocado ao pé da mãe. Salvo situações que requeiram cuidados especiais, claro. O bebé e a mãe estão juntos durante o período de recobro e vão juntos para o quarto, onde o berço é colocado ao lado da cama da mãe. A banhoca do bebé tem lugar no dia seguinte ao nascimento, em que uma enfermeira lhe dá o banho na presença da mamã e explica todo o processo. Nos dias seguintes é a mãe, com o apoio da enfermeira, que dá o banho ao seu filhote.

Ficámos a saber que esta maternidade incentiva e apoia a participação do pai no trabalho de parto, estando este presente em todas as etapas. Perguntei se, em caso de cesariana, o pai também poderia estar presente. A resposta foi directa... depende do médico...

Gostei bastante da visita e de conhecer todas estas coisas tão novas para nós com a devida antecedência. Parece-me que assim se pode diminuir parte da ansiedade que rodeia o desconhecido da hora do parto das mamãs e papás de primeira viagem.

7 meses de ti...

... que valem cada noite sem dormir.
... cada dor nos ossos.
... cada monólogo com o fundo da sanita.
... cada quilo a mais.
... cada sessão de choradeira.
... cada descontrolo hormonal.

Já és muito amado, filhote! E estamos a ficar ansiosos pela tua chegada! Já falta tão pouco...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

30 semanas

JÁ passaram 30 semanas?!...
JÁ SÓ faltam 70 dias?!...
...
Lembram-se de ter dito que o João me tinha deixado dormir duas noites? Pois... foram mesmo só aquelas duas. Esta foi a pior de todas e cheguei a passar parte dela deitada no sofá porque estava à beira de um ataque de nervos... Parece-me que anda a explorar melhor o espaço e pelos "miminhos" que recebo dele sinto que mudou de posição... O nosso filhote é um explorador nato... e esperneador também...
(...)
Para comemorar ainda melhor as 30 semanas recebi hoje mais dois miminhos da Mara!
Fiquei toda contente, claro! Sabe sempre bem começar assim o dia.
Obrigada!

Este diz o seguinte: "Dê este prémio a 10 pessoas cujos blogs lhe tragam alegria e inspiração e a façam sentir feliz na blogosfera. Avise-as postando um comentário nos seus respectivos blogs, para elas o poderem passar. Atenção poderás receber o prémio várias vezes"


É suposto enviar os prémios a 10 pessoas, mas vocês já sabem que não nasci para cumprir regras, portanto, partilho os miminhos com todas as mamãs, futuras mamãs e amigas que nos visitam!

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Disparates...

... confesso que passei os últimos dias a abusar dos esforços... Quer dizer, não fiz nada de especial, mas uma "coisinha" em cima da outra levou a que tenha passado o dia de hoje com contrações e tenho estado bem quietinha, deitada no sofá...

Passámos os últimos dias a lavar o resto das coisas do João. Como nos emprestaram o carrinho, ovo, cama-parque, etc., etc., etc., estivemos a desmontar tudo e a lavar e a acarretar para o quintal para aproveitar este sol para secar. Ora... passei os dias "escada acima, escada abaixo", a pôr e tirar roupa da máquina... a levar uma coisita ou outra e pimbas... toma lá para não seres esperta... Mas pelo menos já está tudo pronto!

Na sexta-feira chegou também o famoso e ultra-confortável sofá que comprámos a um preço bastante convidativo. O papá conseguiu trazê-lo sozinho para o sótão, onde fica o nosso quarto, que vamos dividir com o João enquanto não formos para a casa nova.

Criopreservação

Como não gosto de deixar as coisas para a última da hora, recebemos na sexta-feira o kit que já se juntou ao "monte" de coisas que estamos a separar para quando chegar o grande dia.

Apesar dos muitos "contras" que fomos ouvindo ao longo de todo o processo de decisão, nós optámos por prevenir... Prefiro ter e nunca precisar do que um dia precisar e não ter...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Consulta

Acabadinhos de chegar da consulta!
O João portou-se muito bem e esteve na agitação do costume, ainda por cima estava com a pica toda... depois de ter almoçado! A médica fez um comentário que nos deixou logo todos babados... Quando me estava a medir a barriga e depois a auscultar o coração do Joãzinho sorriu e disse: "Isto assim até dá gosto!" O sr. João está com a cabeça bem encaixada em cima da minha bexiga, por isso é que estou a ter perdas de urina. Não são muito significativas, mas incomodam... Os pés estão nas minhas costelas, na zona do estômago, do lado direito. O colo do útero continua mole e fechado e as contrações também continuam presentes, embora menos intensas quando estou sossegada... Noto que aumentam se andar muito e principalmente se subir escadas. Parece que, se as coisas se mantiverem assim, vou ter um parto "fácil". Também falei com a médica sobre a polémica questão da epidural e estamos as duas de acordo. A ideia é não a levar, mas se mudar de ideias estou sempre a tempo! A minha tensão está boa e "só" aumentei 2 kg desde a última consulta.

Saímos de lá com a próxima consulta marcada para dia 19 de Março e com uma catrefada de análises, um electrocardiograma e a ecografia para fazer na última semana de Fevereiro. Até lá, tenho ordens expressas para estar atenta aos movimentos do João. Qualquer ausência de movimentos que saia da rotina dele e tenho que telefonar à médica ou ir à maternidade. A recomendação mais importante é nunca ir dormir na dúvida. Mais vale fazer uma viagem até às Caldas para confirmar se está tudo bem.

Também aproveitámos para falar sobre a mala para a maternidade e as famosas mudas de roupa do bebé ;o) Contei-lhe sobre as minhas dúvidas e ela riu-se, dizendo-me que quando teve o primeiro filho levava uma mala qua mais parecia que ia 15 dias para Cuba! Aproveitou para me entregar a lista de coisas que são necessárias para a maternidade do Hospital das Caldas da Rainha:

"A roupa deve ser muito macia e folgada para o bebé se poder mexer à vontade. Escolher roupinha simples, sem laços, rendas ou botões, de preferência com velcro; Não escolher roupas que tenham que ser enfiadas pela cabeça.

Para levar para a sala de partos a mamã apenas precisa de uns chinelos, porque eles disponibilizam tudo o resto. Para o bebé:

- 2 fraldas descartáveis;
- 1 fatinho;
- 1 camisinha interior;
- 1 casaquinho;
- 1 manta ou envolta;
- 1 fralda de pano;
- 1 par de botinhas ou meias.

Para os restantes dias pedem que o papá leve depois do parto:

Para o bebé:
- 30 fraldas descartáveis;
- 6 fraldas de pano;
- 4 conjuntos interiores;
- 2 casaquinhos de lã ou algodão;
- 4 fatinhos exteriores;
- 3 pares de botinhas ou meias;
- 1 manta ou envolta;
- babetes;
- 1 chupeta;
- 1 tesoura de bicos redondos e curvos;
- 1 escovinha.

Para a mamã:
- 4 camisolas de noite ou pijamas de algodão de preferência de manga curta e abertas à frente;
- 3 ou 4 soutiens (de preferência de amamentação);
- 8 cuecas de algodão ou descartáveis;
- 1 roupão;
- chinelos de quarto;
- 1 cinta ou faixa para depois do parto;
- 1 secador pequeno (facultativo);
- gel de banho ou sabonete;
- 1 escova e pasta de dentes;
- 1 shampoo;
- 1 escova para o cabelo;
- 1 luva de banho;
- chinelos para o banho;
- Sacos de plástico para a roupa suja."

Disse-me para não me preocupar porque, mesmo que a temperatura da maternidade esteja a 22 graus e nos pareça muito quente... o bebé vem de um ambiente de 37 graus e é natural que arrefeça e tenha que estar bem agasalhado. No entanto, as enfermeiras estão sempre atentas a esses pormenores e adaptam a roupa a vestir ao bebé consoante a temperatura.

Mais uma vez foi uma consulta loooooonga e produtiva... e vim de lá muito mais tranquila!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Sugestão deliciosa!


A Vila de Óbidos acolhe, uma vez mais, o Festival Internacional de Chocolate. O evento realiza-se entre os dias 14 e 24 de Fevereiro de 2008.

Horário:
Segunda a quinta-feira: 15h00 às 23h00
Sexta-feira: 15h00 às 24h00
Sábado: 10h00 às 24h00
Domingo: 10h00 às 23h00 (dia 24 encerra às 20h00)

Casa de Chocolate das Crianças:
10h00 às 20h00 de 2.ª a 5.ª
10h00 às 22h00: 6.ª, Sábado e Domingo

Bilhetes:
Os bilhetes para o Festival Internacional de Chocolate têm o custo de 5 euros (a partir dos 12 anos).
A entrada na Casa de Chocolate das Crianças tem o preço de 4 euros (dos 0 aos 11 anos).

...

Antes de mais quero agradecer a todas as mamãs que me esclareceram sobre as famosas "mudas de roupa para o bebé"! As vossas dicas foram preciosas e deixaram-me bem mais tranquila.
Deixo aqui uma foto da barriguita com 29 semanas... a barrinha diz que já só faltam 75 dias! 75 dias!!! Continuo sem preocupações relativamente ao parto, acredito que vai ser rápido, com as dores que fazem parte do processo de dar à luz... Vai ser um momento mágico! É nisto que concentro as minhas energias! Optei por não ter aulas de PPP. Não porque ache que já sei tudo ou não tenho nada para aprender... mas porque a minha intuição me diz que na hora ninguém melhor do que eu, o João e o papá para decidir o que é melhor para nós. Acredito muito que a natureza se encarregerá de me orientar. E as minhas dúvidas vou esclarecendo com a minha obstetra, convosco e com a minha mãe (afinal ela teve três filhotes!). Não mudei de ideias em relação à epidural... não a quero mesmo levar. Só em último recurso, caso seja necessário ter cesariana. Mas o João vai porta-se bem, não vais filho?! ;o) Além disso, na próxima semana vamos fazer uma visita à maternidade das Caldas da Rainha para conhecermos todo o serviço de obstetrícia. Assim, sempre vamos conhecendo os cantos à casa!

Amanhã é dia de consulta. Vamos ouvir o coração do João e marcar a próxima ecografia. A mamã este mês portou-se muito bem e não engordou quase nada! Mas a barrigota continua a crescer e já tenho camisolas tamanho XXL a "fugir à polícia" e a deixar-me com parte da barriga de fora ;o)

Nas duas últimas noites o João tem-me deixado dormir! Quando nos vamos deitar canto-lhe um bocadinho (tadinho...) e ouvimos uma música de embalar... acabando por adormecer os dois. Durante o dia descobriu como enfiar os pés ou as mãos nas minhas costelas e ontem até o sentia atrás do osso da anca. Já reparei que os movimentos dele se concentram mais no lado direito do meu útero que mais parece uma bola de futebol!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Dúvidas! Muitas dúvidas!

Definitivamente... fazer uma mala foi sempre uma tarefa complexa... Agora imaginem fazer uma mala para levar para a maternidade e não se fazer a mínima ideia do que pôr lá dentro. Quer dizer, listas... listas já tenho algumas, mas eu sou daquelas que precisa de desenhos para perceber melhor... Para isso preciso da vossa ajuda, principalmente das que já são mamãs e que já passaram pela experiência prática da instituição maternidade.

Antes que eu tenha uma crise de nervos... Alguém me explica que peças de roupa de bebé constituem o que se designa por "4 ou 5 conjuntinhos para o bebé"?! O que veste um bebé?! Body com calças e um babygrow por cima? Só o babygrow? Body sem calças e babygrow? Em vez de babygrow pode ser um conjunto de duas peças, com calças e camisola? Meias, luvas, gorro?... E os tamanhos?! E casaquinhos por cima dos babygrows?! O que se veste a um bebé que é suposto nascer em Abril, em que não está calor nem frio?! Reforço a pergunta... que peças de roupa de bebé constituem o que se designa por "4 ou 5 conjuntinhos para o bebé"?! Alguém me ajude antes que eu tenha um ataque de nervos... As hormonas estão a dar cabo do meu bom-senso! Obrigada... Ufa! espero pelos vossos sábios esclarecimentos...

Rescaldo...

... de um fim-de-semana com as hormonas aos saltos.
É incrível a velocidade com que as nossas prioridades mudam.
(...)
Parece que ainda no outro dia estava a escolher o meu carro a pensar exclusivamente em mim e nos meus cães... e agora andamos a pensar em vender os nossos dois carros para comprar um familiar... a pensar no bem-estar e segurança do João. De repente... deixamos de ser o centro do nosso mundo.
(...)
Parece que ainda no outro dia passava o ano inteiro à espera do Carnaval, que sempre adorei, para me mascarar e ir para a galhofa e confusão inerentes a esta época... e este ano ainda não fomos "gozar" o Carnaval porque com a confusão que se instala aqui por Peniche tenho medo de levar alguma pancada ou encontrão na barriga...
(...)
Parece que ainda no outro dia dormia descansadamente de barriga para baixo ou para cima e agora tento dormir exclusivamente para o lado esquerdo (nunca gostei de dormir para o lado esquerdo, não sei porquê) até ficar com o braço dormente e com dores lacinantes na anca, porque sei que é a posição em que as grávidas devem dormir, em prol do bem-estar do bebé e nosso também.
(...)
Parece que ainda há pouco tempo não tínhamos grandes preocupações e eram os nossos pais que decidiam por nós e de repente temos que tomar decisões importantes (mas importantes mesmo) por nossa conta e risco porque já somos "grandes" e vamos ser responsáveis por criar, educar, mimar e amar o nosso filhote muito desejado.
(...)
Parece que ainda há pouco tempo andava por aí toda lambuzada com chocolate dos croissants deliciosos do Babilónia e agora o meu melhor amigo (que partilhou comigo este e muitos outros momentos) vai-se casar. E a minha melhor amiga também!
(...)
E sim... podia continuar por aí fora com mais constatações e divagações existenciais porque as minhas hormonas andam, literalmente, aos saltos! O papá é testemunha e pode confirmar, mas sem entrar em detalhes ;o)

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Falência?!




O avô Carlos chegou hoje a uma conclusão muito importante! A avó Sofia está a esforçar-se bastante para levá-los à falência ;o) A minha mãe, simplesmente, não resiste a comprar miminhos para o João e para o Rodrigo (o meu sobrinho lindo!). Só hoje o João recebeu dos avós maternos: uma camisola da Chicco, 3 casaquinhos, uns lençóis de cama e dois pares de meias.

Quanto à mamã e ao papá parece que também não andamos muito longe da bancarrota! Na sexta-feira começámos a ver o que nos faltava de essencial para começarmos a separar as roupas para levar para a maternidade e chegámos à brilhante conclusão de que não tínhamos quase nada em tamanho de recém-nascido. Apesar de nos parecer que não devem ser precisas muitas coisas neste tamanho, achámos conveniente ter algumas mudas de roupa em tamanho 0. Assim, lá fomos nós gastar mais uns "euritos" no que ainda resta dos saldos e até encontrámos algumas coisas úteis e bastante acessíveis. Comprámos também um termómetro daqueles de medir a temperatura no ouvido em 1 seg., biberons, escovilhão, álcool específico para o umbigo dos bebés, cotonetes, cremes, aspirador nasal, um tapete e um cesto para a roupa suja do João, etc., etc., etc.. Também comprámos algumas coisas para a mamã, claro! ;o)

Apesar de todas as despesas, continuamos a ser uns sortudos porque nos emprestaram e deram montes de coisas que são necessárias e muito caras... como a cama, colchão ortopédico, alguma roupa de cama, a alcofa, o carrinho, o ovo, a espreguiçadeira, a cama/parque, o esterilizador de biberons, o aquecedor de bebiberons, os intercomunicadores,... entre muitas outras coisas.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Declaração

Filhote... a mamã tem algo muito importante a declarar...
Na noite passada não me deixaste dormir, nem na outra, nem na outra... e esta noite ainda ando por aqui a passear-te para ver se embalas, como se eu não soubesse que assim que me apanhares estendida na cama começa a tua fase preferida do dia/noite (a avaliar pelo entusiasmo, só pode...). As minhas olheiras já quase me chegam ao pés... Porém, apesar de tudo isto parecerem queixas, na verdade não o são. O que eu quero mesmo declarar aqui e agora é uma verdade absoluta e o testemunho de um amor incondicional...

Quanto mais me bates...
...mais eu gosto de ti!