domingo, 29 de setembro de 2013

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

34

Parabéns a mim :)

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Update...

O João e o Pedro estão finos. Eu cá me vou aguentando. A Rita piorou, veio cá a tia vê-la e vai começar o antibiótico...

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Ainda agora começou...

Foram 4 dias ao JI, na sexta feira já tinha a Rita ranhosa. No sábado chegou o ranho ao Pedro e ao João. O João também teve uma diarreia como brinde. O João e o Pedro foram melhorando - ou, pelo menos, não pioraram. A Rita começou a queixar-se da garganta no sábado à noite. Amigdalas inchadíssimas e sem conseguir engolir alimentos sólidos, mas sem sinais de febre. Brufen para ela. Litros de soro para todos. Ontem ficaram em casa. Hoje acordaram cheios de ranho amarelo. A garganta da Rita parece melhor. Ficam mais um dia em casa.

Eu a Brufen desde ontem. Ranhosa e com dores no corpo; não paro de espirrar. Faço anos daqui a dois dias. A coisa promete.

Adoro o início do ano lectivo...

sábado, 21 de setembro de 2013

Consulta no hospital

Vamos lá a ver se ponho ordem aqui no estaminé, que isto está a ficar tudo desactualizado (e garanto-vos que me tem dado um jeitaço todos os registos que aqui tenho feito...).

Na sexta-feira o Pedro foi à consulta de pediatria no Hospital, por causa da infecção urinária. Em Novembro vai fazer uma Cistografia radiológica - é um exame que permite saber se a urina faz refluxo da bexiga para os rins ou se vem toda para a "saída". Já ficou também pedida uma Cintigrafia Renal que será para fazer em Janeiro, 6 meses após a infecção, para verificar se os rins ficaram com alguma cicatriz. Entretanto, terá nova consulta em Dezembro. Vai continuar a fazer o antibiótico profilático.

Tirando estas partes chatas que já sabíamos que seriam assim, a consulta correu muito bem. Gostámos muito da pediatra que o viu; foi paciente, carinhosa e esclareceu todas as nossas dúvidas sem pressas.

O piolho está a pesar 5,435 kg, mede 61 cm e tem um PC de 40,5 cm. A pediatra recomendou que continue com a amamentação em exclusivo até aos 6 meses, se for possível, e só então começar a introduzir os sólidos. Ficou surpreendida com o desenvolvimento do Pedro: já se senta muito bem no bumbo; tem muita força no pescoço, nas costas e nas pernas. Quando deitado de barriga para baixo já se apoia nos cotovelos e tenta pôr-se em posição de gatinhar. É muito curioso e risonho... um doce, portanto! :)
...
Em relação à amamentação, não tenho dito grande coisa porque não há muito para dizer. Não sou terrorista das mamas e, como tal, foram algumas as vezes em que tentámos que o pai lhe desse um ou outro biberão de LA ou de leite meu no biberão para eu poder dormir. A verdade é que o Pedro não gostou da ideia e, ou não bebia o leite e chorava para vir para a mama, ou bebia o leite todo e... chorava para vir para a mama na mesma. Depois resolveu embirrar em definitivo com tudo o que seja de borracha ou silicone, chuchas incluídas - comprei à vontadinha 10 modelos diferentes -, e começou a fechar a boca ao biberão, independentemente de ter lá leite meu ou de lata. Dei a mão à palmatória e cá estamos, felizes e com muitas olheiras - minhas -, prestes a completar 4 meses de amamentação em exclusivo e em livre demanda (isto são outros 500 e quase aposto que com os outros dois fiquei sem leite porque me diziam para lhes impor horários para mamar, mas adiante...).

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Começos e recomeços

Hoje começou o ano lectivo cá de casa. O João regressou ao JI, para o último ano, e a Rita foi pela primeira vez. Correu tudo bem, mas andei o dia todo a contar os minutos para saber deles. Ainda telefonei ao final da manhã só para saber se ela estava bem - e estava.

Quando os fui buscar não mostraram grande pressa em vir para casa, o que é muito bom sinal. Ela nem se apercebeu da minha presença na sala e assim pude ficar a falar um bocadinho com a educadora enquanto a observava - e ninguém diria que estava naquele contexto pela primeira vez. Ele estava no recreio a brincar e pediu logo para ficar mais um bocadinho. Foi um arranque muito positivo e fiquei com o coração mais leve.


sábado, 14 de setembro de 2013

Quase a voltar à rotina

Chegou Setembro e chegaram as nossas duas semanas de férias.

Na primeira semana optámos por ficar em casa e explorar a nossa zona. Fomos a praias que os miúdos ainda não conheciam, fomos a um parque aquático, fomos à Fortaleza de Peniche - pensando que eles iam achar uma seca e afinal percebemos que o João é um curioso nato e se interessa por estas coisas do antigamente -, fomos ao Parque Dom Carlos nas Caldas da Rainha, almoçámos e jantámos fora algumas vezes, fizemos um piquenique na sala e um acampamento no quarto deles - em que passaram a noite na tenda.

Na segunda semana fomos passar uns dias a um Turismo Rural ao pé de Monsaraz, o Vila Planície. Gostámos mesmo muito e recomendamos! É um hotel "amigo das famílias" e que tem espaço para famílias numerosas. Tem duas piscinas e um pequeno parque infantil que fez a delícia de todos. O João e a Rita fizeram logo amigos e brincaram até cair para o lado. Ainda fomos três vezes ao Castelo de Monsaraz - fiquei completamente fascinada - demos um passeio de carro para conhecer um pouco da zona da barragem do Alqueva, passámos pela Aldeia da Luz - que achei medonha - e pouco mais. Aproveitámos mesmo foi o bom tempo e o "dolce fare niente".

O Pedro não estranhou nada a mudança de ambiente, esteve sempre muito bem disposto e deu-nos umas noites muito bem dormidas. O único senão com ele são as viagens de carro... feitas sempre com ele a chorar e a gritar em plenos pulmões - tal e qual como a Rita -, o que nos obriga a parar 3759 vezes pelo caminho.

Agora, já com as baterias carregadas, é preparar tudo porque na terça-feira o João volta ao jardim-de-infância e a Rita vai estrear-se nestas andanças escolares.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

E chegou o dia...

... em que o meu filho se virou para mim e disse:

- Mas tu não percebes?! Dahhhhhh!

(Shoot me...)

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Sozinhos em casa: o balanço

Não foi pêra doce, mas também não foi tão mau como eu temia. No geral, até se portaram muito bem e colaboraram para que eu não acabasse o mês de Agosto de gatas. Se bem que, ao final do dia, estava doida para os enfiar a todos na cama e poder enterrar a cabeça na almofada.

O Pedro também foi amiguinho e, apesar de ter passado uma fase, que durou 2 ou 3 dias, em que mamava de 2 em 2h, acabou por estabilizar e tem dormido quase sempre 7h, acordando apenas uma vez durante a madrugada para mamar - coisa que já despacha em 10 ou 15 minutos.

Ainda me aventurei a sair algumas vezes com eles: passámos um dia em casa da minha irmã, na piscina, fomos uma vez ao shopping matar saudades de algumas amigos que moram "lá longe" - sozinha com os 3, jurei para nunca mais! -, fomos ao parque aqui ao pé de casa e aos carrosséis durante a festa. A meio de Agosto fomos à Kidzania para o João receber, finalmente, o presente que tinha pedido no aniversário - o papá já tinha avisado que ia tirar esse dia, que já estava combinado antes de ter começado a trabalhar, e lá fomos nós, com os nossos queridos amigos do costume.

Aproveitámos também a presença do pai ao final do dia e nos fins de semana para ir à praia e a casa dos avós. Também voltámos ao Pavilhão do Conhecimento para ver a Dòing, uma exposição criada pela empresa do meu irmão.

Apesar de o jardim-de-infância deles já estar aberto, ainda vamos gozar as nossas férias na primeira quinzena de Setembro. Na primeira semana ficamos por casa e aproveitamos as praias e tudo o que a nossa zona nos proporciona - que não é pouco! Vivemos mesmo numa zona privilegiada. E depois iremos passar uns dias ao Alentejo para mudar de ares e carregar as baterias para o novo ano lectivo - ainda me estou a mentalizar que a Rita vai sair debaixo da minha saia...