quinta-feira, 29 de maio de 2008

Ausência... e sorriso!

Ontem ganhei coragem e fui espairecer... sem o João... Como nos ofereceram uma bomba manual para tirar leite, e esta funciona (obrigada lindas!), lá rumámos a Belas, com um stock de leite para o Joni que me permitiu estar umas 4 horas fora de casa, sem me preocupar com a amamentação. Não foi fácil deixar o meu filhote em casa dos meus pais, mas como ficou com o papá fiquei tranquila q. b. ;o)

E para onde fui espairecer?!... Fui com a minha mãe a um curso de culinária da Bimby! Oh, maravilha! Fui fazer uma das coisas que mais gosto e ainda fui sorteada, de entre todos os participantes, para receber um saco de transporte para a minha grande "amiga e companheira"! Acabei por oferecê-lo à minha mãe, porque ela já tinha comentado comigo que gostava de ter um... e não, não acredito em coincidências! Ela também já tinha abdicado de escolher brindes para ela, para me poder oferecer o livro dos doces e sobremesas para a Bimby (que são caros como tudo...). Assim, ficámos as duas todas contentes e de barriguinha cheia com as comidinhas boas que se foram fazendo ao longo do curso ;o) Aprendemos uma série de truques muito úteis e práticos! Cada vez gosto mais desta maquineta e quando chegar a hora de fazer as sopinhas para o João vai, concerteza, ser o meu braço direito! Só para terem uma ideia, enquanto escrevo este post, a minha "amiga" está a cozinhar um belo arrozinho de lulas para o almoço! :o)

Adiante... muito me custou estar longe do João e fui bombardeando o papá com sms para saber como estava tudo a correr... Bem, claro! O João dormitou, esteve ao colinho do pai e bebeu muito bem o leite do biberon! Quando cheguei a casa dos meus pais fui a correr para encher o meu menino de beijinhos e... fui brindada com um sorriso tão grande, tão lindo... e tão meu!!! Foi o primeiro sorriso espontâneo do João... e foi para mim! Claro que comecei logo a chorar de alegria... fiquei com o coração tão cheio e aconchegado!!! E tão feliz... Não há nada melhor do que ser MÃE!

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Cata-vento

O João saiu-me um grande cusco!
Quando está acordado e bem-disposto é vê-lo a virar a cabecita e os olhos em todas as direcções possíveis e mais algumas para ver o que o rodeia ou para seguir algum som que lhe interesse. Esta habilidade dificulta um pouco a mudança de fralda e o vesti-lo, tudo porque atrás dele está um ursinho de corda que toca uma música que ele ouvia na minha barriguita à noite. Fica fascinado com aquilo e está sempre a tentar virar-se para ver melhor. Já pedi ao papá para o pendurar por cima do muda-fraldas ;o) Mais difícil é convencê-lo que, para bem da mamã e do seu leitinho, é melhor não fazer movimentos bruscos com a cabeça, motivado pela cusquice, com a maminha na boca e sem a largar... é que dói que se farta!

Miminho


Desta vez o miminho chegou-nos do cantinho da Gabriela!
É tão bonito e colorido! Obrigada Gabriela e mamã!

terça-feira, 27 de maio de 2008

Pssssst!

MARA... não consigo comentar no teu blog por não ter conta no Sapo... queria continuar a "ler-te" e a comentar...

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Novidades

Não nos podíamos esquecer de deixar aqui um grande beijinho de parabéns ao avô mais babado do mundo! Pois é, o meu pai completou hoje 56 aninhos de vida! Parabéns pai! Parabéns avô 'Cá!
...
Fui à consulta e as notícias são boas. Passei na revisão, lol! Os pontos estão cicatrizados, embora aquela região ainda esteja um pouco dorida ao toque. O útero já voltou ao tamanho normal e já estou a tomar a pílula da amamentação. Optámos por não colocar o DIU porque a ideia é aumentar a prole no espaço de 18 a 24 meses... Assim sendo, a médica (e eu, que não queria nada pôr o aparelho...) achou por bem que tomasse apenas a pílula. Não vale a pena, por enquanto, estar a massacrar mais o colo do útero. Se não houver mais contratempos só lá voltarei no próximo ano.
...
Quanto à sra. birra do João, e como eu já desconfiava, depois da banhoca e da mamada da noite "apodreceu" e dormiu 6 horinhas! Às 5h da manhã acordou para o seu leitinho e conseguiu despejar-me as duas maminhas pela primeira vez, para logo cair num soninho que durou até às 10h da manhã! Claro que hoje decidiu passar toda a santa tarde a dormir e agora está aqui sentadinho ao meu lado, no colo do pai (não sei se é o João que gosta mais do colo do pai ou se é o pai que gosta mais do João ao colo, lol) de pestana aberta, com cara de poucos amigos e a aquecer a goela! Vamos ter noitada, ai vamos, vamos! ;o)

Miminho especial!


Recebemos hoje este miminho que tem um significado muito especial... dedicado às amizades que se criam e fortalecem... mesmo que seja virtualmente! Obrigada André e Filipa!

domingo, 25 de maio de 2008

Rescaldo do fim-de-semana

Sábado
Como o tio Rui foi passar o fim-de-semana à Ericeira, combinámos ir lá lanchar com ele. Massa das panquecas a postos e lá fomos nós depois do almoço. Antes da paragem no tio, fomos visitar a tia Gisa e o primo Rodrigo que ficou todo contente por ver o João. Como ele estava a choramingar, o Guigo apressou-se a dar uma chucha ao João para ele "ficar contente". Mas o que o sr. Joni queria era mesmo a maminha da mamã (aliás, começo a sentir que quando o João olha para mim vê umas maminhas com pernas... por ele passava 24h por dia a mamar/chuchar...). Tirando a "choraminguice" quando tinha fome, o João esteve sempre acordado e muito bem disposto... gosta de passeio, é o que é. Muita conversa, música e mimo e ainda teve direito ao colinho do tio Rui (que venceu o medo de pegar em bebés ao colo) que carinhosamente lhe chama "bolinhas", lol! Quando chegámos a casa, foi tomar a sua banhoca (que tem sido muito mais tranquila e apreciada), seguida do "jantar" e depois cama! Adormeceu imediatamente e deixou-nos dormir 4 horas seguidas. Fez o seu "lanchinho" às 2h da manhã e depois só voltou a acordar às 7h45. Muito bom!

Domingo
Hoje, porém, tem sido um verdadeiro festival de birras, choro e rabugice! Como vês, querida Sofia, calha-nos a todas, lol! Ora, o João acordou às 7h45, mamou e, desde então até agora, decidiu dormir apenas uma horita ao colo do pai! Sim, são quase 21h! Fomos almoçar a casa dos avós paternos, que moram na rua à frente da nossa, fomos dar uma volta a pé depois de almoço, colo da mãe, colo do pai, colo da avó, aero-om... e nada! Não tem fome, não tem cólicas, tem a fralda limpa, tem mimo com fartura (às vezes até demais...) e está, acreditem, a cair de sono! Dormita 5 ou 10 minutos e começa logo a rabujar, só se calando quando eu ou o pai o vamos buscar para o colo (espertinho!). Chegámos à conclusão de que a alcofa tem picos! Só pode... dorme profundamente no colo e quando o vamos colocar na alcofa abre aqueles olhos escuros (as azeitoninhas) e logo nos brinda com um estridente abrir de goelas! E sim, tenho a cabeça feita em água e ainda por cima estou com uma bruta dor de dentes... Estamos com esperança que depois da banhoca ele relaxe e durma qualquer coisa... e nós também... Enfim... não há bela sem senão, não é...
...
E amanhã a mamã tem a consulta de revisão pós-parto... e só desejo que esteja tudo bem!

sábado, 24 de maio de 2008

Miminhos!


Mesmo não tendo a assiduidade de outros tempos a visitar os blogs amigos, continuo a ser muito mimada pelas mamãs e futuras mamãs que nos visitam! Fico muito feliz por ser merecedora tamanho carinho! Obrigada Liliana e Sofia!

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Zen

Vocês ainda não sabem...
...mas o leitinho da minha mamã...
... é tããããoooo relaxante...
... que fico "Zen"!

terça-feira, 20 de maio de 2008

Alcofa vs Berço

Comecei a reparar que o João já tem pouco espaço de manobra na alcofa. Ele não é um bebé rechunchudo, mas é comprido e, como se mexe imenso, ora está com a cabeça encostada no topo ou com os pés a bater no fundo.

E agora pergunto às mamãs:

Quando é que fizeram a transição da alcofa para o berço/cama de grades?
E como foi feita essa transição? De um dia para o outro ou gradualmente?

Conto com a vossa experiência e opiniões!
Obrigada ;o)

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Inocente!

No dia da Mãe estive a dar de mamar ao João em casa dos meus pais. O meu sobrinho estava connosco e andava sempre de volta do primo. Quando me viu a pôr a maminha de fora e o João a comer, perguntou o que é que eu estava a fazer... Eu expliquei... Disse-lhe que tinha leitinho nas maminhas e que era assim que o primo comia para ficar forte e grande para depois poder brincar com ele. Ok, entendido, não fez mais perguntas mas ficou o tempo todo ao nosso lado.

Na semana passada telefona-me a minha mãe a contar a nova saída do Rodrigo. Virou-se para a mãe, a minha irmã, e disse-lhe sem mais nem menos:
"- Mãe, vou comer as tuas maminhas!"
Ela ficou escandalizada e a minha mãe idem aspas. Não sabiam que ele tinha estado atentamente a ver o primo mamar, lol! Eu lá expliquei a história toda e assim o Rodrigo recuperou a inocência que lhe estavam a retirar da conversa toda. Afinal ele ainda só tem 3 anos e meio, quer dizer!!!

Os nossos canitos!

Ainda não vos tinha apresentado os restantes residentes cá de casa, que também fazem parte da família. Quando foram sabendo que estava grávida, algumas pessoas chegaram a perguntar-me o que ia fazer aos cães... Deitá-los fora não ia, concerteza! LOL! Há com cada uma! Sempre cresci rodeada de animais, entre eles os cães. Em casa dos meus pais havia sempre 7 ou 8 e chegaram a ser mais e ainda hoje os há. Sou completamente apaixonada por cães, sim, e não imagino a nossa família sem os meus "meninos"...

Vamos às apresentações:

A Bolinhas (atrás, desapareceu há dois anos...) e a Meggy (a nossa Serra da Estrela maluquinha);

O Farrusco (o rafeirote mais lindo e inteligente!) e a Mimi (a Labrador, meiga e tontinha)

O Lucas (um Yorkshire Terrier com problemas de personalidade, lol, ele é gato, ele é toupeira, ele é leão...);
A Margarida (a mais recente aquisição, namorada do Lucas, completamente estouvada, mas tãããããooo meiguinha...)
...
Os "gandes" ainda só conhecem o João à distância, o máximo que deixámos foi que o cheirassem para ficarem a conhecê-lo. Os "piquenos", como estão dentro de casa, têm muito mais contacto com ele e já lhe deram umas beijocas nos pés, mãos e na orelhas ;o) Não têm ciúmes e revelam bastante interesse no novo dono. Agora ganharam a mania de montar guarda à alcofa e sempre que o João chora o Lucas vai logo espreitar a ver o que se passa. Acho que o Lucas arranjou um novo amigo e o João um protector sem igual. Já a Margarida não lhe liga tanto, talvez por ainda ser novita (5 meses).

domingo, 18 de maio de 2008

Casamento I

Ontem foi o casamento da minha melhor amiga e foi também o primeiro evento social a que o João foi. Correu tudo muito bem. Ele passou a maior parte do tempo a dormir impávido e sereno e o restante a mamar. Este momento com o papá foi dos poucos em que esteve acordado e muito bem disposto! Viemos embora pouco tempo depois de começar a parte da música e o bailarico. Infelizmente não pudémos ficar muito tempo, mas mesmo assim foi óptimo!

E dia 31 há mais! Parece que vem aí o casamento do ano ;o) e aqui a mamã vai ser a madrinha do noivo e melhor amigo, que foi também o meu padrinho de casamento! Estamos ansiosos!

Aqui está!

Miminho traquinas!

Rebemos este miminho muito original e trakinas!
Obrigada Ana e Kiko!

quinta-feira, 15 de maio de 2008

1 mês!

O nosso filhote faz hoje um mês!!! Já...
O post de hoje tardou porque andámos a manhã toda e parte da tarde na vadiagem e depois aproveitámos para almoçar fora com o João, pela primeira vez! Fomos ao Italiano, em Peniche, que nós adoramos, e o João portou-se lindamente! Esteve o tempo quase todo de pestana aberta mas, como tinha bebido o leitinho dele antes de irmos, esteve sempre tranquilo e muito atento. Como o tempo por cá até estava agradável, ameno e sem chuva (ouvi dizer que choveu a potes em Lisboa), fomos dar uma volta a pé depois de almoço, para desmoer a comidinha boa!
...
Um mês depois estamos ambos cansados e com muito sono para pôr em dia... mas tem valido bem a pena. Ainda estamos a adaptar-nos às novas rotinas e à ausência de horários fixos! O João é que manda cá em casa ;o)
...
Resumidamente:
- O João tem sido um bebé tranquilo e chorão qb;
- Mexe-se que se farta: é só ver pés e mãos por todo o lado!
- Quando deitado de barriga para baixo já levanta muito bem a cabeça e consegue elevar o tronco com os braços durante uns bons segundos;
- Em posição de costas, já se tenta rodar para ficar de lado;
- Começa agora a prestar atenção a alguns bonecos, principalmente se forem coloridos e fizerem algum barulho;
- Adora ouvir música, principalmente o cd que o amiguinho Miguel lhe ofereceu!
- Adora a maminha da mamã: seja para comer, brincar ou adormecer;
- Adora o colinho e os miminhos da mamã e do papá;
- Fica fascinado a olhar para o pai, quando este tem a barba por fazer;
- Reconhece as nossas vozes a milhas!
- Olha muito atentamente para mim sempre que falo com ele;
- Ficou fã das chuchas da Avent em silicone: tem duas que adora; tudo o resto é cuspido em alta velocidade;
- Adora as vitaminas que lhe damos com uma colher de café e é incrível como nunca estranhou nem rejeitou a colher;
- Continua a berrar em plenos pulmões na hora do banho e se estiver com fome até parece que lhe estamos a fazer maldades;
- ... podia continuar por aqui adiante, lol, mas era suposto ser um resumidamente...
...
Agora é que é, resumindo e concluindo, amamos o nosso filho incondicionalmente e cada dia um pouco mais!

terça-feira, 13 de maio de 2008

Mara vs Enfermeira: III

Só à chapada... Definitivamente, aquela senhora deve ter um grave problema... ou isso, ou então é mesmo do meu mau feitio!

Então não é que a besta, salvo seja, na semana passada disse que aumentar entre cento e tal duzentos gramas era óptimo e que aumentar mais de duzentos não era saudável (?!) e tal e coiso e hoje sai-se com um: "tem que ver porque ele não está a aumentar bem e depois não engorda!"

O João nasceu com 3.150 kg. Saiu da maternidade com 2.950 kg. Hoje registava 3.460 kg.

Ora...Esta semana aumentou 160 gr, o maior aumento desde que nasceu. Na semana passada tinha aumentado 140 gr... Não percebo, juro que não percebo... E estou à beira de um ataque de nervos! Já tentei ligar à pediatra, mas ela não atende. E agora vou mesmo recorrer ao SOS Amamentação. Estou com os nervos em franja! Será que não se pode ter um bebé elegante?!
...
A pediatra acabou de me ligar.
Após expôr a situação, a resposta foi: "Mas o aumento foi bom, o peso do João está óptimo. Não se preocupe que o seu leitinho é muito bom!"
Ufa!!!

4 semanas...

... do maior amor das nossas vidas!

...
Para que não restem dúvidas... eu sou mesmo daquelas mamãs que passam horas a babar para cima do filhote e que choram de felicidade por ter concebido uma coisinha tão linda! O amor transborda por todos os lados!

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Há um ano...

... estávamos aqui.

Depois de 3 anos "amigados", lol, decidimos dar o grande passo e já com segundas intenções... os planos para conceber o nosso filhote haviam começado alguns meses antes e... um ano depois já somos três!

O dia de hoje vai ter um sabor especial... mesmo com as olheiras negras e assustadoras, o tom de pele amarelado, os cabelos desgrenhados e as mamocas doridas e a rebentar pelas costuras...

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Peso e consultas

Como vos tinha dito, ontem foi dia de consulta na pediatra. Mas, antes disso, voltámos ao peso no Centro de Saúde e depois tínhamos consulta com a médica de família (de quem eu gosto muito e que tem sido sempre excelente comigo).

O peso desta vez correu menos mal. A enfermeira devia estar mais bem dispostinha porque estava lá pouca gente para lhe dar que fazer. Despimos o João e lá foi ele para a balança. O meu coração estava bem apertado porque seria o dia em que iria finalmente saber a quantas anda a evolução do peso dele: 3,300 kg. Aumentou 140 gramas, "muito bom" segundo a dita cuja enfermeira. De acordo com as palavras dela, os bebés devem engordar "cento e tal duzentos gramas por semana". Se aumentarem mais também não é bom. Depois mediu-lhe o comprimento (50 cm) e o perímetro cefálico (37 cm). Tudo bem, tudo normal.

Fomos depois para a consulta com a médica de família, que mais uma vez confirmou ser, além de médica, uma excelente pessoa. Foi super-meiga com o João tendo sido a ela a despi-lo sempre muito cuidadosamente. Fez "n" perguntas e depois de o observar confirmou que está óptimo. Recomendou a vacina Prevenar e receitou-a para o João. Em relação à do Rotavírus, explicou-nos que a vacina tem algumas limitações e que, uma vez que o João não vai para a creche, será uma decisão nossa se a queremos administrar ou não.

Depois, aproveitei para lhe dizer que tenho tido dores horríveis na mama direita e após a palpação ela disse que o meu leite está a encaroçar em ambos os seios. Sugeriu que os esvaziasse com uma bomba no final de cada mamada. Ora... o problema é que nós até temos uma bomba eléctrica, mas o máximo que consigo é tirar 3 ou 4 gotas e fico cheia de dores. Ela ofereceu-se para vir cá a casa (!) no final do expediente para ajudar... mas como tínhamos a outra consulta às 17h, o papá veio buscar a bomba a casa e fomos novamente ter com ela ao centro de saúde, onde estivemos cerca de meia hora a tentar, sem sucesso... Vai ter mesmo que ser à mão ;o)

Seguimos para a consulta com a pediatra. Foi muito simpática e atenta e deixou-nos à vontade para lhe telefonar caso seja necessário. O peso e as medidas coincidem com os registados no centro de saúde e ela reforçou que os valores estão óptimos! Comentou que o João vai ser magrinho como o primo ;o) Reparou logo numa série de coisas que "escaparam" à médica de família... O João tem os pés virados para dentro. Assim, temos que lhe fazer todos os dias uma pequena massagem em que vamos puxando os pés para fora, para que fiquem direitos. Reparou também que ele tem a pele super-seca, coisa que já tínhamos visto... Recomendou que lhe déssemos banho com Oleoban e que lhe puséssemos creme gordo da barral no corpo todo. Para o rosto receitou um bálsamo (não tenho aqui à mão e não me lembro do nome...) porque ele está cheio de borbulhas, principalmente no queixo (segundo a minha mãe, tia, avós e afins, o João está a "medrar", o que equivale a dizer que está a crescer). Receitou as vacinas Prevenar e Rotavírus e umas gotas de vitamina C, para ajudar a prevenir as constipações.

Como estou a amamentar, recomendou que beba dois litros de água por dia e que evite os seguintes alimentos: café, chocolate (ó vida dura...), carne de porco (o que inclui os enchidos), marisco, natas, citrinos (laranja, kiwi, morangos...), tomate e couve lombardo. Como o João está bem, é para continuar com a amamentação exclusiva.

Em relação às questões que coloquei, as médicas estão de acordo:

- Apenas durante o primeiro mês de vida é aconselhável que se acordem os bebés para mamar de 3 em 3 horas, sob o risco de ficarem hipoglicémicos porque o fígado ainda não funciona em pleno. Claro que se eventualmente passarem 4 horas entre mamadas, não há problema;

- A partir do segundo mês de vida, o próprio bebé começa a adoptar alguns horários para mamar;

- Água, para já, não é necessário porque têm tudo o que precisam com o leite da mamã; no entanto, em casos de calor extremo (ondas de calor) pode oferecer-se água, mas o ideal é mantê-los em locais frescos para que não sofram com as temperaturas elevadas;

- Espreguiçadeira e ginásios/tapetes de actividades: podem ser utilizados desde o nascimento;

- Passeios ao ar livre: desde o nascimento, tendo em conta as condições atmosféricas e as horas de maior calor.

- Passeios em locais fechados e idas a restaurantes e outros locais públicos: a partir dos três meses é mais seguro porque já têm as vacinas; no entanto, podem sair desde o primeiro dia, desde que os pais assegurem que NINGUÉM se põe a dar beijinhos e a respirar, tossir, espirrar para cima deles, principalmente estranhos e pessoas sobre as quais não sabemos o estado de saúde;

- Marsúpio: como chegámos à consulta a transportar o João num marsúpio, ficámos a saber que, segundo a pediatra, é a melhor forma de transportar um bebé e que, inclusivamente, ajuda a prevenir a displasia da anca.
...
Chegámos a casa bastante cansados, principalmente o João, que viu os seus soninhos interrompidos três vezes numa tarde. Como consequência, ficou mais agitado e brindou-nos com uma noite um bocadinho mais inquieta em que reclamou maminha de duas em duas horas e depois exigia alguns miminhos antes de voltar a adormecer.

terça-feira, 6 de maio de 2008

3 semanas

Estamos apaixonados por ti. Cada vez mais...
...
O João está óptimo! Tem mamado muito bem e nota-se que cresceu. Já há uma ou outra peça de vestuário que deixou de lhe servir e outras já lhe ficam a "fugir à polícia". Tirando uma ou outra birra, é muito raro ouvi-lo a chorar sem ter um bom motivo: fome, fralda suja, sono, cólicas... ou mimo ;o) À excepção de algumas cólicas que o afligem de vez em quando e que passam com uma massagem da mamã ou do papá (principalmente do papá) os intestinos dele têm funcionado às mil maravilhas! Dá cada peidinho (peidinho... se faz favor!) que impõe respeito a qualquer adulto que se preze! LOL! Há dias em que eu e o papá ainda olhamos um para o outro interrogativamente... "Foste tu?!... Não... foi o João!"

O Joãozinho também já aguenta grandes bocados acordado a olhar em volta. É muito atento a alguns bonecos mais coloridos e aos dois Yorkshires (mini) que temos cá em casa. Também tem bom ouvido e reconhece a voz do papá e da mamã a milhas!

Salvo uma ou outra noite mais difíceis, até nos tem deixado dormir qualquer coisa! Continua a reclamar pela maminha de 3 em 3 horas, por norma, mas às vezes aguenta 4 ou 5 horas!
...
A mamã ainda não está a 100%, mas está a melhorar aos poucos. Os pontos ainda incomodam, apareceram as queridas hemerróidas para se juntar à festa e tenho tido dores horríveis numa das maminhas, mas já estamos a tratar do assunto :o)

Tento dormir o máximo que consigo... acho que nunca mais na vida vou dormir profundamente... acordo a cada suspiro do João, mas é mesmo assim! Tenho tido algumas crises de "baby blues", mas depois passa. Com o passar do tempo vou-me sentindo mais tranquila, confiante e segura.
...
O papá tem sido incansável e temos dividido as tarefas... Eu dou maminha, o pai põe a arrotar e verifica a fralda. O turno do dia é meu e o da noite é do papá, em caso de choradeira do João :o) Eles já foram os dois umas quantas noites para a "night"... no sofá da sala, para a mamã ter direito a dormir!
...
No Sábado fomos visitar os bisavós do João ao Bombarral. Acordámos às 7h para dar maminha ao Joãozinho e como ele depois estava todo entretido a gesticular e a "falar" sozinho, achámos que era boa ideia aproveitar a manhã para dar uma volta com ele. Aparecemos de surpresa e escusado será dizer que ficaram todos babados e felizes! A avó Cacão deixa sempre escapar uma lágrima quando vê ou fala no "seu menino". O João teve ainda a sorte de sentir o quentinho do colo da avó ao adormecer. Também a mamã adormeceu muitas vezes ao colo desta querida avó...

Depois aproveitámos para ir até ao Arena Shopping, em Torres Vedras, para comprar umas coisitas que estavam em falta. Maravilha, aquilo ao Sábado de manhã está às moscas e pudemos fazer tudo tranquilamente. O João saiu do Bombarral a dormir, esteve o tempo todo no shopping a dormir e só acordou quando chegámos a casa para reclamar o seu almoço.
...
No Domingo, Dia da Mãe, fomos almoçar a Belas, a casa dos avós maternos. Mais uma vez o João só deu um ar da sua graça quando quis comer, ferrando-se a dormir o resto do tempo! Foi brindado com muitos beijinhos e festinhas do primo Rodrigo, que está desejoso que ele cresça para poderem brincar juntos. É vê-lo e ouvi-lo a perguntar de meia em meia hora: "Oh tia, o «pimo» já cresceu?!" LOL!
...
Não tenho tido muito tempo para actualizar o blog e as visitas aos vossos cantinhos... ainda não consegui ajustar os horários e quando tenho um tempinho aproveito para dormir, para dar um jeito à casa ou para estar um pouco com o papá do João a namorar ;o) Este fim-de-semana até conseguimos ver dois filmes... com muitos intervalos e interrupções, mas conseguimos! :D
...
E hoje à tarde vamos à pediatra. É a pediatra do meu sobrinho e como a minha irmã gosta muito dela... vamos experimentar. Pelo que percebi pela conversa que tive com a médica ao telefone, aquando da marcação da consulta, parece ser muito disponível e prestável, tendo-me facultado o número do telemóvel e deixando-me à vontade para lhe telefonar se tivesse alguma dúvida antes da consulta. A minha mãe também a conhece e diz que ela é muito profissional e muiiito meiguinha com os bebés. Depois conto como foi...

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Vacinas

Foi hoje o grande dia, o João foi levar as primeiras vacinas.
Pensei que ia fazer um berreiro enorme e eu já entrei no consultório de lágrimas nos olhos e com o coração apertado... Pois bem, o João portou-se lindamente! Entrou a dormir, o papá despiu-o e ele continuou a dormir para só acordar com a primeira picadela... primeiro no braço e depois na pernoca. Chorou um bocadinho, mas nada de especial, para logo depois começar a reclamar pelo seu leitinho! É um comilão este rapaz... Haja maminha! Para variar um pouco, a enfermeira que o vacinou foi muito atenciosa e meiguinha com ele e ficámos de voltar para as vacinas dos dois meses. (Nota: as vacinas são dadas no Centro de Saúde de Peniche, felizmente! A outra dita sra. é da extensão da "santa terrinha" onde vivemos...).

Quanto à alimentação, continuo a dar só mama ao João que reclama pela sua refeição de 3 em 3 horas ou de 4 em 4 horas. Houve uma noite em que nos enganou (ou esqueceu-se, lol) e deixou-nos dormir 6 horas. Regra geral aguenta cerca de 3h entre as mamadas durante o dia e à noite um pouco mais.

A mamã até tem medo de dizer que está melhor e que hoje já experimentou sentar-se para dar maminha ao João! Ainda bastante dorida... mas nada que se compare às dores que já tive. Acho que isto agora é capaz de ir ao lugar! ;o)

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Trocas e baldrocas

A ida ao Centro de Saúde para o peso foi, simplesmente, lamentável.

A enfermeira deixa muito a desejar... a médica ficou de marcar a consulta na terça-feira à tarde e nada, temos que lá voltar na sexta para saber alguma coisa. O George foi lá ontem e deram-lhe um boletim de saúde que não era o do João... ainda bem que ele deu pela troca... Espero que não dêem sumiço ao nosso!

As condições da sala de enfermagem são de fugir! A enfermeira enfiou, literalmente, 4 ou 5 crianças de 5 e 6 anos, bebés recém-nascidos e respectivos pais e mães na mesma sala (minúscula e com uma temperatura que devia rondar os 30 graus centígrados ou mais...), tudo nuzinho e ao monte à espera dos respectivos pesos e medidas.

O peso do João deu 3,160 kg, muito inferior ao que tinha dado na farmácia (3,250 kg), mas ligeiramente superior ao peso à nascença (3,150 kg). Perguntei se era normal e a resposta foi: "é das balanças". Tendo em conta que o João na maternidade foi pesado em 4 balanças diferentes, mais uma na farmácia e uma no centro de saúde, a conclusão a que chego é que não sabemos, afinal, a quantas anda o peso dele... A sra. enfermeira achou o peso bom e disse que se ele aguenta duas horas entre as mamadas é porque está satifeito e o meu leite é suficiente... Esclarecedora?! Não me parece... Fiquei atarantada. Fiquei irritada. Fiquei revoltada.

Resultado: haja dinheiro para ir a um pediatra particular... Assim faremos, já temos consulta marcada para a próxima terça-feira.