sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

9 meses












Só de pensar que daqui a 3 meses já faz um ano até se me dá uma coisinha!

Ontem foi à pediatra para a consulta dos 9 meses e também porque está outra vez todo ranhoso e cheio de tosse. Felizmente que não passa de uma constipação em vez de uma recaída da bronquiolite, que era o que eu temia. Tem também algumas aftas, a maioria delas provocadas por dentes que estão a nascer...

Desta vez aumentou bem de peso e já vim mais descansada. Conta agora com 6,950 kg, 69,5 cm e PC de 44 cm. Vamos introduzir a gema de ovo e o peixe. De resto mantem-se. Continua a não comer a sopa que devia, mas já está melhor. E mama, muita maminha! Ao contrário da pediatra do hospital que quer que ele coma papa porque precisa de engordar, a "nossa" pediatra acha que ele fica muito bem com a mama e não vale a pena estar a fazer dramas - ele não gosta particularmente de papa e iogurtes nem vê-los. Quanto muito disse para lhe dar uma bolacha ou um bocado de pão ao lanche, depois de ter mamado.

Continua nas suas tentativas, até agora sem sucesso, para se pôr em pé. Gatinhar também não parece estar nos planos dele, já que detesta estar de barriga para baixo - temos logo berreiro.

Ontem e hoje lá ganhei coragem para o deixar um bocadinho em casa dos avós paternos. Ontem ficou 45 minutos, sempre choroso e ao colo. Hoje, dia de corso de carnaval dos manos mais velhos, ficou duas horas e correu melhor. Adormeceu no saltitão - o que já tinha acontecido uma vez esta semana com o pai - e era lá que estava quando o fomos buscar :)

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

O terceiro

Mais um dente que caiu :)

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Dentista

Na sexta-feira à tarde levámos a Rita ao dentista pela primeira vez para fazer uma revisão. Não tem cáries, mas daqui a uns anos vai ter que usar aparelho para corrigir a posição do maxilar inferior. Ela portou-se lindamente e no final, como recompensa, a assistente do dentista deu-lhe um diploma e... pintou-lhe as unhas de cor-de-rosa :)

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Do dia do amor

O dia de hoje vale pela alegria dos miúdos. Mesmo sem perceberem muito bem o que é isto do Dia dos Namorados, acabam por associar o dia à amizade e ao amor.

E por falar em amor, temos um João apaixonado cá por casa. Passou 2 ou 3 dias a fazer desenhos, principalmente corações, para oferecer hoje à namorada - ôi?! Estava tão contente quando o fomos buscar! Diz que lhe entregou os "presentes" quando o pai a foi levar e que ela lhe disse "obrigada". O amor, assim, é lindo... :)

Negativa!

Ontem voltei com o Pedro às urgências para sabermos o resultado da urocultura: negativa! Ufa!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Visita às urgências

Ontem Pedro passou o dia todo muito choroso e murchinho. À noite, achei-o quente e quando fui medir a temperatura estava com 38,8 ºC rectal. Sem mais sintomas. Com o problema renal dele já sabemos que, quando aparece febre assim do nada, ganhamos como brinde uma ida às urgências para fazer análises à urina. Agarrei nele e lá fomos. Felizmente, parece que foi um episódio pontual e as análises não revelaram infecção urinária, mas ficou lá uma amostra para fazer a urocultura - que demora dois dias. Tive a sorte de estar de serviço a pediatra que o segue na consulta externa - com quem fui falar, assim que a vi - e ficou de olho nele. Viemos para casa, depois de 3 longas horas, com indicação para voltar se a febre alta voltasse. Se não, para irmos na quinta feira porque já terão o resto dos resultados das análises.

Felizmente a febre não mais o ar da sua graça e hoje tem estado bem disposto. Assim sendo, amanhã lá iremos novamente...

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Os putos gostam de ser do contra.

No Sábado, dia em que gostaríamos de ficar mais um pouco na cama, o Pedro acordou às 6h30.
No Domingo, outro dia em que gostaríamos de ficar mais um pouco na cama, o Pedro acordou às 7h.
Hoje, dia em que nós temos obrigatoriamente que acordar às 7h, o Pedro dormiu até às 10h.

E é isto.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

A alimentação do Pedro: BLW

Sobre o que BLW.

Ora bem, como o Pedro continua a não engraçar com a sopa, fruta passada, papas e afins, e como a pediatra sugeriu que lhe dessemos comida inteira - cenoura cozinha em palitos, banana cortada em palitos, maçã ralada, bocados de brócolos, carne desfiada, basicamente, comida que ele consiga segurar e comer sozinho -, esta semana decidi voltar a tentar. Já o tinha feito por volta dos 7 meses, mas ele não mostrou grande interesse em nada. Desta vez a coisa foi diferente. Gostou e comeu. Sujou-se todo e a tudo à volta, mas agarrou em comida e levou à boca - esta é a parte em que cantamos o ALELUIA! Gosta de banana em palitos; quando lha dei passada vomitou. Gosta de maçã ralada; quando lha dei passada vomitou. Gosta de brócolos e de cenoura. Gosta do perú e do frango desfiado. Claro que não ingere quantidades aceitáveis - para os nossos padrões do que seria desejável -, mas, pelo menos, come e ninguém chora, nem grita, nem desespera. É bom para ele e tem sido bom para nós.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Nós por cá

O João ainda está a tomar o antibiótico, mas já está bem.

O Pedro fez 3 sessões de ginástica respiratória e está bastante melhor. Mesmo assim continua com bastante tosse que, segundo a terapeuta, é bom que a tenha porque significa que está a limpar. Hoje vem cá outra vez para o auscultar e ver se precisa de mais sessões. Continua confinado à prisão domiciliária porque não me arrisco a sair com ele com o vento e com o frio que tem estado.

Como tivemos um fim-de-semana muito caseiro, o João pediu ao papá para fazer um avião e aqui está o resultado: