terça-feira, 3 de abril de 2012

Aviso

É sempre bom chegar ao jardim-de-infância e ter um recado no cacifo com um aviso de casos de escarlatina na instituição - na sala do João e na seguinte.

O meu primeiro instinto foi virar costas e trazê-lo para casa. Mas fui razoável porque sei que ele, mais cedo ou mais tarde, vai acabar por ser exposto e apanhar estas doenças típicas da infância - ele ainda não teve nenhuma - e que mais vale agora do que na adolescência ou idade adulta, em que podem ter consequências muito mais graves.

A ver vamos...

10 comentários:

Andreia disse...

No domingo, no parque infantil, em conversa entre mães também ouvi esses rumores de casos de escarlatina nos infantários aqui do Norte. Pelos vistos o surto é geral e é assustador! Se calhar também pensava trazê-la de volta, já que não é uma simples varicela, que todos têm que ter 1 vez... mas deves ter razão, não dá para os pôr num aquário a vida toda!

Aline disse...

Deixa lá. Mais vale agora do que mais tarde. Há nórdicos "malucos" que até expõem os filhos perto de outras crianças com esse tipo de doenças ditas infantis, para as apanharem e criarem os ditos anticorpos.
Beijinhos

Paula disse...

Na escola dos meus também registaram um caso na semana passada. Até agora, nenhum se queixou mas eles têm que ter estas doenças algum dia e mais vale agora, como disseste.

Andreia disse...

Olha, pelo que li agora enquanto a maioria das doenças típicas infantis são víricas, a escarlatina é causada por uma bactéria, logo a imnunidade posterior é muito mais reduzida, isto é por terem uma vez não quer dizer que não tenham mais. Por outro lado, já não é uma doença tão grave como antigamente, trata-se com antibiótico!
Bjs

Barriguita disse...

o Pedro já teve escarlatina duas vezes. no fundo, é uma amigdalite forte acompanhada de exantema - nada de muito grave. a 1.ª vez que teve estava eu gravidérrima da Clara e fiquei alarmada, mas logo percebei que não é nada de tão preocupante, desde que tome antibiótico. assuata mais o nome do que os sintomas - eu pensei que era uma reação alérgica ao sol, porque ele nem febre teve.

é claro que ninguém gosta que os filhos estejam doentes, mas confesso que estas coisas eu prefiro que tenham agora - eu nunca tive varicela e vivi sempre com o coração nas mãoes, especialmente nas gravidezes. os meus já tiveram - a Clara aos 4 meses - e foi um alívio, confesso.

nada de stresses... antigamente é que estas doenças eram piores, agora a coisa já não é tão grave. beijocas

Sofia disse...

Escarlatina pode ter-se mais do que uma vez (é aquilo que a Andreia disse).
De qualquer modo, não acho que o devias ter trazido, a escarlatina é uma doença sem grandes complicações e não quer dizer que ele a apanhe (no infantário do miguel já houve e ele não apanhou).
Bjs

Anónimo disse...

A maria ja teve escarlatina e varicela. Eu sou apologista q o melhor é apanhar tudo antes de andarem na escola :) SRC

Tere disse...

Na escolinha da Matilde é a varicela... no caderninho dela lá vinha o aviso... da salinha dela já 4 meninos tiveram :( mas ela é riga hihi... mas é como dizes, antes agora do que quando tem consequências piores...
Bjinhos

mãe pimpolha disse...

O problema da escarlatina é que pode-se apanhar uma carrade de vezes, mas nada que uma amoxicilina não trate.
Beijocas

Mamã Petra disse...

Cá em casa já todos tiveram pelo menos uma vez e eu tive grávida da Margarida e não foi alarmante, como já disseram trata-se com antibiótico, e é muito bom avisarem logo, há muitos infantários que não têm esse cuidado.

Beijinhos