domingo, 28 de novembro de 2010

Desabafo

Há dias em que parece que só andamos com o pé esquerdo. O João faz birras atrás de birras, já nem sei bem se por ciúmes da irmã ou se pelo seu próprio (mau) feitio. Os castigos não resolvem, as palmadas não servem de nada, os ralhetes, o tentar explicar a bem... NADA! Tem ataques de maldade pura (sim, maldade), grita connosco a torto e a direito, esperneia e bate. E depois, de repente, passa. Às vezes mais parece que temos dois meninos diferentes em casa... Ontem fez das boas (not...) em casa do meu irmão à frente de toda a família - penso que seria para ver como eu reagia e se tinha alguma margem de manobra por ter tanta assistência. Saiu-lhe o tiro pela culatra, levou duas palmadas no rabo e ficou de castigo. Isto tudo deixa-me triste e desanimada... não sei que mais podemos fazer para ele perceber que o amamos com todo o coração e que a chegada da irmã não mudou em nada o que sentimos por ele. Todos os dias me desdobro para ter tempo de qualidade com ele e para fazermos coisas sozinhos, mas nunca parece suficiente. Também não acho justo deixar de dar colo e mimo à Rita só para ele não sentir tantos ciúmes e, como é evidente, não o faço. Também ela tem todo o nosso amor e atenção. Caraças pá, já não sei mesmo o que fazer.

Com isto tudo (e outras coisas) ando uma pilha de nervos e há dias em que só me apetece chorar. É um desespero que só passando por isso... para ajudar à festa tenho tido muito menos leite e há alturas do dia em que a Rita tenta mamar e acaba por ficar a chorar (ela e eu...). Acabo por lhe dar suplemento porque não quero a miúda com fome e vai-se criando um ciclo vicioso. Nos últimos dias só fica satisfeita com a mama em duas das cinco refeições que costuma fazer... Já me ando a passar da marmita e estou a pensar começar a dar-lhe sopa ao almoço porque assim sempre é menos um biberão de LA por dia...

E, posto isto, estou com um humor de cão...

18 comentários:

Adriana disse...

Minha queirda, por aqui passa-se exactamente o mesmo.
Compreendo perfeitamente o que sentes...é desesperante.
Ao principio tb pensei que fossem ciumes da irmã, mas agora acho que é mesmo para dar nas vistas.
Temos de ter calma...mas é mt dificil.
Bj grande ;)

♥ Marta ♥ disse...

Puxa! Não está mesmo fácil :S
Por cá também temos dias assim, é desesperante...
Tenta relativizar, sei que não é nada fácil, mas acho que quanto menos importância deres mais depressa lhe passa. Mas depois há coisas que não podemos deixar passar em branco, bem sei.
Dá mais vezes maminha à Ritinha para ver se o teu leite não se vai... vais ver que daqui a uns dias estás mais calminha e fica tudo bem.
Hoje os beijinhos são só para a mamã que ela está a precisar! Tudo de bom.

Patrícia Teodoro disse...

Não tenho teorias nem prácticas pra te ajudar, porque sinceramente acho que aqui há pouco a dizer. Paciência muita paciência á o que te desejo e espero que esta fase passe depressa. beijos grandes

Mamã Nocas disse...

Eu compreendo-te como te sentes, há dias assim em que estamos mais frágeis e desabamos, choramos e parece que ninguém nos compreende...
Amanhã de certeza que será um dia melhor.
Ser Mãe é passar por isto mesmo, somos fortes ãs não somos de ferro.
Beijinhos e está a fazer o correcto em relação ao João, não te sintas menos mãe por isso, ele ama-te e tu a ele, mas há dias mesmo dificeis!

Barriguita disse...

se eu soubesse o truque mágico, juro que partilhava contigo. mas, se te serve de algum consolo, or cá às vezes é igual.

bjinhos e muita paciência!

Mami ( Sónia ) disse...

Imagino que não seja mesmo nada fácil, mas acredito que seja uma fase e que vá passar, ele vai acabar por perceber que vocês o amam muito apesar de ter uma mana.
Sei que não é fácil mas tenta ter calma e muita paciência. Dá mais vezes peito para ver se o leite não acaba.
Beijinhos grandes e muita força.

Catarina disse...

Palavras mágicas para esta situação não há..Não sei o que te dizer excepto para teres calma e tentar minimizar o teu stress..Esta fase do João acho que muitas mães passem por isso..Eu lá em casa neste momento estou a chantagear o meu filho: "Tiro-te a televisão do quarto, se não fores tomar banho" e muita das vezes só funciona quando tenho a televisão ao meu colo já a sair do quarto, para tu veres! e estou a falar de uma criança de 3 anos!
Vá força e tenta mesmo minimizar o stress..
Bjs

Sílvia disse...

Por aqui também temos dias assim (felizmente ainda são poucos). Paciência, isso vai passar.

Beijinhos

mãe pimpolha disse...

O Edu estátal e qual, ainda no sábado levou umas boas palmadas. ainda por cima ando tão desesperada com a gatinha e ele só me moi.
Beijocas

Lice disse...

Não tenho ainda muita experiência para poder dar conselhos, mas em relação ao leite é um fantasma que me persegue desde que a Laura nasceu, estar sempre com receio termine... Como tiro com bomba, vou apontando o que vou retirando e acredita que nos dias que ando mais stressada ou triste é quando tiro menos. embora seja dificil, tenta descontrair, repousar e como li algures, pensar apenas na próxima mamada, pois mamada a mamada vão-se passando os dias e os meses! Beijinhos para vocês

liliana disse...

Linda, não sei o que te dizer... Acredito que não deve ser mesmo nada fácil... Então, comigo, que passo tanto tempo sozinha (o P. dá formação fora do país)...

Resta-me dar-te muita força e paciência, querida!

(Estamos bem, mas com o tempo muito reduzido.)

Beijinhos

Manuela disse...

Olá, lá por casa, na maior parte das vezes, só há a Leonor e as birras e o mau feitio, são idênticos ao que descreves do João (e olha que a miúda também aplica palavras como p*** e M****, que aprendeu com os primos). Normalmente estas "sessões" acabam comigo a dar-lhe uma palmada em cheio e com ela a soluçar de tal maneira que acaba por vomitar. Percebi que quando eu ando mais stressada, de alguma maneira, ela fica mais irrequieta e a exigir atenção. Nessas alturas, quando tenho que me dedicar a outra coisa e não lhe posso dar 100% atenção tento po-la a fazer alguma coisa que a distraia e só então começo a fazer as minhas coisas. Às vezes funciona, mas nem sempre...
Quando tive a Leonor quase que entrei em depressão com a história da amamentação. Por isso, teve uma semana de maminha e depois passou logo para o biberon. E o mesmo acontece com outras mães e não é por isso que os bebes passam pior. Acho que não te deves culpabilizar de nada e sim pensar "boa, pelo menos até agora teve maminha!". bjinhos grandes

Manuela disse...

Desculpa, escrevi de mais. Só mais uma coisa: "palmada em cheio", não significa espancar a miúda. O problema é que ela fica tão indignada que ainda se enfurece mais.
bjinhos

mamã ET disse...

Olá minha querida... bolas,que rai se passa com estes miudos... eu só tenho a rafa e com um comportamento em tudo semelhante ao do joão, e não tem ninguem de quem ter ciumes... junta-lhe ums noites terriveis sem pregar olho, stress no trabalho, um papá ausente, mesmo que esteja pesente é o memso e ai tens a razão para o inicio da minha depressão....
Por isso minha querida, força, não te deixxes ir abaixo... um grande beijo...

prlinpinpin disse...

Pois, percebo-te muitoooo bemmmm!
Valha-nos uma boa dose de paciência e nunca vergar.
E tudo voltará ao normal(pelo menos tenho esperança que sim).
Cá em casa até estava tudo a correr +- bem, até a operação do pequenino e a a minha consequente ausência. Agora anda terrivel, ciumes e mais ciumes. Enfim, nós havemos de conseguir superar da melhor forma, vais ver!
Bjs

Sofia disse...

Eu acho que estás a atribuir o comportamento do João à irmã e não é disso.
O Miguel não tem irmãos e ontem à noite (e no sábado. E um bocadinho no domingo) juro pela minha saúde que estive quase quase quase a perder a cabeça e a bater-lhe a sério. A sério mesmo, que as palmadas apanhou umas quantas....Foi assim até à meia noite e meia. Sim, meia noite e meia. Só faz disparates, guincha, grita, dá pulinhos...agarra-se a nós a chorar porque quer isto ou aquilo....Quer dormir no sofá, quer andar nu...Acreditas que fez cocó no chão da sala????
Anda nu em cima das costas do sofá...
Para teres uma ideia, eu acho que é mesmo uma fase dos 2 pós 3 anos...É preciso muiiiita paciência e eu já tenho pouca. Até o pai que é bem mais calmo ontem já estava desesperado...
Por isso, conselhos não tenho, nem dicas. Quando as descobrires diz-me.
Mais uma vez não creio que seja pela irmã, nem ciúmes nem nada. O meu é o rei cá de casa e é aquilo que se vê. Ontem andei a limpar cocó da casa-de-banho (paredes, móveis, etc) e mais não te conto.
Bjinhos e força aí. Eles ainda não estão em maioria aí em casa LOL

Ana Costa disse...

Linda tens que tentar ter calma para não entrares numa depressão... Sei que deve ser uma fase difícil e com duas crianças não deve ser mesmo nada fácil.

Tenta insistir com a maminha para ver se o leitinho não seca e paciência, muita paciência (que na maioria das vezes não é fácil)

Beijocas e força

© ●•TéTé £ XαVιєя•● disse...

Mara, talvez o João ande assim por te sentir mais tensa... que hoje seja um dia melhor, é o que te desejo, além de muita paciência!

Beijos
Tété & Xavier