domingo, 3 de fevereiro de 2008

Falência?!




O avô Carlos chegou hoje a uma conclusão muito importante! A avó Sofia está a esforçar-se bastante para levá-los à falência ;o) A minha mãe, simplesmente, não resiste a comprar miminhos para o João e para o Rodrigo (o meu sobrinho lindo!). Só hoje o João recebeu dos avós maternos: uma camisola da Chicco, 3 casaquinhos, uns lençóis de cama e dois pares de meias.

Quanto à mamã e ao papá parece que também não andamos muito longe da bancarrota! Na sexta-feira começámos a ver o que nos faltava de essencial para começarmos a separar as roupas para levar para a maternidade e chegámos à brilhante conclusão de que não tínhamos quase nada em tamanho de recém-nascido. Apesar de nos parecer que não devem ser precisas muitas coisas neste tamanho, achámos conveniente ter algumas mudas de roupa em tamanho 0. Assim, lá fomos nós gastar mais uns "euritos" no que ainda resta dos saldos e até encontrámos algumas coisas úteis e bastante acessíveis. Comprámos também um termómetro daqueles de medir a temperatura no ouvido em 1 seg., biberons, escovilhão, álcool específico para o umbigo dos bebés, cotonetes, cremes, aspirador nasal, um tapete e um cesto para a roupa suja do João, etc., etc., etc.. Também comprámos algumas coisas para a mamã, claro! ;o)

Apesar de todas as despesas, continuamos a ser uns sortudos porque nos emprestaram e deram montes de coisas que são necessárias e muito caras... como a cama, colchão ortopédico, alguma roupa de cama, a alcofa, o carrinho, o ovo, a espreguiçadeira, a cama/parque, o esterilizador de biberons, o aquecedor de bebiberons, os intercomunicadores,... entre muitas outras coisas.

5 comentários:

Sofia e Pedro disse...

Olá Mara, vou dizer-te uma coisa: achei as roupinhas o máximo!Pois é, a lista de um bebé é interminável :-) Mas sabe tão bem abrirmos a carteira e comprarmos coisas para o nosso bebé!
Fazes bem em comprar roupinhas de tamanho 0 mas não apostes muito nelas. Alguns conjuntos são o suficiente pois os bebés crescem à velocidade da luz e se o João for grandote, as roupinhas 0 deixarão de lhe servir num ápice!
Beijinhos xl e bom início de semana, Sofia, Pedro e Joana

Sofia disse...

Que coisas lindas!
É bom "herdarmos" algumas coisas, mas também sabe bem fazermos umas comprinhas para os nossos meninos, não é?
Bjinhos

Nina disse...

Coisinhas tão fofinhas... Adorei... :)

agarraavida.blogspot.com disse...

Olá, sofro do mesmo mal, e também acho que qualquer dia vou mesmo andar perto da falência, lol.
Olha, não compres muita coisa para recém nascido, é preferível comprar para 1 mês, se depois vires que te fazem falta roupinhas de recém nascido compram num instante. Eu, o que comprei para a Gabriela tamanho zero (2 fatinhos e 3 pijaminhas) ela não vestiu pura e simplesmente. Não conseguia esticar as pernas, os fatinhos eram pequeninos para ela, e olha que nasceu com 48 cm, não era um bebé muito grande.
Beijinhos.

Irina disse...

que bom que vos emprestaram e ofereceram tantas coisinhas , nós tivemos decomprar tudo pois não ha bebes na familia proxima e só o carrinho ovo etc é que a avó paterna deu, claro que a minha mae tem ajudado muito