quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Visita à maternidade

Hoje foi o dia em que tínhamos marcado a visita ao serviço de maternidade do Centro Hospitalar das Caldas da Rainha. Às 14h em ponto lá estávamos nós ansiosos por conhecer o sítio onde o nosso filhote vai nascer.

A enfermeira que nos acompanhou começou por explicar os procedimentos que devem ser tomados aquando da entrada na urgência da maternidade. Conhecemos todas as instalações: urgência obstétrica, quartos de dilatação (fiquei surpreendida pela positiva, apesar de ser um hospital velho, nota-se que tem sido feito um grande esforço em proporcionar privacidade e conforto às mamãs e papás), sala de partos, unidade de internamentos neonatais, unidade de internamento de puérperas e wc’s.

Houve sempre espaço para o diálogo e para colocarmos todas as perguntas que achássemos necessárias. Pedi para nos mostrarem as famosas ventosas e fórceps, ao que a enfermeira acedeu prontamente. Perguntei também sobre a política de amamentação e fiquei a saber que a maternidade das Caldas é um “hospital amigo dos bebés”, tendo-nos sido facultado o Manual de Aleitamento Materno. Logo após o nascimento, e prestados todos os cuidados necessários ao bebé, este é imediatamente colocado ao pé da mãe. Salvo situações que requeiram cuidados especiais, claro. O bebé e a mãe estão juntos durante o período de recobro e vão juntos para o quarto, onde o berço é colocado ao lado da cama da mãe. A banhoca do bebé tem lugar no dia seguinte ao nascimento, em que uma enfermeira lhe dá o banho na presença da mamã e explica todo o processo. Nos dias seguintes é a mãe, com o apoio da enfermeira, que dá o banho ao seu filhote.

Ficámos a saber que esta maternidade incentiva e apoia a participação do pai no trabalho de parto, estando este presente em todas as etapas. Perguntei se, em caso de cesariana, o pai também poderia estar presente. A resposta foi directa... depende do médico...

Gostei bastante da visita e de conhecer todas estas coisas tão novas para nós com a devida antecedência. Parece-me que assim se pode diminuir parte da ansiedade que rodeia o desconhecido da hora do parto das mamãs e papás de primeira viagem.

4 comentários:

OD disse...

Eu tambem gostei muito da visita ao "meu" hospital, acho muito positivo abrirem-nos as portas e explicarem tudo :)

Ana e Kiko disse...

Ainda bem, é sempre bom gostarmos do sitio, principalmente p saber p o k vamos... abrir as pernocas. hihi

Tété & Xavier disse...

Muito útil essa visita e é sempre bom estar a par de tudo antes da chegada do grande dia!
A tua barria está linda, parabéns!
Beijos
Tété

Sofia e Pedro disse...

Olá Mara, sem dúvida que a visita à unidade de obstetrícia ajuda-nos a diminuir a ansiedade, colocando questões e familiarizando-nos com o espaço onde o nosso filho vai nascer e onde permaneceremos dois a três dias após o parto.
Ainda bem que ficaste satisfeita com os serviços que terás à tua disposição!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana