quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Onde estarei a errar?

A Rita regrediu no desfralde... mas assim "à grande e à francesa", com direito a cocós diários nas cuecas e até no banho; ou então espera pela fralda da sesta e da noite, que ainda usa, para fazer o dito cujo. E não o faz sem perceber ou quando está a dormir, que já a encontrei por diversas vezes agachada na cama, com a fralda posta, a fazer cocó.

Já lhe explicámos 1000 vezes que não pode ser; já lhe demos castigos, ralhetes, recompensas se voltar a fazer na sanita... nada resulta. No Sábado, já farta disto, depois de ela ter feito mais um cocó nas cuecas, num almoço de aniversário, e ter feito outro à noite, na água do banho - onde também estava o João -, confesso que me passei da cabeça... Perguntei-lhe se queria ser um bebé outra vez - e ela disse que sim -, não lhe dei jantar, dei-lhe um biberão de leite - que ela bebeu toda satisfeita - e depois foi para a cama. No dia seguinte continuei a tratá-la como trato o Pedro - como um bebé. Só começou a não achar piada à brincadeira quando lhe disse que os bebés não comem comida "a sério", nem gelados, nem brincam na areia, nem andam nos carrosséis. Os bebés como o Pedro só bebem leite, dormem, choram e fazem cocó nas fraldas. Acabou por pedir para já não ser um bebé e andou 2 dias a fazer os cocós na sanita. Mas ontem voltámos ao mesmo fandango e hoje já lhe tirei mais uma fralda cheia de caca...

Sinceramente, não sei o que faça mais. Eu sei que é normal ela regredir com o nascimento do irmão, mas isto já começa a ser demais. Já faz ar de gozo e diz-nos que fez cocó na fralda a rir, como se soubesse que nos está a provocar... A minha paciência está no mau caminho... nem quero pensar no que ela fará em Setembro quando entrar para o jardim-de-infância.

7 comentários:

Marlene, Simão e Martim disse...

Nem sei o que te diga amiga.
Não está fácil mesmo.
Felizmente o Simão não regrediu com a chegada do mano e tinha a mesma idade da Rita.
Pensa que será uma fase e que logo irá passar.
Um grande beijo

Andreia disse...

Sinceramente se é por provocação e não regressão não sei que te diga: continuar a fazer dela bebé, já que resultou (sem ceder se não já sabe que pode esticar a corda) ou ignorar totalmente até se fartar . É difícil conseguir sem nos saltar a tampa!
E não te preocupes com o infantário, lá conseguem ser mais persuasivos! Lol E acredita que ela não vai querer ser a única de fralda!
Como costumo dizer, quando estou no meu "melhor", quando acaba a pedagogia começa a ditadura!
Boa sorte!
Bjoca

Maria João disse...

É um tema complicado, mas é claramente devido ao Pedro! Penso que irá passar com o tempo, talvez se não deres tanta importencia. Mas tudo isto talvez sirva para chamar à atenção dado que já não é a bebé da familia...Com a escolinha em Setembro, não te preocupes. São tão diferentes em casa e na creche...Vais ver que passará com o tempo.

Ana Costa disse...

Pois deve ser mesmo do nascimento do Pedro... não é fácil e a paciência deve estar nos pincaros... mas tenta ter calma :) pode ser que seja uma fase :) beijocas

Catarina disse...

Deve ser com onascimento do irmão que a Rita degrediu.
Mas olha que o meu Hugo gozava comigo e tb fazia muito nas fraldas e cueca. A médica pediu-me para deixá-lo em paz, e que ele próprio pediria depois o fim das fraldas, e foi mais ou menos isso que aconteceu. Voltei a pôr-lhe fraldas dia e de noite, e assim calmamente ele foi pedindo o penico. Mas eu não tenho bébés em casa. No teu caso a Rita tem ciumes do irmão.
Boa sorte.
Bjs

Full-time Mom disse...

Eu não sei se conseguiria fazê-lo sem me passar da marmita, mas talvez o melhor seja ignorar o comportamento dela durante um tempo a ver se lhe passa. Tenta. Beijinho

mãe pimpolha disse...

Ui, como eu te compreendo, tb era coisinha para me fazer passar da carola numa altura destas.
Boa sorte.
Beijocas*