quarta-feira, 12 de junho de 2013

2 semanas de Pedro

Não nos podemos queixar. O Pedro tem sido um bebé muito calmo, dorminhoco e comilão. Apesar de termos tido duas ou três noite mais difíceis - dar de mamar de 2 em 2 horas é obra -, esta noite já fez um intervalo de 4h - que me soube pela vida e deu para carregar (ligeiramente) as baterias.

O mais complicado foi mesmo a Rita e o João terem ficado doentes nesta altura. Se não era o Pedro a chamar pelas mamas, era um deles a gemer, ou a chorar, ou com ranho, ou com tosse, ou a querer água, ou a ter que tomar os medicamentos, ou, ou, ou... Mesmo assim acho que, entre mim e o papá, conseguimos gerir bem as tarefas e o cansaço acumulado. Se bem que o G. lida muito melhor com a falta de sono do que eu...

Tirando as poucas horas que dormimos, não noto grandes alterações às nossas rotinas - pelo menos para já. Foi muito mais difícil quando nasceu o João e, aí sim, era tudo novo e parecíamos uns "patós"... Quando nasceu a Rita o desafio foi lidar com os muitos ciúmes e com a agressividade do João em relação a nós. Com a chegada do terceiro filho não notámos grandes diferenças; a Rita adora o Pedro e quer ver tudo e participar nas tarefas todas; o João, salvo raríssimas excepções, limita-se a viver como se o irmão não existisse - e ainda ontem perguntou ao G. quando é que o Pedro se vai embora - ou a gritar-lhe para se calar quando ele começa a chorar - mas também já o apanhámos a cantar-lhe músicas de embalar para o acalmar; é mesmo assim o João... vai de um extremo ao outro.

Parece-me é que nós, como pais, estamos, de filho para filho, a saber desfrutar e aproveitar mais esta fase tão doce de bebé, de mimo e de colo, de total dependência de nós para tudo. Sem tantas dúvidas, sem tantos medos...

4 comentários:

Andreia disse...

A Joana adora o mano, só reclama por não poder dar-lhe mimos e beijinhos por estar doente. Não tem ciúmes directos, apenas pede para fazermos as coisas habituais com ela e doente ainda exige mais mimos. Tem sido impecável, quando ouve o mano chorar vem logo chamar-nos a perguntar se ele quererá leite ou chucha ;). Quando estamos nos cuidados dele vai brincando sozinha ao nosso lado (inédito). Tenho a certeza de que vão ser muito amigos. Estamos muito felizes por ser assim, vale a pena criar uma família.
Ainda não conseguimos aproveitar a 100% esta fase, sobretudo por causa da doença da Joana. Às vezes disparatamos! É verdade que agora temos muito mais certezas e despreocupamos muito, mas é muito cansaço e embora eu aguente mais que o pai, fico rezingona! Temos os momentos bons e é preciso não os esquecer, passa depressa!
Quem sabe com o 3º é o pleno? lololol (é muita hormona)
Parabéns pelo Pedro e pela tua família linda! Só o João mesmo para perguntar isso! E a Rita, é mesmo menina! ;)

mãe pimpolha disse...

Pois, dar mama mais de uma dezena de vezes não é fácil não, mas ainda bem que está melhor. Morro de inveja, eheh.
Eles é lindo mesmo.
Beijocas

Ana Costa disse...

:) está a correr bem :) São lindos todos!

beijocas

Mamã Petra disse...

Ele tem uns olhos enormes e lindosssssssssss.

Beijinhos