domingo, 14 de agosto de 2011

A lógica da batata

O João e eu, enquanto víamos um livro de opostos:

"- Aqui está o canguru com o bebé dentro da barriga e aqui está o bebé já fora da barriga da mamã. Lembras-te quando a mãe tinha a mana dentro da barriga?"

"- Sim! Tu eras um canguru e tinhas a mana muito pequenina dentro da tua barriga."

E é isto. As minhas crises existenciais têm razão de ser... Eu sou, afinal, um canguru.

4 comentários:

Tere disse...

Primeiro que tudo parabéns atrasados à Ritinha e à mama dela :) não andei por aqui por uns tempos e então não podia deixar a notinha :)
Segunda, a Ritinha tá lindaaaaaa :)
Tercxeito o JOão tá o máximo :) gosto muito das saídas dele :)

Bjinhos e até breve

mãe pimpolha disse...

Tem toda a sua lógica, lol.
Beijocas

Sónia Baptista disse...

Os miúdos têm o dom de dizer aquilo que pensam, sem preconceitos... a isto se chama pureza!!!
(E gostamos de os ouvir... não é?)
Bjinhos.

Mãe V e Pai T disse...

ehehehhehe aquelas tuas letras pequeninas do "eu sou, afinal, um canguru" mataram-me de tanto rir!.. Pensa positivo pelo menos nãos lhes ocorre baleias, cachalotes e afins.. canguru até é um animal tão simpatico! LOL