quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Questões de peso

Hoje o João levou as vacinas dos 5/6 anos. Entrou o pai com ele enquanto eu fui para a minha consulta com a médica de família. Portou-se que nem um menino crescido e não chorou.
...
Eu tenho uma catrefada de análises e exames para fazer e pôr em dia. Análises de rotina; ecografia para controlar os nódulos da tiróide - que me parecem maiores e me estão a incomodar mais do que o habitual; endoscopia por causa dos meus problemas de estômago.

E agora a parte em que me armo em mete nojo. Afinal não é um mito que se emagrece - e muito - a amamentar. A balança cá de casa tem mostrado o meu peso a baixar de semana para semana. A roupa deixou de me servir. Toda. As calças caem-me, as camisolas ficam-me a nadar; a roupa interior não me serve, os pijamas idem. A única coisa que cresceu foram as mamocas. O meu peso quando me casei e antes de engravidar do João andava pelos 60/61 kg. Depois do João nascer a média passou para os 65/66 kg. Depois da Rita nascer cheguei aos 79,5 kg; comecei a fazer dieta - vulgo, fecha a boca - e voltei aos 65 kg. Com a gravidez do Pedro não me descuidei e facilmente voltei ao peso normal. E depois foi ver os kg a voar de semana para semana. O Pedro não me larga as mamas. Não tem horários para mamar, mama o que quer e quando quer. E parece que é isso que ajuda. Também, confesso, não tenho tido muito apetite. Sou muito gulosa por chocolates, mas não sou grande "comedora" às refeições principais. Como que nem um elefante ao pequeno almoço - a minha refeição preferida - e vou reduzindo a quantidade do que como ao longo do dia. E hoje, quando subi para a balança do consultório, lá estava o ponteiro... nos 59,5 kg.

Já tinha andado a matutar se esta perda de peso seria normal; a médica diz que sim, mas nada como fazer as análises para confirmar.

E é isto... resta-me esperar que esteja tudo bem e, entretanto, renovar o guarda roupa todo...

... e já estive mais longe de ir ver se me consigo enfiar no meu vestido de noiva :)

4 comentários:

Paula disse...

Por acaso não tive essa experiência. Um ano depois de ter a Luísa tinha mais dez quilos e só comecei a reduzir quando deixei de amamentar, e parei de tomar a cerazette. Acho que a culpa foi da pílula, numa próxima vez não a tomo, com certeza

disse...

Ola Mara!espero que os resultados dos exames estejam todos perfeitos.muito bom teres perdido peso sem muito esforço.eu nunca consegui desde a primeira gravidez,e agora com esta jà estou a sismar como vou ficar gorda...
Enfim...
Beijinhos grandes

Sónia disse...

Espero que os resultados estejam todos bem, também tenho de ir fazer os meus a ver como anda a coisa, a tiróide é lixada.
Também preciso de começar a fechar a boca ai preciso preciso. Beijinhos

mãe pimpolha disse...

É mito nada, um mes depois de ter os gémeos já estava mais magra que antes de engravidar e eu engravidei com 46kg. apanhei um cagaço. Passo a noite a dar mama e como tal, passo a noite a comer tb, eheh e é a minha sorte, porque tem sido um esforço do caraças para me aproximar do peso inicial.
Beijocas