quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Do Pai Natal

Pergunta o João:
- Mãe, o pai Natal existe mesmo?
- Porquê, filho, alguém de disse alguma coisa?
- Não. Sou eu que quero saber.
- Não, o pai Natal não existe.
Incapaz de esconder a desilusão, abraça-se a mim e diz:
- Oh... mas eu gostava tanto que ele existisse...

Mara, a esmagar os sonhos dos filhos desde 2008.

4 comentários:

mãe pimpolha disse...

Ai será que o meu tb descobrirá em breve? Não queria nada.
Beijocas

Marlene, Simão e Martim disse...

Eu não consigo dizer a verdade. Eu acreditei no pai natal até tarde :)
às vezes é bom um pouco de fantasia e magia na vida. A vida é tão cruel à medida que crescemos.
Beijo doce

Andreia disse...

Ooooh coração apertadinho... lembro-me como se fosse hoje da minha desilusão no zoo, por esta idade, ao ver que a pantera não era cor-de-rosa...
Não conseguiste mandar o Pai Natal para o purgatório antes de ir para o inferno? Foi o que fiz com o unicórnio cor-de-rosa com asas da Joana, só existe no mundo da imaginação ;) E mesmo assim ela não gostou!

Tella disse...

lol